🔴 [EVENTO GRATUITO] COMPRAR OU VENDER VALE3? INSCREVA-SE AQUI

Ana Tomassini
Combustíveis

Petrobras aumenta preço do diesel, e governo estuda alívio no frete para caminhoneiros

A partir de amanhã (10), o preço médio de venda do diesel da Petrobras para as distribuidoras passará de R$ 4,51 para R$ 4,91 o litro — um aumento de 40 centavos, ou 8,9%.

Foto da fachada do prédio da Petrobras (PETR3 e PETR4) na avenida Paulista, em São Paulo. A estatal decide o valor da gasolina vendida às distribuidoras e pode ser uma boa alternativa para quem investe de olho em dividendos e proventos
Imagem: Shutterstock

Após 60 dias, a Petrobras anunciou que irá realizar ajuste nos preços de venda de diesel para as distribuidoras.

A partir de amanhã (10), o preço médio de venda do diesel da Petrobras para as distribuidoras passará de R$ 4,51 para R$ 4,91 o litro — um aumento de 40 centavos, ou 8,9%.

De acordo com a Petrobras, a parcela do reajuste que chegará ao consumidor é um pouco menor — com impacto de R$ 0,36 — em razão da composição do combustível que chega à bomba.

Necessidade de reajuste

A Petrobras justifica o reajuste diante do balanço global do diesel, que apresenta uma redução da oferta frente à demanda. Os estoques globais estão reduzidos e abaixo das mínimas sazonais nos últimos cinco anos dentro das principais regiões supridoras, de acordo com a estatal.

“Esse desequilíbrio resultou na elevação dos preços de diesel no mundo inteiro, com a valorização deste combustível muito acima da valorização do petróleo. A diferença entre o preço do diesel e o preço do petróleo nunca esteve tão alta”, informou a Petrobras, em comunicado

É importante ressaltar que, além dos preços praticados pela Petrobras, a formação do preço dos combustíveis na bomba são influenciados por outros fatores, como as parcelas de misturas obrigatórias de biodiesel, custos e margens de  distribuição e revenda, e impostos.

Alivio no frete   

Em meio à pressão do presidente Jair Bolsonaro após o anúncio do lucro de R$ 44,5 bilhões anunciado pela Petrobras no primeiro trimestre, o governo federal estuda mudanças nas regras de compensação dos preços dos combustíveis em contratos de afretamento de transporte rodoviário.

 O modelo, defendido pelo ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira,foi discutido na quinta-feira em reunião na Casa Civil pelo Ministério de Minas e Energia, segundo o Estadão.

A intenção do governo é aproximar o modelo brasileiro do americano, garantindo o preço do frete para o caminhoneiro pelo preço final, quando da entrega da mercadoria.

É uma tentativa de reduzir o risco para o caminhoneiro autônomo, grupo que tradicionalmente apoia o presidente, mas que, com a alta dos combustíveis, tem feito muito barulho com críticas ao seu governo. Hoje, um dos problemas financeiros do caminhoneiro é a volatilidade.

Redução no Contingente

Dados da Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT) indicam que, há cinco anos, o Brasil tinha 919 mil transportadores autônomos. Em 2021, após a alta no preço dos combustíveis, a agência estima que o número caiu para 696 mil motoristas.

Equipe econômica busca espaço no Orçamento para subsidiar o diesel estratégico pelo Palácio do Planalto, dado o apoio que oferece a Bolsonaro.

O projeto é bem visto pela área econômica, porque, além de não ter impacto fiscal, já seria uma mudança na relação privada.

No governo, a pressão por subsídio foi renovada. Mas o espaço no teto de gastos é zero. O governo quebra a cabeça para acomodar novas despesas que entraram no radar nas últimas semanas, comprimindo o espaço orçamentário.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Compartilhe

LOTERIAS

Novo milionário da vez: Um aposta acerta a Mega-Sena e leva mais de R$ 100 milhões para casa; veja qual foi a cidade premiada

21 de abril de 2024 - 10:19

Outras 145 apostas acertaram a Quina, com o prêmio de mais de R$ 40 mil; o valor estimado para o próximo sorteio é de R$ 3,5 milhões

AUTOMÓVEIS

VW Polo: o que está por trás do sucesso do novo líder de vendas de veículos do Brasil

21 de abril de 2024 - 8:18

Polo desbancou a tricampeã Fiat Strada, que é um comercial leve, nos emplacamentos do primeiro trimestre — e tem seus méritos por isso

AUTOMÓVEIS

Conheça as principais versões e os preços do VW Polo

21 de abril de 2024 - 7:26

Com versões que variam de R$ 88 mil a R$ 151.490, o Polo assumiu a liderança de vendas do mercado automotivo; confira os principais modelos

LOTERIAS

Quem será o próximo milionário? Mega-Sena acumula R$ 100 milhões e prêmio pode sair neste sábado (20)

20 de abril de 2024 - 17:20

O sorteio do prêmio está previsto para acontecer às 20h (horário de Brasília), no Espaço da Sorte em São Paulo; apostas podem ser feitas até 19h

IMÓVEIS NOVOS x USADOS

Minha Casa, Meu FGTS: Construtoras questionam disponibilidade dos recursos e cobram novas regras do governo

20 de abril de 2024 - 16:43

Os empréstimos para financiar a aquisição de imóveis usados no programa Minha Casa, Minha Vida vem ganhando participação no orçamento do FGTS

O QUE ESPERAR DOS JUROS

Mudança de rota: Campos Neto deixa claro que BC pode reduzir o ritmo de cortes na Selic a partir de maio

20 de abril de 2024 - 16:04

O presidente do Banco Central afirmou que as suas declarações não são como um guidance, mas sim um exercício de transparência

PARA OS PRÓXIMOS ANOS

Bilionário mexicano anuncia investimento de mais de R$ 40 bilhões no Brasil após encontro com Lula

20 de abril de 2024 - 15:20

O fundador da América Móvil, empresa controladora da Claro, anunciou planos de investimentos para os próximos anos no Brasil

LISTA DA FORBES

‘Clube dos US$ 100 bilhões’: número bilionários com fortuna de 12 dígitos bate recorde em 2024; veja quem são

19 de abril de 2024 - 17:33

Em 2023, o “clube” tinha seis membros. Em 2020, apenas um: era Jeff Bezos, fundador da Amazon, que hoje aparece em terceiro lugar

MUDANÇA NO PÓDIO

Mark Zuckerberg ultrapassa Elon Musk e se torna terceiro homem mais rico do mundo, segundo ranking de bilionários da Bloomberg

19 de abril de 2024 - 15:00

Elon Musk, que encerrou 2023 como o homem mais rico do mundo, foi empurrado por Mark Zuckerberg para fora do pódio dos bilionários da Bloomberg

TRANSAÇÕES LIMITADAS

O fim das apostas esportivas no cartão de crédito: governo define novas regras para o ‘mercado bet’

18 de abril de 2024 - 14:31

Criada em 2018, a modalidade lotérica que reúne eventos virtuais e reais vem sendo regulamentada desde o ano passado

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar