Menu
2021-02-18T19:26:29-03:00
Rafael Lara
Rafael Lara
Estudante de jornalismo na Faculdade Cásper Líbero de São Paulo. Trabalhou em empresas como: TV Gazeta, Suno Research e Portal iG.
Melhora da situação

S&P eleva rating do Banco Inter para “brAA” com diversificação de receitas

Além deste motivo, o S&P realça que o Banco Inter tem mantido níveis elevados de capitalização comparativamente a seus rivais.

18 de fevereiro de 2021
17:50 - atualizado às 19:26
Banco Inter - Cartão - Celular
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

A agência de classificação de risco Standard & Poors (S&P) elevou nesta quinta-feira (18) o rating do Banco Inter, saindo de "brAA-" para "brAA". O motivo principal apontado para a melhora é a diversificação de receitas da empresa.

Leia também:

Em relatório divulgado nesta quinta, a agência afirma que o Banco Inter tem expandido rapidamente sua base de clientes enquanto suas receitas têm se diversificado pela "maior participação das receitas de serviços financeiros e não financeiros, o que, combinado com um crescente valor da franquia, tem cooperado para uma maior estabilidade nos negócios."

Além deste motivo, o S&P realça que o Banco Inter tem mantido níveis elevados de capitalização comparativamente a seus rivais, sustentados por emissões periódicas de ações no mercado de capitais.

Por fim, a agência indica que sua expectativa é de que o "rating do Banco Inter não será nem elevado nem rebaixado nos próximos 12 meses", explicando que "os riscos de o banco passar a operar com níveis menores de capitalização e de uma possível deterioração na qualidade de crédito de sua carteira devido ao seu rápido crescimento serão compensados pelos benefícios associados ao contínuo aumento da diversificação de receitas e fidelização de seus clientes."

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Temperatura subindo

Febraban: carteira de crédito continua em expansão e deve registrar melhor índice desde 2013

As concessões de empréstimos devem apresentar crescimento de 4,7% em maio, acumulando aumento de 6,9% nos últimos 12 meses

Fim de papo

Bolsonaro se irrita com questão de frete e termina conversa na saída do Alvorada

Antes, ao ser cobrado quais as propostas para atender a categoria, Bolsonaro repetiu que o “maior problema de vocês (caminhoneiros)” é o preço dos combustíveis e os tributos

Nova realidade?

UBS prevê queda nos preços de minério de ferro e rebaixa Rio Tinto

Para os analistas, problemas com oferta no Brasil, intensificados pela pandemia, e atuação do governo chinês devem pressionar cotação do insumo

Muito além do pix

Bancos Centrais da Suíça e França testam transações com moedas digitais entre países

O experimento visa investir no mercado de empréstimos de “atacado” entre bancos, ao invés de transações públicas diárias, mas será o primeiro teste com as CBDC

COLUNA DO JOJO

Carteira Universa faz dois anos com 30 mil cotistas e ‘goleando’ o CDI; conheça

Ele é um fundo que atinge, na veia, a ideia do Felipe Miranda, que também é a minha: é possível que o varejo invista de forma praticamente idêntica à major league. O público geral não precisa ficar preso às armadilhas dos investimentos ruins.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies