ESQUEÇA BITCOIN: outra criptomoeda de R$ 4 pode valer R$ 80 em breve; conheça aqui

Cotações por TradingView
2022-12-01T11:41:44-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
NÃO COLA MAIS

SBF se desculpa (de novo) por falência da FTX, mas Congresso americano não quer saber: lei de criptomoedas deve ser debatida logo

Ainda que a lei não deva ser aprovada este ano, há uma grande expectativa de que os debates em torno do projeto avancem bastante

1 de dezembro de 2022
11:41
Ex-CEO da FTX, Sam Bankman-Fired, o SBF, diz Foda-se o regulador e é chamado para depor no Congresso americano
Imagem: Montagem / Seu Dinheiro

Menos de um mês depois da falência da FTX, o antigo CEO da corretora de criptomoedas (exchange), Sam Bankman-Fried — conhecido como SBF — voltou a aparecer para o público. Depois de uma conversa vazada em que dizia impropérios para o Congresso, agora ele vê suas próprias palavras sendo usadas contra si.

Isso porque o Congresso estadunidense quer dar uma nova vida ao projeto de lei bipartidário que regula o setor. Curiosamente, quem apoiou essa mesma legislação no passado foi o próprio SBF. 

Mas quem espera uma legislação ainda em 2022 sairá frustrado. De acordo com informações do The Block, os parlamentares não têm nenhuma expectativa de que o projeto seja aprovado ainda este ano — diferentemente do que aconteceu aqui no Brasil.

“Acho importante preenchermos essa lacuna regulatória antes que mais danos sejam causados ​​aos investidores do varejo e institucionais”, disse Rostin Behnam, presidente da Commodity Futures Trading Commission (CFTC).

Ex-CEO da FTX nos holofotes

Não é porque SBF deixou uma das maiores exchanges do mundo falir que ele não poderia dar uma entrevista ao The New York Times. Diretamente das Bahamas, o também ex-bilionário voltou a se desculpar pela quebra da empresa.

No DealBook Summit o jornalista Andrew Ross Sorkin perguntou sobre diversos temas envolvendo a quebra da FTX. DBF afirmou “não ter misturado os fundos conscientemente”, mas dados on-chain de empresas especializadas em análises do mercado de criptomoedas dizem o contrário.

Tanto a Nansen quanto o Glassnode — companhias especializadas em análise de blockchain — confirmam que SBF manteve uma “porta dos fundos” na FTX que dava diretamente para a Alameda Research, empresa de investimentos do grupo liderado por Bankman-Fried.

Relembre o caso

Tudo começou com uma reportagem da CoinDesk que mostrava que os fundos dos investidores na corretora FTX estavam sendo usados para operações alavancadas na Alameda Research.

Além dos recursos dos clientes, o token nativo da corretora, o FTT, estava sendo usado como garantia dos depósitos dos investidores. Até mesmo papéis da companhia de serviços financeiros Robinhood foram usados desta forma para tentar salvar a Alameda.

Por coincidência ou não, na semana seguinte, a Binance — um dos maiores investidores na FTX — se desfez de posições em FTT, o que derrubou as cotações e piorou o balanço da corretora.

A partir daí, a empresa entrou em insolvência — quando a dívida é maior do que o patrimônio da empresa. Entenda aqui o futuro da FTX.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

DIA 34

E agora, Campos Neto? Lula solta o verbo e volta a falar do banco central, dos juros e da inflação — e mercado torce o nariz

3 de fevereiro de 2023 - 21:04

Presidente também disse que vai recuperar a economia do País, fazer o ajuste da tabela do Imposto de Renda e aprovar a reforma tributária

DESCENDO A LADEIRA

O preço da proteção judicial: agências rebaixam a Oi (OIBR3) e nota de crédito chega ao pior grau

3 de fevereiro de 2023 - 20:34

No caso da S&P Global, o rating da operadora passou de CCC- para D, o nível mais baixo, enquanto no caso da Fitch, a nota caiu de CC para C — o que significa perto de um calote

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Ambev (AMBV3) colocou água no chopp? Veja o que pressionou os mercados hoje

3 de fevereiro de 2023 - 19:22

Muito tem se falado sobre a Ambev (AMBV3) nos corredores do Planalto e também da B3, mas quem realmente estragou o chopp dos investidores nesta sexta-feira (03) foi o mercado de trabalho americano.  O happy hour em Wall Street tinha tudo para ser do bom e do melhor — na última quarta-feira (01), o Federal Reserve […]

RESULTADO DA APURAÇÃO?

Americanas (AMER3) afasta diretores financeiros e contábeis quase um mês após revelar rombo bilionário; veja quem são os executivos retirados do quadro

3 de fevereiro de 2023 - 19:04

Os executivos em questão entraram para quadro de lideranças da Americanas dentro do período de 20 anos no qual foi acumulado o rombo

VAGAS DA SEMANA

Uello e Mercado Livre estão com mais de 100 vagas de emprego abertas; confira outras oportunidades da semana

3 de fevereiro de 2023 - 17:00

As empresas estão com processos seletivos abertos até o preenchimento das vagas de emprego; as posições são para atuação em formato híbrido ou presencial

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies