🔴 TCHAUZINHO, NUBANK: Itaú BBA revela o nome da ação que pode colocar o roxinho para comer poeira; CLIQUE AQUI  e descubra a resposta no nosso Telegram

2022-09-16T20:31:13-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
NOITE CRIPTO

Com Fed no radar, bitcoin (BTC) segue abaixo dos US$ 20 mil; confira cotações

Depois da divulgação do índice de preços ao consumidor, a expectativa é que o banco central dos EUA mantenha o pé no acelerador do aperto monetário

16 de setembro de 2022
20:31
bitcoin (BTC) sob pressão e criptomoedas também sentem a cautela do dia
Imagem: Shutterstock

Nem mesmo o The Merge do ethereum (ETH), que aconteceu nesta semana, conseguiu trazer algum ânimo para os investidores de criptomoedas. Um exemplo disso é que o bitcoin (BTC) entra na noite desta sexta-feira (16) operando abaixo dos US$ 20 mil.

Quem domina a atenção dos investidores é a política monetária, depois que os dados de inflação dos Estados Unidos mostraram que o Federal Reserve (Fed) deve manter o ritmo forte de aumento de juro, tirando a atratividade dos ativos mais arriscados.

Por volta de 20h30, o bitcoin subia 0,24%, cotado a US$ 19.734,63. Confira a cotação de algumas das principais criptomoedas do mundo:

NomePreço24h %7d %
Bitcoin (BTC)US$ 19.734,63+0,24%-7,88%
Ethereum (ETH)US$ 1.432,65-2,52%-16,82%
Tether (USDT)US$ 1,000,00%-0,03%
USD Coin (USDC)US$ 1,00+0,01%+0,01%
BNB (BNB)US$ 274,33+1,70%-6,62%
Fonte: coinmarketcap.com

Bitcoin e o Fed

O ditado do mercado diz que os ativos sobem no boato e caem no fato. No caso do bitcoin, a queda deve acontecer duas vezes.

A perspectiva de juro mais alto foi o que manteve os tokens (criptomoedas) em queda esta semana. Na quarta-feira (21) ocorre a decisão de política monetária do Fed e do Banco Central brasileiro, após às 15h e às 18h, respectivamente — um evento batizado de Super Quarta.

A decisão do BC por aqui não deve influenciar o mercado de criptomoedas diretamente, apesar de o Brasil ser o sétimo país que mais usa moedas digitais no mundo, segundo dados da Chainalysis.

Já a decisão do Federal Reserve com certeza mexerá com o mercado cripto. 

Depois do CPI (índice de preços ao consumidor, em inglês), as apostas de um aumento de 100 pontos-base no juro norte-americano começaram a ganhar força entre os analistas internacionais.

Há uma semana, a expectativa era de um aumento de 75 pontos-base na próxima reunião. O aperto mais intenso e por um período prolongado deve manter o bitcoin e as demais criptomoedas do mercado pressionadas.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Eleições 2022

Pesquisa Ipespe/Abrapel mostra Lula oscilando para cima e Bolsonaro estável

24 de setembro de 2022 - 11:41

Pesquisa mostrou que votos brancos e nulos também subiram, assim como o número de eleitores que não souberam ou preferiram não responder

Tax the rich!

Imposto sobre heranças vai aumentar? Saiba quais candidatos à presidência são a favor de tributá-las ou de taxar grandes fortunas

24 de setembro de 2022 - 10:00

A discussão sobre o aumento de impostos sobre os ricos ou os “super-ricos” é tendência mundial, e no Brasil não é diferente. Mas nem todos os candidatos à presidência têm propostas nesse sentido

Banho mais caro

Tarifa de energia elétrica deve subir mais do que toda a inflação projetada pelo Banco Central em 2023, dizem especialistas

24 de setembro de 2022 - 9:47

Reajuste das tarifas chegaria a 5% em 2023, enquanto a projeção do Banco Central para a inflação é de 4,6%

Irregularidades

TSE vê indício de fraude em R$ 605 milhões em gastos das campanhas eleitorais

24 de setembro de 2022 - 9:22

Na lista de casos suspeitos estão gastos que teriam sido feitos por parentes e empresas de fachada, além de doações feitas por pessoas mortas

ESPECIAL SD 4 ANOS

Bolsa vai andar bem depois das eleições e sem o risco de ruptura política, diz Felipe Miranda, da Empiricus

24 de setembro de 2022 - 7:19

Fundador e estrategista-chefe da Empiricus vê Bolsonaro mais liberal caso seja reeleito ou um governo “Lula 1.3”, mais próximo do primeiro mandato do que do segundo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies