IPCA + 7,5%: receba esta e outras ofertas ‘premium’ de renda fixa no WhatsApp; clique aqui

O melhor do Seu Dinheiro
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
Cotações por TradingView
2023-01-12T18:53:41-03:00
SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

O preço do escândalo para as ações da Americanas (AMER3), queda do dólar e outros destaques do dia

Veja tudo o que movimentou os mercados nesta quinta-feira, incluindo os principais destaques do noticiário corporativo e as ações com o melhor e o pior desempenho do Ibovespa

12 de janeiro de 2023
18:53
Site Americanas
Imagem: Shutterstock

As conquistas de uma companhia são celebradas na bolsa, mas normalmente de forma tímida. Já os escândalos, esses sim têm a capacidade de engajar investidores, analistas, gestores e todo o resto do mercado de capitais. Ainda mais um escândalo da magnitude do revelado pela Americanas (AMER3).

A varejista foi o assunto principal do noticiário econômico brasileiro nesta quinta-feira (12) após identificar inconsistências contábeis estimadas em R$ 20 bilhões em suas demonstrações financeiras. Não bastasse o rombo nos balanços, os recém-empossados CEO da companhia, Sergio Rial, e CFO, André Covre, decidiram deixar os cargos.

Ainda não se sabe ao certo se houve “contabilidade criativa” deliberada — e o IRB (IRBR3) já poderia passar para a Americanas a coroa de mais famosa fraude contábil da B3 — ou erros genuínos.

A incerteza da origem do problema e as estimativas do tamanho do estrago tiveram um efeito devastador para as ações da companhia. Os papéis AMER3 só começaram a ser negociados na tarde de hoje e entraram em leilão várias vezes por oscilação máxima permitida.

Mas nem a ferramenta de conter estragos da B3 foi capaz de salvar a empresa de uma queda — ou precipício — de 77%, com os papéis cotados em R$ 2,72.

O mau desempenho também contaminou o apetite pelas ações de outras companhias do setor, especialmente após Rial — que, apesar da renúncia, seguirá auxiliando a Americanas — afirmar que o imbróglio contábil que afeta a companhia pode ser encontrado em outras varejistas do país.

O executivo declarou hoje que as diferentes formas de registrar as contas com fornecedores gerou a inconsistência na Americanas e isso não é um problema apenas na empresa, mas uma questão do varejo desde os anos 90.

A incerteza lançada sobre as finanças do segmento atingiu em cheio a Via (VIIA3), que ficou entre as maiores quedas do dia.

O Magazine Luiza (MGLU3) também chegou a ocupar a ponta negativa do Ibovespa durante a manhã, mas inverteu o sinal com o desmonte em massa de posições em AMER3 e registrou a maior alta do dia.

Por falar nele, o principal índice acionário da B3 sentiu a volatilidade. Isso porque o escândalo contábil também provocou baixas em um setor de peso, o bancário. As instituições financeiras com maior exposição ao varejo caíram no Ibovespa — como as ações de BTG Pactual e Santander, que possuem cerca de 7% das posições no setor.

A situação só não foi pior porque as commodities se valorizaram no mercado internacional, com as expectativas de melhora na demanda no exterior e o arrefecimento da inflação nos EUA.

Com isso, o Ibovespa recuou 0,59%, aos 111.850 pontos. Já o dólar à vista registrou forte queda de 1,55%. Ofuscada pela Americanas, a moeda norte-americana desceu à cotação de R$ 5,1005, o menor valor desde o início de novembro do ano passado.

Veja tudo o que movimentou os mercados nesta quinta-feira, incluindo os principais destaques do noticiário corporativo e as ações com o melhor e o pior desempenho do Ibovespa.

PROCURANDO SOLUÇÃO
Após identificação de rombo, Americanas vai precisar de capitalização bilionária, diz Rial. Em conferência com investidores, ex-CEO da empresa garantiu que a 3G, acionista de referência, está comprometida com a disponibilização de capital.

R$ 20 BILHÕES PERDIDOS
Pulando do barco: casas de análise suspendem cobertura da Americanas após escândalo contábil. A saída do CEO e do CFO da varejista também são fatores de preocupação para os analistas, que tinham grandes expectativas para Sergio Rial. 

XERIFE NA ÁREA
CVM vai investigar rombo da Americanas; autarquia abre dois processos para analisar situação da empresa. O primeiro será focado na supervisão das informações contábeis, enquanto o segundo monitorará as comunicações da varejista. 

TROCA DE COMANDO
Indicação de Tarcísio de Freitas, André Salcedo é eleito novo CEO da Sabesp (SBSP3). Conselho de administração da estatal aprovou o ex-BNDES e ex-executivo da Iguá Saneamento para o comando da companhia. Ele trabalhou com o governador de SP no Ministério da Infraestrutura.

FIM DO MISTÉRIO
Pacote do Haddad: confira as primeiras medidas econômicas do ministro da Fazenda de Lula. A intenção de Haddad é ir ao Fórum Econômico Mundial de Davos munido de decisões que ajudem a reduzir o déficit estimado em R$ 231,5 bilhões neste ano.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

DIA 31

Está confirmado: Lula vai para os EUA no dia 10 de fevereiro — veja o que ele vai discutir com Biden

31 de janeiro de 2023 - 20:06

Enquanto o encontro não chega, o petista tentou acalmar os ânimos dos investidores — que seguem desconfiados em relação à responsabilidade fiscal do novo governo

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa sobe em meio ao caos de um interminável janeiro; o que afeta a bolsa nos próximos dias?

31 de janeiro de 2023 - 18:57

Veja tudo o que movimentou os mercados nesta terça-feira, incluindo os principais destaques do noticiário corporativo

MELHORES DO MÊS

Renascimento cripto: bitcoin (BTC) volta a brilhar, sobe mais de 30% e é disparado o melhor investimento de janeiro; títulos do Tesouro ficam na lanterna

31 de janeiro de 2023 - 18:46

As medalhas de prata e bronze foram para o ouro e para o Ibovespa, em um movimento de busca por segurança — e barganhas

ESTAGNOU?

Dividendos do Maxi Renda (MXRF11) não cresceram em 2022, mas os proventos destes outros três fundos imobiliários subiram mais de 50% — veja quais são

31 de janeiro de 2023 - 18:33

O melhor resultado foi obtido pelo Santander Papéis Imobiliários CDI (SADI11), com alta de 77,1%

RELATÓRIO DE PRODUÇÃO

Pé no freio: produção e vendas da Vale (VALE3) registram recuo tímido em 2022; confira os destaques operacionais da mineradora

31 de janeiro de 2023 - 18:30

A produção e a comercialização de minério de ferro da companhia se aproximaram da estabilidade no ano passado, com leves quedas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies