IPCA + 7,5%: receba esta e outras ofertas ‘premium’ de renda fixa no WhatsApp; clique aqui

Cotações por TradingView
2023-01-13T16:12:39-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
NOVIDADES NOS BANCÕES

Bradesco realiza teste da sua primeira operação de tokenização com crédito bancário; entenda como processo pode melhorar seu acesso a investimentos

A expectativa é de essa tecnologia permita que os bancos tradicionais comecem a oferecer investimentos antes restritos aos investidores qualificados para os do varejo

13 de janeiro de 2023
16:09 - atualizado às 16:12
Telefone celular com tela do aplicativo do Bradesco sobre um teclado de computador Bradesco (BBDC4) dividendos
Imagem: Shutterstock

A tokenização de ativos começou a ganhar força no último ano, com a maior parte das criptomoedas derretendo no mercado. Essa tecnologia simples, porém sofisticada, nada mais é do que a criação de uma representação na blockchain de um item do universo que já conhecemos. 

A grande novidade é que esse processo tem sido usado para o mundo dos investimentos, o que pode ajudar a democratizar o acesso a alguns produtos financeiros antes restritos. Quem acabou de trazer uma novidade nesse sentido foi o Bradesco, com o primeiro piloto de tokenização de um ativo na rede do banco. 

O Bradesco realizou a emissão de uma cédula de crédito bancário (CCB) — um documento que registra a tomada de um empréstimo — no valor de R$ 10 milhões em uma operação conjunta com a OTC Brasil. O banco atuou como originador e distribuidor dos títulos, que podem ser comprados por investidores.

Tokenização engatinha, mas tem grande potencial

A tokenização não é exatamente uma novidade. O Itaú lançou uma unidade de negócios focada em tecnologia blockchain em julho do ano passado, e essa nova tecnologia é uma das apostas do setor de criptomoedas.

O Bradesco utilizou o sandbox regulatório do Banco Central, ambiente de testes na área financeira e de pagamentos conduzido pela autoridade monetária. 

“A operação piloto tem um caráter inovador para o Bradesco, ao transformar ativos físicos ou produtos financeiros tradicionais em ativos digitais. Continuamos trabalhando e testando os benefícios da tecnologia blockchain utilizando o seu ecossistema de inovação, o Inovabra, para que novas operações sejam disponibilizadas aos nossos clientes”, afirma Edson Moreto, Diretor Executivo do Bradesco.

Quais as vantagens de colocar tudo na blockchain

A blockchain funciona como um mecanismo de armazenamento de informações de maneira segura e auditável. A tokenização de ativos por essa tecnologia garante a transparência das negociações, além de deixar tudo registrado em rede. 

A tokenização também permite, por exemplo, a divisão de ativos em pequenas partes. Pense, por exemplo, na cota de um fundo. 

Existem cotas que ultrapassam os R$ 10 mil, que podem ser muito caras para pequenos investidores. Por meio da tokenização, é possível dividir esse investimento e criar unidades ao preço de R$ 10, por exemplo. 

Com isso, a expectativa é de que os bancos tradicionais comecem a oferecer investimentos antes restritos aos investidores qualificados — aqueles com mais de R$ 1 milhão em aplicações financeiras — para o varejo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

DIA 31

Está confirmado: Lula vai para os EUA no dia 10 de fevereiro — veja o que ele vai discutir com Biden

31 de janeiro de 2023 - 20:06

Enquanto o encontro não chega, o petista tentou acalmar os ânimos dos investidores — que seguem desconfiados em relação à responsabilidade fiscal do novo governo

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa sobe em meio ao caos de um interminável janeiro; o que afeta a bolsa nos próximos dias?

31 de janeiro de 2023 - 18:57

Veja tudo o que movimentou os mercados nesta terça-feira, incluindo os principais destaques do noticiário corporativo

MELHORES DO MÊS

Renascimento cripto: bitcoin (BTC) volta a brilhar, sobe mais de 30% e é disparado o melhor investimento de janeiro; títulos do Tesouro ficam na lanterna

31 de janeiro de 2023 - 18:46

As medalhas de prata e bronze foram para o ouro e para o Ibovespa, em um movimento de busca por segurança — e barganhas

ESTAGNOU?

Dividendos do Maxi Renda (MXRF11) não cresceram em 2022, mas os proventos destes outros três fundos imobiliários subiram mais de 50% — veja quais são

31 de janeiro de 2023 - 18:33

O melhor resultado foi obtido pelo Santander Papéis Imobiliários CDI (SADI11), com alta de 77,1%

RELATÓRIO DE PRODUÇÃO

Pé no freio: produção e vendas da Vale (VALE3) registram recuo tímido em 2022; confira os destaques operacionais da mineradora

31 de janeiro de 2023 - 18:30

A produção e a comercialização de minério de ferro da companhia se aproximaram da estabilidade no ano passado, com leves quedas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies