A AÇÃO QUE ESTÁ REVOLUCIONANDO A INFRAESTRUTURA DO BRASIL E PODE SUBIR 50%. BAIXE UM MATERIAL GRATUITO

2022-07-07T15:54:55-03:00
Liliane de Lima
É repórter do Seu Dinheiro. Jornalista formada pela PUC-SP, já passou pelo portal DCI e setor de análise política da XP Investimentos.
NEM PRESENCIAL, NEM HOME OFFICE

Trabalho híbrido veio para ficar? Ele é o modelo preferido em 57% das empresas brasileiras; confira

O modelo de trabalho que alterna dias em casa e no escritório é uma tendência, assim como a busca pelo equilíbrio entre vida pessoal e profissional

7 de julho de 2022
15:51 - atualizado às 15:54
modelo híbrido de trabalho
Imagem: Divulgação/Microsoft

Ir ao escritório ou trabalhar em casa não é mais uma discussão corporativa. O debate agora é sobre a possibilidade de alternar os locais de trabalho ao longo da semana. 

Com a redução das medidas de isolamento social, impostos pela pandemia de covid-19, um novo regime da jornada de trabalho surgiu: o modelo híbrido — que tem se tornado o “preferido” das empresas e dos colaboradores. 

Cerca de 57%  das empresas brasileiras têm adotado o esquema alternado entre casa e escritório, o que deve permanecer. É o que aponta o Índice de Confiança Robert Half, divulgado em junho. 

A pesquisa ainda afirma que 33% das companhias devem retomar o modelo presencial integral e apenas 10% permanecerão somente com o modelo remoto — ou melhor, o home office. 

O levantamento contou com a participação de 387 pessoas, sendo elas empregadas permanentes, desempregadas e recrutadores, durante o período de 2 e 27 de maio de 2022. 

Escritório versus “lar doce lar”

O modelo de trabalho híbrido é o preferido, mas quantas idas ao escritório por semana é ideal? 

De acordo com o levantamento, as empresas também apostam entre dois e três dias de trabalho no ambiente corporativo por semana — o que é considerado ideal segundo um estudo de Harvard divulgado em abril

Em números, cerca de 27% dos entrevistados preferem ir ao escritório duas vezes, já 29%, três vezes. 

Ainda, em 27% das empresas que adotaram o modelo híbrido, a quantidade de dias no escritório fica à escolha do colaborador. 

Veja também — Sua empresa pode estar espiando seu WhatsApp Web? | Meu funcionário, dá 'migué ' no trabalho híbrido

Modelo híbrido não está sozinho

A possibilidade de trabalhar em casa e no escritório, em dias alternados, não é a única tendência impulsionada pela pandemia. 

A valorização do equilíbrio entre a vida pessoal e a profissional e o reconhecimento da importância da saúde mental no ambiente de trabalho também vieram para ficar, segundo a pesquisa da Robert Half.

“A pandemia trouxe à tona questões sobre a saúde mental dos colaboradores, que passaram a ponderar mais a relação vida versus trabalho”, afirma o levantamento. Isso porque 47% dos desligamentos entre janeiro e março de 2022 aconteceram “a pedido” do trabalhador. 

A onda de demissões voluntárias começou nos EUA, em meados de 2021, e atingiu em cheio o Brasil. No último trimestre do ano passado, cerca de 48,6% dos trabalhadores brasileiros que perderam os seus empregos saíram de forma voluntária. 

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

BALANÇO

Inter (INBR31) reverte prejuízo em lucro de R$ 15,5 milhões no segundo trimestre; confira os números

15 de agosto de 2022 - 21:01

No semestre encerrado em 30 de junho de 2022, o Inter superou a marca de 20 milhões de clientes, que equivale a 22% de crescimento no período

BALANÇO DA HOLDING

Lucro líquido da Itaúsa (ITSA4) recua 12,5% no segundo trimestre, mas holding anuncia JCP adicional; confira os destaques do balanço

15 de agosto de 2022 - 19:52

A Itaúsa (ITSA4) esperou até o último dia da temporada de balanços para revelar os números do segundo trimestre. E a paciência dos investidores não foi recompensanda: a companhia lucrou R$ 3 bilhões, uma queda de 12,5% na comparação com o mesmo período do ano passado. O retorno sobre o patrimônio líquido (ROE) sobre o […]

BALANÇO

Resultado da Méliuz (CASH3) piora e empresa de cashback registra prejuízo líquido de R$ 28,2 milhões no segundo trimestre

15 de agosto de 2022 - 19:07

Os papéis da Méliuz amargam perdas de 87% no ano, mas entraram no mês de agosto em tom mais positivo, com ganho mensal de 7%

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Magazine Luiza (MGLU3) dá a volta por cima, XP vai às compras e futuro do ethereum; confira os destaques do dia

15 de agosto de 2022 - 18:52

Há pouco mais de dois meses, quando conversei com diversos analistas e gestores de mercado sobre as expectativas para o segundo semestre, poucos foram aqueles que apostaram nos setores de grande exposição à economia doméstica como boas alternativas para a segunda metade do ano.  Não que empresas ex-queridinhas como Magazine Luiza (MGLU3), Via (VIIA3) e […]

ACIONISTAS FELIZES

Dividendos: Itaúsa (ITSA4) pagará JCP adicional e data de corte é nesta semana; veja como receber

15 de agosto de 2022 - 18:47

Vale lembrar que, após a data de corte, as ações serão negociadas “ex-direitos” e passarão por um ajuste na cotação referente aos proventos já alocados

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies