🔴 CHANCE DE MULTIPLICAR O INVESTIMENTO EM ATÉ 14,5X EM 8 DIAS? ENTENDA A PROPOSTA

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
ELEIÇÕES 2022

Em votação totalmente eletrônica, PL oficializa candidatura de Bolsonaro à reeleição em chapa puro-sangue com o general Braga Netto

Partido recorreu a plataforma virtual, sob supervisão da justiça eleitoral, na votação que levou à confirmação da candidatura de Bolsonaro à presidência

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
24 de julho de 2022
11:27 - atualizado às 14:51
Jair Bolsonaro e urnas eletrônicas
Aliados de Bolsonaro subiram ao palco do Maracanãzinho ao som da confirmação de voto na urna eletrônica. - Imagem: Alan Santos/Fernando Frazão/Agência Brasil

O Partido Liberal (PL) oficializou na manhã deste domingo a indicação de Jair Bolsonaro como seu candidato à presidência nas eleições de outubro.

Bolsonaro tentará a reeleição em uma chapa puro-sangue com o general Braga Netto.

A convenção do PL foi realizada na manhã deste domingo no ginásio do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro.

Como ficou a votação

Bolsonaro foi oficializado como candidato do PL à presidência depois de receber os votos de 204 delegados do partido.

Conforme programado, o resultado foi anunciado às 11h22, numa menção ao número da chapa Bolsonaro-Braga Netto.

A confirmação da candidatura já era esperada.

A seguir, num discurso de pouco mais de uma hora de duração, Bolsonaro buscou fazer gestos de aproximação em relação ao público feminino, chamou apoiadores para um ato em 7 de setembro e voltou à carga contra o Supremo Tribunal Federal (STF).

Convenção que aprovou candidatura de Bolsonaro teve votação totalmente eletrônica

Chamou a atenção o fato de o PL ter recorrido a um sistema eletrônico de votação, totalmente virtual, para realizar a convenção que resultou na indicação de Bolsonaro.

De acordo com assessores do partido consultados pelo serviço de notícias em tempo real Broadcast, a votação foi realizada por meio de uma plataforma digital monitorada pela justiça eleitoral.

Outra curiosidade é que, pouco antes da confirmação do resultado, os aliados e pré-candidatos do PL subiram ao palco montado no Maracanãzinho ao som da confirmação do voto na urna eletrônica.

Defensor da volta do voto impresso, Bolsonaro é um crítico contumaz do sistema eletrônico de votação empregado no Brasil desde 1996.

No início da semana passada, o presidente convocou embaixadores para um evento no qual repetiu perante os representantes de Estados estrangeiros, mais uma vez sem apresentar provas, suas acusações contra o sistema de urnas eletrônicas.

Pesquisas indicam segundo turno entre Lula e Bolsonaro

As pesquisas de intenção de voto com vistas às eleições de outubro têm sinalizado que o pleito provavelmente será decidido em um segundo turno envolvendo Bolsonaro e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

De acordo com o agregador de pesquisas do Estadão Dados, a mediana das principais pesquisas eleitorais do Brasil indica Lula com 45% das intenções de voto no primeiro turno.

O petista está 14 pontos porcentuais à frente de Bolsonaro, que aparece em segundo lugar com 31%.

Palanque estadual

Antes da confirmação da chapa Bolsonaro-Braga Netto, o PL definiu seus candidatos ao governo do Rio e ao Senado Federal.

O atual governador fluminense, Cláudio Castro, será o candidato do partido na corrida estadual.

Já o candidato do PL ao Senado será o ex-jogador Romário, que busca a reeleição.

Ambos foram apresentados ao público como candidatos de Bolsonaro.

Compartilhe

REGULANDO AS REDES

Elon Musk no alvo: União Europeia acusa empresa do bilionário de enganar usuários e violar regras do bloco

12 de julho de 2024 - 15:03

A União Europeia poderá multar o X, antigo Twitter, em até 6% do faturamento anual da big tech, comprada por Elon Musk em 2022. A empresa ainda não se pronunciou sobre o caso.

PATINANDO NA PRAÇA DA SÉ

Adeus, bolsa? B3 (B3SA3) reporta saída de CPFs pelo segundo mês seguido

12 de julho de 2024 - 8:38

Volume financeiro médio diário total em ações caiu 21,4% em um ano, mas bolsa ainda tem mais de 5 milhões de CPFs

LOTERIAS

Lotofácil faz 2 quase milionários; Quina acumula e continua pagando mais que a Mega-Sena

12 de julho de 2024 - 5:53

Enquanto a Quina segue acumulando, a Lotofácil continua fazendo jus à fama de loteria menos difícil da Caixa Econômica Federal

NOVA POLÊMICA

Vem mais imposto por aí? Após Senado “rejeitar” aumento da CSLL, líder sugere taxação sobre setor financeiro para compensar desoneração da folha

11 de julho de 2024 - 19:45

Aumento seria feito caso as medidas apontadas pelo Senado não sejam suficientes para equalizar a renúncia do benefício fiscal aos 17 setores e às pequenas e médias prefeituras

APÓS 40 ANOS

Ela está chegando: Câmara aprova texto-base da reforma tributária, zera taxa sobre carnes e mantém armas e munições isentas do ‘imposto do pecado’

11 de julho de 2024 - 7:48

Agora, os deputados votam os cinco destaques (tentativas de alterar o texto-base), antes de a proposta ser enviada ao Senado

LOTERIAS

Lotofácil faz 2 meio-milionários; Mega-Sena acumula, mas não consegue superar premiação da Quina

11 de julho de 2024 - 5:50

Lotofácil continua fazendo jus à fama de loteria menos difícil da Caixa Econômica Federal; Quina acumulada corre hoje valendo R$ 17 milhões

IPCA

Inflação mais fraca em junho tira pressão do dólar e dos DIs, mas ainda não afeta projeções para Selic

10 de julho de 2024 - 11:46

IPCA mensal desacelerou de 0,46% para 0,21% na passagem de maio para junho; analistas esperavam inflação de 0,32%

LOTERIAS

Lotofácil faz primeiro milionário da semana; Quina acumula e paga mais que a Mega-Sena hoje

10 de julho de 2024 - 5:53

A máquina de milionários da Lotofácil voltou a funcionar na noite de terça-feira; calendário da Mega-Sena está diferente, mas é só nesta semana

PESQUISA BGC

Mercado acha que Lula não vai cumprir meta fiscal de 2024 e maioria espera que cortes feitos não mexam com os negócios

9 de julho de 2024 - 17:01

Do total de entrevistados, 46% acreditam que a meta fiscal de 2024 será alterada no quarto trimestre, enquanto 19% acham que a revisão virá um pouco antes, no terceiro trimestre

ADIADO

Ficou para amanhã: Arthur Lira afirma que regulamentação da reforma tributária começa a ser votada quarta-feira

9 de julho de 2024 - 10:35

Vale destacar que a expectativa é de que a reforma tributária seja votada antes do recesso parlamentar, que acontece a partir do dia 18, quinta-feira da semana que vem

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar