Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-12-30T13:58:42-03:00
Ricardo Gozzi
EVITANDO TRANSTORNOS

O que aconteceu com um dos ganhadores da Mega da Virada de 2020? E como evitar que o mesmo aconteça com você

Autor de aposta feita pelo canal eletrônico da Caixa não reivindicou o prêmio e o dinheiro ficou com o governo; saiba o que fazer para não correr o mesmo risco

28 de dezembro de 2021
7:57 - atualizado às 13:58
Bilhetes da Mega-Sena da virada 2020
Imagem: Shutterstock

Ano após ano, a Mega da Virada vem renovando seus próprios recordes de premiação. Em 2020 não foi diferente. O prêmio principal superou a marca de R$ 325 milhões.

Dois apostadores acertaram em cheio a sequência sorteada (17, 20, 22, 35, 41 e 42). Um deles efetuou a aposta em uma casa lotérica de Aracaju enquanto o outro a fez pela internet.

A aposta sergipana foi sacada nos dias seguintes ao sorteio. Já a aposta feita pelo canal eletrônico da Caixa Econômica Federal nunca foi reivindicada e a pessoa acabou perdendo o prêmio.

O fato de uma bolada de mais de R$ 162 milhões ter sido deixada para trás causou perplexidade não só pelo valor em questão, mas pela forma como a Caixa lidou com a situação.

Diferenças e semelhanças entre a aposta física e o canal eletrônico

Uma aposta realizada na lotérica gera um comprovante. Em caso de premiação, o saque do valor é feito pelo portador. A não ser que os campos de identificação atrás do bilhete tenham sido previamente preenchidos por alguém, você até vai ter que se identificar à Caixa, mas não vai precisar provar que é o dono do prêmio.

Se o bilhete em questão for perdido ou deixado em algum canto e não for reivindicado no prazo de 90 dias, o prêmio é cancelado. A Caixa não se obriga a correr atrás do apostador, até por não dispor de recursos para tanto.

A aposta feita pelo canal eletrônico tem um funcionamento um pouco diferente. O ambiente é fechado com senha pessoal, o apostador é identificado pelo CPF, precisa fornecer outras informações pessoais - endereço inclusive -, tem que identificar um cartão de crédito como meio de pagamento e os prêmios de valor líquido superior a R$ 1,3 mil só podem ser resgatados numa agência mediante a impressão de um QR Code.

Mas não para por aí. Quando esse apostador do canal eletrônico leva uma aposta premiada a uma agência da Caixa, além de verificar a autenticidade do código, os funcionários do banco conferem também as informações pessoais do pleiteante.

Ou seja, não basta levar o bilhete premiado à Caixa: é preciso ser o portador do CPF cadastrado no canal eletrônico do banco para fazer o saque. Caso contrário, o apostador fica de mãos abanando.

Caixa chegou a ser notificada pelo Procon

E foi justamente o fato de Caixa dispor de recursos para fazer essa conferência o motivo que levou o Procon de São Paulo a notificar o banco para que identificasse o ganhador. Houve até quem entrasse com processo contra a Caixa sob a alegação de ter feito a aposta pela internet e esquecido a senha, mas de nada adiantou.

Afinal, muita coisa podia ter acontecido a essa pessoa para que o raro episódio de sorte se transformasse num tsunami de azar: desde uma banal perda de senha a uma internação prolongada em meio a um dos piores momentos da pandemia.

A Caixa, entretanto, se recusou a atender à notificação. Com isso, o prêmio foi perdido e o valor acabou repassado ao Fundo de Financiamento do Ensino Superior (Fies), do Ministério da Educação.

Leia também:

Quais cuidados tomar

Alguns cuidados, portanto, se fazem necessários se você acertar - e isto vale para a Mega da Virada ou qualquer outra loteria da Caixa.

Se você tiver efetuado a aposta numa casa lotérica, guarde o bilhete em um local seguro e de fácil lembrança. Não fique com ele o tempo todo na carteira, por exemplo.

Já se você tiver recorrido ao canal eletrônico, a Caixa praticamente vai te obrigar a quebrar a regra máxima da segurança cibernética e do próprio banco: a de que nunca se deve compartilhar seu CPF e sua senha.

Mas fazer o quê? É melhor do que dar sopa ao azar.

VEJA TAMBÉM- Azul (AZUL4) pode disparar 57% a partir de 2022; entenda e descubra se vale a pena investir

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

MÚSICA NO FANTÁSTICO

Unilever recebe mais um não da Glaxo para oferta de US$ 68 bilhões por divisão que produz Advil; entenda o caso

Se fosse concretizado, o acordo seria o maior em termos globais desde o início da pandemia de covid-19

EFEITOS COLATERAIS

Ômicron e seus investimentos: variante do coronavírus terá efeitos distintos sobre empresas de saúde na bolsa; saiba quais são eles

Planos de saúde devem enfrentar um cenário menos favorável dado o aumento dos índices de sinistralidade e pressão sobre os custos

FOI DADA A LARGADA

Petrobras (PETR4) e Novonor iniciam oficialmente processo para vender participações na Braskem; veja quanto a operação bilionária pode levantar

O pedido de registro para a oferta pública secundária, que será realizada no Brasil e no exterior, foi publicado na madrugada deste sábado (15) na CVM

INCENTIVO À MUDANÇA

Meca das criptomoedas? Estado americano tenta atrair trabalhadores com pagamento em bitcoin (BTC)

Iniciativa acontece em meio a explosão de crescimento no setor de tecnologia, especificamente naquelas habilitadas para blockchain

HEY, BROTHERS!

BBB é ‘fábrica de milionários’: prêmio de R$ 1,5 milhão é fichinha perto da fortuna que ex-participantes constroem; veja como Juliette, Gil do Vigor e outros ficaram ricos após reality

A edição de 2022 do BBB começa na próxima segunda e pode conceder o título de milionário a mais pessoas; veja quem já conseguiu se consagrar com a participação na casa mais vigiada do Brasil

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies