🔴 SAVE THE DATE: 22/07 – FERRAMENTA PARA GERAR RENDA COM 1 CLIQUE SERÁ LIBERADA – CONHEÇA

Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @Renan_SanSousa
NO VERMELHO

Bitcoin (BTC) em queda: maior criptomoeda do mundo cai quase 10% e entra em zona de perigo com US$ 1 bilhão de liquidações feitas; veja tokens que mais caem agora

A maior criptomoeda do mundo não chegava nesses mesmos níveis desde meados de junho deste ano, de acordo com o Coin Market Cap

Renan Sousa
Renan Sousa
17 de agosto de 2023
15:00 - atualizado às 18:59
Bitcoin
Imagem: Shutterstock/Montagem: Julia Shikota

O dia já havia começado no vermelho para as maiores criptomoedas do mundo, mas no começo da tarde desta quinta-feira (17), o bitcoin (BTC) perdeu o patamar de US$ 28 mil e é negociado em uma faixa de preço que mira os US$ 25 mil como novo suporte. 

A maior criptomoeda do mundo não chegava nesses níveis desde meados de junho, de acordo com o Coin Market Cap. 

A morosidade do setor de criptomoedas, somada a uma baixa volatilidade e ausência de novidades nesse universo mantiveram o BTC estacionado no nível abaixo dos US$ 30 mil. 

Entretanto, nas últimas 24h, mais de 163 mil traders foram liquidados, em um total de US$  US$ 973,18 milhões de vendas, o que explica o forte solavanco nos preços.

Apesar do otimismo dos investidores, o clima modorrento entre as criptomoedas foi suficiente para ceifar algumas posições. 

Confira o desempenho das dez maiores criptomoedas do mundo hoje:

#NamePrice24h %7d %YTD %
1Bitcoin (BTC)US$ 26.028,67-9,91%-11,58%65,84%
2Ethereum (ETH)US$ 1.600,49-11,51%-13,46%41,90%
3Tether USDt (USDT)US$ 1,000,15%0,14%-0,02%
4BNB (BNB)US$ 214,55-7,34%-10,94%-8,71%
5XRP (XRP)US$ 0,4827-17,11%-23,81%63,89%
6USD Coin (USDC)US$ 1,000,06%0,05%0,09%
7Cardano (ADA)US$ 0,2502-7,50%-15,84%6,85%
8Solana (SOL)US$ 21,16-7,12%-14,25%124,45%
9Dogecoin (DOGE)US$ 0,5952-11,47%-21,41%-7,95%
10TRON (TRX)US$ 0,07244-2,80%-6,08%35,69%
Fonte: Coin Market Cap

A DINHEIRISTA — Pensão alimentícia: valor estabelecido é injusto! O que preciso para provar isso na justiça?

ETF de bitcoin: sai ou não sai?

Os investidores seguem de olhos vidrados na SEC, a CVM dos Estados Unidos. Está nas mãos do órgão a aprovação — ou não — do primeiro fundo de índice (ETF, na sigla em inglês) de bitcoin à vista (spot).

Mas a comissão chefiada por Gary Gensler puxou o freio de mão e só deve dar seu parecer em 2024. Ou seja, o rali esperado para as criptomoedas no ano que vem pode estar ameaçado

  • Sua carteira de investimentos está adequada para o 2º semestre do ano? O Seu Dinheiro preparou um guia completo e totalmente gratuito com indicações de ativos para os próximos seis meses. Confira na íntegra, clicando aqui. 

Fed tem culpa nisso

Por fim, os investidores ainda digerem a ata da mais recente reunião de política monetária do Federal Reserve (Fed, o Banco Central dos Estados Unidos).

Segundo o documento, considerado o mais importante termômetro para medir os rumos da política monetária norte-americana, mostrou que ainda faltam peças a serem encaixadas por Powell e seus parceiros de banco central.

Em outras palavras, o Fed pode intensificar o aperto monetário no próximo encontro. De acordo com o CME Group, as chances de as taxas subirem para a faixa entre 5,50% e 5,75% ainda são baixas — porém vem crescendo nos últimos meses. 

Vale lembrar que as criptomoedas são extremamente sensíveis às altas de juros e uma intensificação do aperto poderia jogar o bitcoin e o mercado virtual como um todo ainda mais para baixo.

Compartilhe

CRIPTOMOEDAS HOJE

Sabe quem não saiu do ar com a pane cibernética? O bitcoin (BTC), que aproveitou para subir para os US$ 66 mil hoje

19 de julho de 2024 - 15:15

Verdade seja dita, desde a criação do bitcoin em 3 de janeiro de 2009, a maior criptomoeda do mundo ficou online 99,99% do tempo

DESCOMPRESSÃO

Bitcoin (BTC) avança para os US$ 62 mil: veja os dois eventos que fizeram os preços da maior criptomoeda do mundo ‘respirar’ hoje

15 de julho de 2024 - 8:48

Um dos fatores que contribuíram para um alívio nos preços do bitcoin e das demais criptomoedas do mundo foi o fim das transferências do governo da Alemanha

CRIPTOMOEDAS HOJE

Por que o atentado contra Trump ajudou o bitcoin (BTC) recuperar o patamar de US$ 60 mil

14 de julho de 2024 - 10:03

Depois de patinar no início de julho, bitcoin (BTC) mostrou uma recuperação mais firme após o atentado de sábado contra Trump

É A VOLTA DO RALI

Bitcoin (BTC) salta e busca os US$ 59 mil após inflação dos EUA vir menor que o esperado; veja criptomoedas que sobem hoje

11 de julho de 2024 - 10:33

Imediatamente após os dados de inflação, os mercados já precificaram em cerca de 87% de chance de o Fed começar a cortar as taxas em sua próxima reunião, em setembro

CRIPTOMOEDAS HOJE

Até onde vai o preço do bitcoin (BTC)? Queda pode colocar criptomoeda no nível de US$ 50 mil, mesmo com expectativas positivas para 2024

8 de julho de 2024 - 12:12

Apesar das perspectivas de curto prazo serem negativas, analistas ouvidos pela reportagem apontam que, em um horizonte maior, o bitcoin tende a se valorizar

CRIPTOMOEDAS HOJE

Bitcoin (BTC) começa semana com desconto de 6% após perdas recentes; entre as criptomoedas, Notcoin (NOT) salta 50% hoje 

7 de julho de 2024 - 11:49

O Notcoin começou como um jogo que se tornou viral entre os usuários do app de mensagens Telegram

EM QUEDA LIVRE

Bitcoin (BTC) perde suporte e chega aos US$ 54 mil; criptomoedas derretem em meio à crise da gestora Mt. Gox

5 de julho de 2024 - 9:41

Gestora que entrou em falência há dez anos realizará pagamentos aos credores neste mês; distribuição de bitcoins no mercado pressionam os preços das criptomoedas nesta sexta-feira (5)

DESCE?

Bitcoin (BTC) cai e testa suporte de US$ 57 mil com vencimento de contratos somando mais de US$ 340 milhões

4 de julho de 2024 - 7:27

Além disso, a ausência de negócios em Nova York em virtude do feriado de independência dos EUA tende a trazer volatilidade aos negócios

ONDE INVESTIR NO 2º SEMESTRE

Bitcoin (BTC) vai renovar máximas históricas de novo? Analistas veem criptomoedas apenas no início de um ciclo de novas altas

4 de julho de 2024 - 6:15

Conheça também três setores e três moedas virtuais que podem se valorizar no segundo semestre de 2024

REAL DIGITAL

Um jabuti no Drex: Congresso usa PEC da autonomia do BC para preservar cartórios dos impactos do real digital

3 de julho de 2024 - 9:43

Jabuti que limita uso do real digital para reduzir burocracia foi inserido na PEC da autonomia do BC durante tramitação na CCJ do Senado

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar