🔴 ESTA CRIPTOMOEDA DISPAROU 4.200% EM 2 DIAS – VEJA SE VALE INVESTIR

Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
Devo e não nego

Investe em precatórios? Entenda PEC do governo que vem gerando polêmica por risco de calote

Segundo o ministro da Economia, o governo propõe um parcelamento de parte das dívidas pois não há capacidade de pagamento

Larissa Vitória
Larissa Vitória
3 de agosto de 2021
16:42 - atualizado às 17:08
PEC Precatórios
Imagem: Shutterstock

“Devo, não nego, pagarei assim que puder”. A frase do ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) dos precatórios — dívidas do governo reconhecidas pela Justiça — caiu como uma bomba para quem detém esses títulos.

Guedes negou, em evento nesta terça-feira (3), que o governo esteja tentando dar um calote, mas confirmou que a proposta prevê o parcelamento de dívidas superiores a R$ 450 mil. "O sapo vai ter de pular, porque não há capacidade de pagamento”, afirmou o ministro.

Já para o que ele chama de "superprecatórios" — títulos que superam os R$ 66 milhões — a intenção do governo é diluir os valores em nove parcelas anuais.

O ministro, no entanto, não deu previsões para os pagamentos: “nós achamos que todas as sentenças menores de R$ 450 mil serão pagas à vista, pelo menos nos próximos anos”.

Origem do problema

O desenho de uma nova PEC voltada para os precatórios surgiu após o governo descobrir que teria de pagar R$ 89,1 bilhões já em 2022 por causa de sentenças judiciais das quais não pode mais recorrer. O valor supera em quase R$ 35 bilhões as estimativas que a equipe econômica tinha para a despesa.

O montante comprometeria a capacidade de gastos da máquina pública e inviabilizaria, por exemplo, o lançamento de outro programa social. Às vésperas do ano eleitoral, a promessa de um novo e turbinado Bolsa Família é uma das apostas do presidente Jair Bolsonaro para a reeleição.

O texto da proposta ainda não está finalizado, mas Paulo Guedes participou ontem (2) de uma reunião com outros ministros e com os presidentes da Câmara, Arthur Lira, e do Senado, Rodrigo Pacheco, para tratar da PEC.

Detalhes da PEC dos precatórios

Ainda segundo o ministro, todos os títulos de até 60 salários mínimos — ou cerca de R$ 66 mil — serão pagos integralmente e de forma instantânea.

Para os “superprecatórios”, incluindo os que surgirem nos próximos anos, valerá a dinâmica de 15% do valor pago à vista, seguido de nove parcelas anuais de mesma soma.

O governo também pedirá ao Congresso a implantação de uma regra semelhante à vigente em Estados e municípios. O dispositivo limita o pagamento de sentenças judiciais a um percentual da receita corrente líquida.

Investimento em precatórios

Com o pagamento previsto na Constituição, ainda que sem um prazo determinado, os precatórios sempre atraíram a atenção de grandes investidores para as oportunidades de rendimento.

Neste tipo de aplicação, compra-se o direito de receber a dívida do credor original, que recebe os recursos na hora, mas por uma quantia inferior ao que será pago futuramente pelo governo.

Esse mercado tornou-se mais aberto a partir de 2017 após uma mudança nas normas da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) que permitiu que o valor dos títulos fosse fracionado e vendido em cotas.

Com a nova regra, plataformas autorizadas, como a Blox, Precatórios Já e a Hurst Capital, passaram a oferecer a pessoas físicas fatias dos precatórios a preços mais acessíveis. Na Hurst, por exemplo, o valor mínimo inicial para o investimento começa em R$ 10 mil.

Por falar em investimentos, veja se vale a pena investir na Raízen (RAIZ4). Esta análise exclusiva mostra que a ação tem tudo para se VALORIZAR mais de 50%; confira o vídeo e inscreva-se no canal do Seu Dinheiro no Youtube:

*Com informações do Estadão Conteúdo e Agência Brasil 

Compartilhe

LOTERIAS

A teimosia compensa! Apostador do RJ insiste nos números e fatura sozinho a Lotofácil

25 de maio de 2024 - 8:12

Lotofácil continua fazendo jus à fama de loteria menos difícil da Caixa, mas não foi a única a distribuir um prêmio milionário ontem; Mega-Sena acumulada corre hoje

DADOS DA RECEITA

Imposto de Renda: pessoas físicas doam R$ 35 milhões do IR para fundos do Rio Grande do Sul; veja como contribuir

24 de maio de 2024 - 19:43

Em meio à tragédia climática de sua história, o estado foi o maior beneficiado desse tipo de direcionamento do IR

ALÔ, COLECIONADORES

Banco Central libera 4 mil moedas comemorativas dos 200 anos da primeira Constituição brasileira

24 de maio de 2024 - 12:26

A moeda de comemoração à Constituição de 1824 terá recurso de cor pela primeira vez em uma peça de prata no Brasil e pode ser adquirida a partir desta sexta-feira (24)

LOTERIAS

Mega-Sena decepciona de novo, mas Lotofácil faz um novo milionário no interior de SP

24 de maio de 2024 - 5:54

Lotofácil continua fazendo jus à fama de loteria menos difícil da Caixa; prêmio da Mega-Sena já está em R$ 47 milhões

APÓS FALA DE HADDAD

Inflação acima da meta não assusta — mas um outro desafio macroeconômico se impõe sobre o Brasil, diz André Esteves, do BTG Pactual

23 de maio de 2024 - 19:26

O economista avalia que o mercado “não precisa perder o sono”, mas sim manter a disciplina em relação ao sistema de metas de inflação

LEVANTAMENTO

Motoristas e entregadores de aplicativo ganham menos e trabalham mais, aponta Ipea

23 de maio de 2024 - 17:10

Entre 2012 e 2015, os motoristas tinham rendimento médio mensal de R$ 3.100. Em 2022, o valor auferido era inferior a R$ 2.400, uma queda de 22,5%

FAÇA SUAS APOSTAS

Em quanto tempo a inteligência artificial vai ultrapassar a humana? Elon Musk fala em 2 anos, mas CEO de big tech chinesa vê evolução lenta da IA

23 de maio de 2024 - 15:00

Enquanto CEOs norte-americanos avaliam que a Inteligência Artificial irá ultrapassar a humana em breve, bilionário chinês projeta mais de 10 anos para o feito acontecer

O MERCADO TAMBÉM ERRA

CEO do JP Morgan não descarta pouso forçado da economia dos EUA, mas alerta para uma possibilidade ainda pior

23 de maio de 2024 - 11:11

Jamie Dimon, o CEO do JP Morgan, não descarta a possibilidade de os juros voltarem a subir antes de o Fed iniciar um ciclo de cortes

SE PREPARA

Rock in Rio 2024 abre hoje a venda de ingressos. Veja como comprar sua entrada para o festival e confira o line-up completo

23 de maio de 2024 - 8:59

O festival de música acontecerá entre os dias 13 e 22 de setembro de 2024, no Parque Olímpico, no Rio de Janeiro

LOTERIAS

A máquina de milionários voltou! Lotofácil tem 5 acertadores; Dupla Sena sai para bolão

23 de maio de 2024 - 5:48

A Lotofácil continua fazendo novos milionários pelo Brasil, mas ontem teve companhia; Mega-Sena corre hoje valendo R$ 42 milhões

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar