Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-06-01T20:42:27-03:00
Estadão Conteúdo
segue o jogo

Governo e presidente estão apoiando a reforma administrativa, diz Guedes

De acordo com os relatos, em um encontro entre o senador e o ministro, Guedes teria dito que o presidente não trabalha mais pela aprovação do texto

1 de junho de 2021
20:42
Paulo Guedes
Paulo Guedes, ministro da Economia - Imagem: Marcos Corrêa/Presidência da República

O ministro da Economia, Paulo Guedes, reforçou nesta terça-feira, 1º, a tese de que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o governo federal estão apoiando a reforma administrativa, proposta que deve rever formas de contratação de novos servidores públicos federais.

Ontem (31) o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), cobrou do governo uma definição sobre o assunto. Segundo fontes ouvidas pelo Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, a medida teria perdido o apoio do governo.

De acordo com os relatos, em um encontro entre o senador e o ministro, Guedes teria dito que o presidente não trabalha mais pela aprovação do texto. Entre os motivos citados por Pacheco para a indecisão, o principal seria o custo de desagradar servidores públicos em um ano pré-eleitoral.

"Liguei ontem e disse a ele Pacheco isso: que conversei com o presidente Bolsonaro e ele está apoiando. O presidente da Câmara dos Deputados está apoiando também. Estamos animados para a reforma. Acho que as reformas vem ai", disse Guedes em entrevista à CNN Brasil.

Segundo o ministro, o País está reagindo bem tanto à vacinação em massa quanto às reformas estruturantes.

"Eu não gosto de parecer otimista. Eu sou sempre muito realista e quando digo que o Brasil está surpreendendo é porque o grande desafio de transformar uma recuperação cíclica baseada em consumo numa retomada do crescimento baseada em investimento, o Brasil parece que vai enfrentar esse desafio e vencer", completou.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

SEXTOU COM O RUY

O novo nem sempre é melhor: como ganhar dinheiro com os ensinamentos clássicos na bolsa

Se você aproveitou a queda das ações nos últimos meses para comprar um pouco mais delas, deve estar colhendo frutos interessantes com a alta dos últimos dias

DILEMA NOS FIIS

Investidores decidem nesta sexta se vendem suas cotas no fundo imobiliário PATC11 em leilão; veja o que está em jogo e o que recomendam os especialistas

Afinal, é hora de aproveitar a oferta da Capitânia e colocar o dinheiro no bolso ou apostar na recuperação do FII do Pátria Investimentos?

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa rumo aos 110 mil pontos e a ressurreição da bolsa brasileira: veja tudo que mexeu com o mercado hoje

Poderia ter sido melhor, mas não dá para dizer que foi ruim. A bolsa brasileira teve hoje mais um dia estelar, permanecendo em alta de mais de 1% durante todo o pregão e chegando a testar os 110 mil pontos. Mas, no fim do dia, as bolsas americanas, que passaram quase toda sessão em alta, […]

Fechamento Hoje

Em mais um dia na contramão do mundo, Ibovespa sobe mais de 1% e dólar cai a R$ 5,41, com ajuda da China e do fluxo gringo

Corte de juros no gigante asiático beneficia países exportadores de commodities; queda nos juros futuros e entrada de recursos estrangeiros impulsionam bolsa para cima e dólar para baixo

PRESENTE DE CASAMENTO

Intermédica (GNDI3) anuncia R$ 1 bilhão em dividendos, mas proventos extraordinários estão condicionados à fusão com Hapvida (HAPV3)

O pagamento da bolada, que equivale a R$ 1,613026961 por ação da empresa, deverá ocorrer até o dia 29 de março deste ano

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies