🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2022-05-30T12:39:24-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
NÃO EMPOLGOU

Terra 2.0: nova criptomoeda perdeu quase 70% do valor em dois dias de vida e pode virar pó em breve; saiba o que dizem os especialistas

Relembre as mudanças que aconteceram na criptomoeda que chegou a ser uma das dez maiores moedas digitais do planeta

30 de maio de 2022
12:39
Nova Terra (LUNA) já nasceu em queda; leia mais sobre futuro da criptomoeda
Terra (LUNA) 2.0 adiada a criptomoeda desapareceu, os desenvolvedores criaram outra e atrasaram a entrega da rede; entenda. Imagem: Shutterstock

Do pó viemos e ao pó retornaremos. A frase bíblica parece adequada para avisar que esta não é uma matéria repetida. Depois de recriar a criptomoeda Terra (LUNA) e abandonar a antiga rede — agora chamada de Terra Classic (LUNC) —, a nova moeda digital da Terraform Labs começou seus primeiros dias de vida igual a anterior havia terminado: em forte queda.

Desde o lançamento da Terra 2.0 no sábado (27), a nova Terra (LUNA) tem perdas de 66,82%. Nas máximas históricas da manhã daquele mesmo dia, a criptomoeda atingiu os US$ 19,50 e daí em diante, recuou até os US$ 6,47 desta segunda-feira (30).

Terra (LUNA) 2.0: não colou

Eu conversei com especialistas antes do lançamento da Terra e as expectativas não eram das melhores. Sendo bem sincero, quando perguntei às fontes o que esperar dessa criptomoeda, as respostas foram mais ou menos as mesmas: “não acompanho mais o projeto", “não vale a pena” ou um simples e sonoro “não”.

Inclusive, a alta de 13,82% desta segunda-feira também já era esperada. Isso porque projetos novos costumam chamar a atenção dos investidores, que tentam aproveitar as moedas enquanto ainda são “gemas” — ou seja, não dispararam e estão abaixo do radar dos analistas.

Mas no caso da Terra (LUNA), o movimento é de mera especulação. O projeto não resolve um problema do universo de criptomoedas e ainda perdeu a confiança dos investidores, o que deve penalizar o protocolo no longo prazo.

Leia aqui a reportagem completa e saiba se vale a pena investir na Terra 2.0.

O antigo protocolo

A ex-Terra (LUNA) que agora recebe o nome de Terra Classic (LUNC), viu o preço derreter em até 99,99%. Vale lembrar que dificilmente uma criptomoeda valerá exatamente zero porque os tokens podem ser divididos infinitamente.

Assim, a LUNC vale cerca de US$ 0,0001424 nesta segunda-feira, uma alta de 68% nas últimas 24h. Porém, o protocolo foi abandonado pelos desenvolvedores e está sendo usado apenas como um suporte para a migração para a nova Terra (LUNA). Relembre mudanças na blockchain aqui.

PAPO CRIPTO #019 — Após a destruição, os próximos passos da Terra (LUNA)

Não perca o último Papo Cripto em que eu entrevisto Ray Nasser, CEO da Arthur Mining e especialista em moedas digitais:

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

ELEIÇÕES 2022

Ô abre alas que Braga Netto vem aí! General da reserva é exonerado e tem caminho livre para ser vice de Bolsonaro

Bolsonaro havia confirmado no domingo (27) o nome de Braga Netto como seu vice na chapa que disputará a reeleição deste ano, causando um pouco de desconforto entre aliados que esperavam a escolha de Tereza Cristina (PP), ex-ministra da Agricultura

SEMANA EM CRIPTO

Bitcoin (BTC): o pior investimento do semestre tenta sobreviver aos dados de emprego nos EUA; confira o que mexe com as criptomoedas na próxima semana

Entre os destaques da semana, estão a liquidação de ativos da Three Arrows Capital, pechinchas no mercado cripto e mais

CAÇANDO MARRUÁ

Bitcoin (BTC) no cabresto? UE tenta domar o mundo das criptomoedas com marco regulatório; saiba como

O acordo é provisório e inclui uma proposta que cobre emissores de criptoativos não lastreados e também as chamadas stablecoins, bem como as plataformas de negociação e as carteiras nas quais os ativos digitais são mantidos

O MEDO DA RECESSÃO

Meta em crise: Mark Zuckerberg quer contratar menos funcionários e demitir mais gente a partir de agora

A dona do Facebook espera um segundo semestre de vacas magras e enfrentará um severo corte de gastos; por isso, a companhia prioriza equipes mais enxutas e agressivas

ELEIÇÕES 2022

É só mais essa! Líder nas pesquisas, Lula descarta tentar reeleição se derrotar Bolsonaro em outubro

Em entrevista, Lula disse que ‘daqui a 4 anos vai ter gente nova’, criticou o Congresso e prometeu retirar sigilos impostos por Bolsonaro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies