🔴 AÇÃO QUE JÁ DISPAROU 1.200% E AINDA ESTÁ BARATA – VEJA QUAL

Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
NEGOCIAÇÃO NO CONGRESSO

Bolsa Família fora do teto de gastos por quatro anos e estouro de R$ 198 bilhões: PEC da Transição é protocolada no Senado — confira os destaques

Proposta foi apresentada sem consenso com a oposição, mas o próprio presidente eleito Lula deve ir a Brasília para articular a aprovação do texto

Larissa Vitória
Larissa Vitória
28 de novembro de 2022
18:41 - atualizado às 17:37
Senado Marcelo Castro protocola PEC da Transição no Senado
O texto foi apresentado pelo relator do Orçamento de 2023, o senador Marcelo Castro (MDB-PI). Imagem: Roque de Sá/Agência Senado

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Transição, que assusta o mercado desde a eleição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), foi oficialmente entregue ao Senado brasileiro nesta segunda-feira (28).

O texto foi apresentado pelo relator do Orçamento de 2023, o senador Marcelo Castro (MDB-PI), e propõe retirar os recursos do Bolsa Família do teto de gastos pelos próximos quatro anos. O impacto total da PEC pode chegar a R$ 198 bilhões.

"A ideia inicial era formar texto de consenso, mas a negociação demorou muito. Combinamos com líderes que daríamos a entrada e vamos buscando um texto comum", afirmou Castro a jornalistas.

O parlamentar acrescentou que o ideal é que o texto seja aprovado antes de 16 de dezembro "sob pena de o país não ter orçamento adequado no ano que vem". O próprio presidente eleito deve ir a Brasília para fortalecer as negociações.

Negociação da PEC de Transição com a oposição falhou?

Vale destacar que a oposição ao novo governo protocolou alternativas no Congresso, mas os valores foram considerados insuficientes pelo grupo de transição.

No cenário sem a PEC, a parcela de recursos "livres" prevista no projeto de Orçamento do ano que vem é de R$ 93,4 bilhões. Já o texto entregue hoje permite ao novo governo gastar aproximadamente R$ 23 bilhões em investimentos fora do teto de gastos em 2023.

Além disso, libera outros R$ 105,7 bilhões que estão reservados atualmente para o Auxílio Brasil, programa que voltará a ser chamado de Bolsa Família. Esse espaço deverá ser usado para custear despesas atendendo exclusivamente a pedidos da equipe de transição, que fala ainda em recompor o Farmácia Popular e dar reajuste real ao salário mínimo, entre outros pontos.

Castro, que é um dos articuladores da proposta, defende que "[A PEC] Não é cheque em branco, não é farra de gastança. São ações sem as quais o País não funciona".

Compartilhe

O MERCADO TAMBÉM ERRA

CEO do JP Morgan não descarta pouso forçado da economia dos EUA, mas alerta para uma possibilidade ainda pior

23 de maio de 2024 - 11:11

Jamie Dimon, o CEO do JP Morgan, não descarta a possibilidade de os juros voltarem a subir antes de o Fed iniciar um ciclo de cortes

SE PREPARA

Rock in Rio 2024 abre hoje a venda de ingressos. Veja como comprar sua entrada para o festival e confira o line-up completo

23 de maio de 2024 - 8:59

O festival de música acontecerá entre os dias 13 e 22 de setembro de 2024, no Parque Olímpico, no Rio de Janeiro

LOTERIAS

A máquina de milionários voltou! Lotofácil tem 5 acertadores; Dupla Sena sai para bolão

23 de maio de 2024 - 5:48

A Lotofácil continua fazendo novos milionários pelo Brasil, mas ontem teve companhia; Mega-Sena corre hoje valendo R$ 42 milhões

A VOLTA DO “DPVAT”

Governo tem folga de R$ 2,5 bilhões para aumentar gastos após “jabuti” no novo DPVAT liberar crédito bilionário

22 de maio de 2024 - 19:16

Com a inclusão dos R$ 15,8 bilhões no PL que retomou o seguro de veículos, o governo agora tem folga em relação ao limite de gastos do arcabouço fiscal

LOTERIAS

Solidão que nada! Lotofácil faz um novo milionário em SP; Mega-Sena acumula e prêmio sobe ainda mais

22 de maio de 2024 - 6:48

Lotofácil continua fazendo novos milionários pelo Brasil; depois de sair na segunda-feira, Quina volta a acumular

Ainda o país da renda fixa

Investidor prefere renda fixa no 1º trimestre mesmo com juros mais baixos – e títulos isentos como LCI, LCA, CRI e CRA foram as estrelas

21 de maio de 2024 - 18:14

Crescimento do volume alocado em títulos de renda fixa isenta se destacou ante o desempenho de ações e fundos mais arriscados; poupança perdeu participação no volume investido pela pessoa física

PIB PER CAPITA

Qual é o país mais rico do mundo segundo o FMI — e não são os EUA nem a China

21 de maio de 2024 - 11:18

Veja os 10 primeiros lugares do ranking do FMI de países mais ricos do mundo, que considera o PIB per capita, e onde está o Brasil

Títulos públicos

Como títulos como o RendA+ e o Educa+ poderiam ajudar na prevenção e nos reparos de desastres climáticos como os do Rio Grande do Sul

21 de maio de 2024 - 9:30

“Pai” do Tesouro RendA+ defende que títulos públicos voltados para a aposentadoria e a educação podem ser usados para o governo captar recursos para investir em infraestrutura em um cenário de mudanças climáticas e até mesmo viabilizar doações

LOTERIAS

Lotofácil, Quina e Lotomania começam semana fazendo milionários por todos os lados; será que você está entre eles?

21 de maio de 2024 - 5:48

Aconteceu de tudo no rateio da Lotofácil, da Quina e da Lotomania; Mega-Sena corre hoje valendo R$ 37 milhões

LOTERIAS FEDERAIS

Em meio a indecisão da Mega-Sena e Quina, Lotofácil faz milionário no mais recente sorteio; veja loterias federais hoje

19 de maio de 2024 - 10:08

Com a Sena não cravada, o prêmio do próximo concurso, a ser realizado no dia 21 de maio de 2024, sobe para R$ 37 milhões

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar