🔴 +30 RECOMENDAÇÕES DE ONDE INVESTIR EM MARÇO – ACESSE GRATUITAMENTE

Cotações por TradingView
Ivan Ryngelblum
Ivan Ryngelblum
Jornalista formado pela PUC-SP, com pós-graduação em Economia Brasileira e Globalização pela Fipe. Trabalhou como repórter no Valor Econômico, IstoÉ Dinheiro e Agência CMA.
nada básico

Investidores gostam das melhorias operacionais da Hering e ações registram maior alta do Ibovespa

Reestruturação e vendas pela internet se destacam no 4º trimestre, enquanto principais indicadores financeiros vêm dentro do esperado

Ivan Ryngelblum
Ivan Ryngelblum
4 de março de 2021
12:49 - atualizado às 19:18
Fachada de loja da Hering
Imagem: Shutterstock

A Cia. Hering (HGTX3) voltou cair nas graças dos investidores, após trimestres seguidos de decepção, mostrando avanços na reestruturação de suas operações no quarto trimestre, especialmente nas vendas pela internet.

Esta evolução explica o fato de as ações da varejista de roupa terem fechado com a segunda maior alta do Ibovespa nesta quinta-feira. Os papéis avançaram 8,62%, a R$ 16.

Assim como outras empresas do setor, a Hering continuou prejudicada pelos efeitos da crise de covid-19, o que fez com que o lucro líquido recuasse 12% em relação ao quarto trimestre de 2019, para R$ 55,6 milhões.

A receita líquida caiu 0,5%, para R$ 424,8 milhões, e o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) diminuiu 17,1%, para R$ 68,5 milhões.

A empresa destacou que a segunda onda da pandemia prejudicou as vendas de Natal, ao diminuir os fluxos para as lojas. Ela também citou desafios no abastecimento de produtos, por conta da retomada gradual do processo produtivo e restrição de matérias-primas.

Mesmo assim, as vendas “mesmas lojas”, que consideram o desempenho de unidades em funcionamento há mais de 12 meses, subiram 1% no final do ano passado, muito beneficiadas pelo desempenho visto na Black Friday e pelas vendas via internet.

E-commerce salvador e eficiência operacional

O e-commerce, por sinal, foi o que mais chamou a atenção dos analistas (e da própria empresa, que fez este destaque no balanço).

As vendas pelo canal tiveram um crescimento de 230,6%, com o faturamento alcançando R$ 70,7 milhões. O resultado fez com que o e-commerce respondesse por uma fatia de 14,3% das vendas da companhia no mercado interno, acima dos 4,4% do quarto trimestre de 2019.

Outro ponto destacado foi a melhora na eficiência operacional, especialmente a questão dos estoques, que foram melhor administrados, a redução do tempo de entrega e a integração dos canais de venda.

Para os analistas do Bank of America (Bofa), os resultados mostram que a Hering está se preparando para o crescimento, mas eles alertaram que o desempenho em 2021 ainda será prejudicado pela pandemia, junto com o aumento do preço do algodão, que já se valorizou 35% nos últimos dois meses.

“No curto prazo, a adoção de ferramentas digitais e eficiência industrial deve levar a uma melhora na alavancagem operacional, enquanto as vendas se recuperam, apoiando os investimentos em tecnologia, capacidade administrativa e iniciativas estratégicas”, diz trecho do relatório assinado pelos analistas Melissa Byun, Robert Aguilar e Vinicius Strano.

O Credit Suisse também destacou estes pontos, afirmando que eles criam as bases para um crescimento sustentável no médio e longo prazo, mas alertou que a tarefa não é simples e que a Hering não tem o melhor histórico quando se trata de reestruturação.

“Nos últimos nove anos, a companhia não entregou crescimento de receita e enfrentou dificuldades para reestruturar as operações. Assim, preferimos esperar por um cenário menos incerto e uma melhora consistente dos resultados, portanto, mantemos nossa recomendação para Hering em neutro”, diz trecho do relatório assinado pelos analistas Victor Saragiotto e Pedro Pinto.

Compartilhe

REPERFILAMENTO

Casas Bahia (BHIA3) negocia com bancos e consegue mais prazo para pagar R$ 1,5 bilhão em dívidas

29 de fevereiro de 2024 - 19:34

O acordo ainda precisa do sinal verde dos credores, mas, se aprovado, estenderá o vencimento de 69% do endividamento da companhia

VAREJO EM ALTA

Lucro ajustado da C&A (CEAB3) quase dobra e ações saltam 5% após balanço; o que analistas esperam da varejista?

29 de fevereiro de 2024 - 15:06

Os investidores não olharam muito para o lucro líquido real no último trimestre de 2023, que recuou 20,8% em relação ao mesmo período de 2022, a R$ 168,7 milhões

LAVAGEM VERDE?

Por que a unidade da JBS (JBSS3) nos EUA entrou na mira da procuradora que processou Trump

29 de fevereiro de 2024 - 13:20

O processo acontece no momento em que a gigante das carnes brasileira se organiza para listar suas ações em Nova York

RESSACA ARGENTINA

Como o “efeito Milei” fez o lucro da Ambev (ABEV3) ficar abaixo do esperado no 4T23; ações reagem em forte queda na B3

29 de fevereiro de 2024 - 10:08

Impacto do câmbio na Argentina, onde a Ambev é dona da tradicional marca Quilmes, afetou o lucro da cervejaria no quarto trimestre

A JÚNIOR DA VEZ

Prio (PRIO3) fará aumento de capital de R$ 2 bilhões; saiba para onde irão os recursos e o que muda para o acionista

28 de fevereiro de 2024 - 19:44

Na esteira da proposta de fusão de 3R e PetroRecôncavo, o conselho de administração da Prio autorizou a operação de olho na movimentação de pares do setor

ATENÇÃO, ACIONISTAS

Ultrapar (UGPA3) vai pagar mais de R$ 439 milhões em dividendos; veja quem terá direito ao provento

28 de fevereiro de 2024 - 19:21

A empresa vai depositar a soma, que equivale a R$ 0,40 por ação ordinária, no próximo mês, em 15 de março

SOB NOVA DIREÇÃO

Dança das cadeiras entre Suzano (SUZB3) e Rumo (RAIL3) dá novo CEO à gigante do papel e celulose

28 de fevereiro de 2024 - 19:07

Walter Schalka, atual presidente da Suzano, vai deixar o cargo e ser substituído pelo executivo que lidera a empresa de ferrovias e logística

MANDA E DESMANDA

A Vale (VALE3) é a dona do Brasil? Se depender de Lula, não. Declaração do petista esquenta o processo de sucessão da mineradora

28 de fevereiro de 2024 - 15:00

As ações da companhia operam com mais de 1% de queda na B3; saiba o que mais mexe com os papéis além da fala do presidente brasileiro

FIM DA LINHA

Apple cancela projeto de 10 anos de carro elétrico; agora fabricante do iPhone quer investir em IA

28 de fevereiro de 2024 - 14:02

Após dez anos investindo em iniciativa para produção de carros elétricos, a Apple apagou as luzes e desligou as máquinas. A fabricante do iPhone encerrou o projeto, que era visto como inovador no setor automotivo. Apesar de a companhia nunca ter confirmado publicamente sobre os esforços na produção de veículos elétricos, em abril de 2017 […]

DESTAQUES DA BOLSA

IRB Re de castigo: por que as ações IRBR3 estão sendo punidas após a reversão do prejuízo em lucro em 2023?

28 de fevereiro de 2024 - 12:36

Os papéis da resseguradora lideram as perdas do Ibovespa nesta quarta-feira (28) e já chegaram a entrar em leilão duas vezes

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies