ESQUEÇA BITCOIN: outra criptomoeda de R$ 4 pode valer R$ 80 em breve; conheça aqui

Cotações por TradingView
2022-11-29T14:29:20-03:00
Carolina Gama
ALÔ, TIM COOK?

Vai faltar iPhone? Produção da Apple pode cair até 10% com caos na China e lucro ser US$ 8 bilhões menor

Este ano, as ações da Apple já recuaram quase 19% em comparação com a perda de quase 17% do S&P 500. O Nasdaq Composite caiu 29% no ano e a AAPL é a ação com maior peso, representando quase 13% do índice.

29 de novembro de 2022
14:29
apple, iphone, aapl34
Imagem: Divulgação

Amantes de iPhone, preparem os bolsos: o smartphone da Apple pode ficar ainda mais caro daqui pra frente. Isso porque a empresa de Tim Cook enfrenta uma redução potencial de até 10% na produção do celular decorrente de protestos em uma importante fábrica na China

O cálculo é da Wedbush e já teve impacto nas ações da Apple. Os papéis operam em queda de mais de 1% nesta terça-feira (29) e algumas casas de análise começam a rever as projeções de lucro para a companhia.

A Evercore, por exemplo, reduziu em US$ 8 bilhões a estimativa de lucro para a Apple no trimestre que se encerra em dezembro deste ano. Em contrapartida, elevou a previsão para os três meses que acabam em março em US$ 5 bilhões. 

No trimestre encerrado em setembro, a Apple (AAPL34) registrou lucro líquido de US$ 20,721 bilhões, um aumento de 0,8% em relação ao mesmo período de 2021 e ligeiramente acima das projeções.

Protestos na China, menos iPhone

Nos últimos dias, centenas de trabalhadores entraram em confronto com a segurança da maior fábrica de produção de iPhone na China devido a medidas rígidas contra a disseminação do coronavírus na planta. A Foxconn, empresa que fabrica iPhones para a Apple, administra a fábrica.

De acordo com a Wedbush, a Apple deve enfrentar uma escassez significativa de iPhones que pode reduzir cerca de 5% das unidades no trimestre atual e potencialmente chegar até 10%, dependendo das próximas semanas na China e dos protestos na Foxconn. 

Segundo a Bloomberg, a própria Apple prevê um déficit de quase 6 milhões de iPhone Pro este ano, à medida que os protestos contra a política de covid zero da China se intensificam. 

No início do mês, a empresa de Tim Cook cortou a projeção da produção do iPhone 14 em 3 milhões, para 87 milhões, devido à demanda mais fraca.

A Wedbush tem recomendação de compra para AAPL e preço-alvo de US$ 200 para o papel. 

Este ano, as ações da Apple já recuaram quase 19%, em comparação com a perda de quase 17% do S&P 500. O Nasdaq Composite, concentrado em tecnologia, caiu 29% no ano e a Apple é a ação com maior peso, representando quase 13% do índice.

*Com informações do Markets Insider e da Bloomberg

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

NÃO É A AMERICANAS

A culpa é do sistema (tributário): Ambev (ABEV3) sobe na mesa e rebate acusação de rombo

3 de fevereiro de 2023 - 9:04

De acordo com a Ambev, trata-se de um litígio tributário devidamente registrado em suas demonstrações contábeis

PONTE AÉREA JURÍDICA

Americanas (AMER3): pedido de busca e apreensão vira disputa “Rio-São Paulo” na Justiça

3 de fevereiro de 2023 - 8:53

Justiça do Rio decidiu não cumprir a ordem de busca e apreensão na Americanas determinada por juiz de São Paulo; entenda o caso

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Sextando com big techs, payroll e Lula: Alfinetadas a Lemann, decepção com Apple e Amazon, crise na Light e outras notícias do dia

3 de fevereiro de 2023 - 8:29

As crises na Americanas, na Oi e agora na Light seguem no radar – e o presidente aproveitou para alfinetar o homem mais rico do Brasil e seus sócios na 3G Capital

MERCADOS HOJE

Bolsa agora: Ibovespa opera em queda com falas de Lula e realização no exterior; Oi (OIBR3) segue em leilão

3 de fevereiro de 2023 - 7:23

RESUMO DO DIA: Os investidores acompanham a divulgação dos números de emprego nos Estados Unidos. Porém, os balanços corporativos da noite de ontem (02) amargam o sentimento das bolsas nas primeiras horas da manhã. O destaque local vai para o novo ataque do presidente Lula à autonomia do Banco Central.

O QUE VEM POR AÍ?

A Oi (OIBR3) ainda tem futuro? O que está por trás do pedido que pode levar a companhia a uma nova recuperação judicial

3 de fevereiro de 2023 - 6:45

Medida solicitada pela Oi (OIBR3) prevê proteção contra credores sem que haja intervenção da Justiça

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies