🔴 03/06 – ‘GATILHO’ PARA BUSCAR ATÉ R$ 2 MILHÕES COM CRIPTOMOEDAS PODE SER DISPARADO – SAVE THE DATE

Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @Renan_SanSousa
FÊNIX DE CRIPTO

Renascimento? FTX recupera US$ 7,3 bilhões em ativos e pode voltar a operar ainda em 2023 — e criptomoeda da corretora dispara 100%

Cinco meses após a falência da corretora que chegou a ser a segunda maior do mundo, o advogado de defesa afirma que as operações podem voltar

Renan Sousa
Renan Sousa
12 de abril de 2023
16:30 - atualizado às 15:49
FTX pressiona mercado de criptomoedas com dívida de US$ 3,2 bilhões // bitcoin (BTC)
Depois de pressionar o mercado de criptomoedas, FTX pode ter efeito positivo no bitcoin (BTC) - Imagem: Montagem / Seu Dinheiro

O processo de falência da FTX começou em novembro do ano passado e encontrou várias pedras no caminho. Desde pouca transparência no balanço da corretora de criptomoedas (exchange) até uso indevido dos fundos dos clientes, a recuperação judicial vem sendo liderada por John J. Ray III desde a saída de Sam Bankman-Fried, o SBF. 

Mas, pouco a pouco, a empresa foi “ajeitando a casa” e, entre uma almofada e outra, encontrou alguns trocados — em um primeiro momento, cerca de US$ 5 bilhões e, segundo os documentos mais recentes, o montante já soma mais de US$ 7,3 bilhões em ativos resgatados pelos auditores.

O advogado da FTX, Andy Dietderich, disse em uma audiência no tribunal de falências de Delaware que a empresa está começando a pensar em uma volta das operações “após meses de esforços dedicados a coletar recursos e descobrir o que deu errado sob a liderança do indiciado ex-fundador Sam Bankman-Fried”.

  • Com a crise bancária, o bitcoin voltou a ser apontado por parte dos investidores como reserva de valor, revivendo a “profecia” que o BTC seria uma alternativa para o sistema financeiro. A questão é: você deveria comprar bitcoin para “se proteger” contra o colapso dos bancos? Veja a resposta aqui

A volta da FTX poderá impactar os negócios?

Na época da falência da exchange, o mercado de criptomoedas como um todo sofreu. A FTX chegou a ser a segunda maior corretora do planeta, competindo com Binance e Coinbase. 

Desde então, a legislação em todo planeta usou o “caso FTX” como exemplo para apertar o cerco contra o setor de criptomoedas. Até mesmo o Brasil correu para aprovar a legislação que coloca ordem nesse segmento bilionário

Termos como custódia regulada, gestão de ativos, segregação patrimonial, entre outros, entraram na pauta dos debates do mercado de criptomoedas.

Má reputação

Além de elementos mais palpáveis, o mercado também é movido pela confiança. Em outras palavras, a volta da FTX — ainda que com outro nome e sob nova direção — ainda seria vista com maus olhos pelos investidores.

Seja como for, a notícia fez o token nativo da corretora disparar hoje. O FTT, criptomoeda da exchange, deu um salto de 108% após o anúncio, passando a valer US$ 2,72.

Compartilhe

PEPPERONI E MARGUERITA

Duas pizzas por R$ 3,5 bilhões? Entenda por que os entusiastas das criptomoedas celebram o Bitcoin Two Pizza Day

22 de maio de 2024 - 9:06

Em 2010, Laszlo Hanyecz desembolsou 10 mil bitcoins para pagar por duas pizzas. Na época, esse montante equivalia a apenas US$ 70

EM FORTE ALTA

Entenda a notícia que impulsiona o ethereum (ETH) quase 20% e faz o bitcoin (BTC) ultrapassar os US$ 71 mil hoje

21 de maio de 2024 - 8:28

A notícia de que aumentaram as chances de um ETF de ethereum spot ser aprovado pela SEC animou as criptomoedas

NAS MÃOS DO BC

Faltam apenas três passos para que o Banco Central regule o mercado de criptomoedas no Brasil; confira o cronograma

20 de maio de 2024 - 17:31

A instituição ressalta que deve dar atenção especial às regras de prevenção à lavagem de dinheiro e financiamento de terrorismo

SUBSTITUIÇÃO

CEO do maior fundo de bitcoin (BTC) do mundo renuncia em meio à debandada de investidores do GBTC

20 de maio de 2024 - 14:24

Quem assumirá seu lugar interinamente será Peter Mintzberg da empresa a partir de agosto, além de se juntar ao conselho de administração da Grayscale

VAI APAGAR A LUZ

Venezuela vai desligar máquinas de mineração de bitcoin (BTC) no país; você deveria se preocupar?

20 de maio de 2024 - 9:32

Vale lembrar que a Venezuela é um país que sofre várias sanções internacionais, o que limita a capacidade de geração e distribuição de energia para a população

APÓS A TEMPESTADE

Colhendo os cacos do Inverno das Criptomoedas: plataforma de staking da Gemini deve começar a devolver ativos dos clientes neste mês

19 de maio de 2024 - 12:44

O anúncio foi feito após a Justiça aprovar o plano de recuperação judicial do Digital Currency Group (DCG)

ESPERE E VERÁ

Bitcoin (BTC) em alta — e vai continuar: companhia de pesquisa em criptomoedas identifica possível “efeito FTX” no preço dos ativos digitais

16 de maio de 2024 - 11:46

Recentemente, a FTX anunciou que pagaria — com juros — os montantes devidos aos clientes, algo entre US$ 14,5 bilhões e US$ 16,3 bilhões

QUEDA DOS IMPÉRIOS

Os Faraós do Inverno Cripto: Como a prisão de três magnatas do mundo das criptomoedas influencia na regulação global do mercado?

16 de maio de 2024 - 6:15

Se, por um lado, muitas pessoas foram prejudicadas por esses eventos, por outro, ficou clara a necessidade de uma regulação mais dura em relação a esse mercado

ACELERANDO ALTA

Bitcoin (BTC) salta e busca US$ 65 mil após inflação dos EUA diminuir ritmo de alta — agora, quando os juros irão cair?

15 de maio de 2024 - 11:13

De acordo com as estimativas do CME Group, as chances de o primeiro corte de juros acontecer em setembro são de mais de 50%

SOBE E DESCE

Entenda como ‘efeito GameStop’ fez criptomoeda saltar mesmo com dia de queda nos preços do bitcoin (BTC)

14 de maio de 2024 - 16:33

A volta das “meme stocks” fez ressurgir o mercado das memecoins, as criptomoedas nascidas de piadas na internet

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar