Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-06-26T13:07:34-03:00
Estadão Conteúdo
demandas urgentes

Marco do saneamento cria oportunidades, mas detalhes importam, diz membro do fundo

Thiago Silva diz que é preciso acompanhar a implementação das novas regras para a prestação dos serviços de água e esgoto

26 de junho de 2020
13:07
Saneamento Básico
Imagem: Shutterstock

A aprovação do novo marco regulatório do setor do saneamento básico cria oportunidades para investidores estrangeiros de infraestrutura, mas ainda é preciso acompanhar a implementação das novas regras para a prestação dos serviços de água e esgoto, disse nesta sexta-feira Thiago Silva, representante no Brasil para a área de infraestrutura do Ontario Teacher's Pension Plan (OTPP), fundo de pensão do Canadá que tem 200 bilhões de dólares canadenses sob gestão.

"A lei (do novo marco do saneamento) acabou de ser aprovada. A implementação vai levar um tempo, e os detalhes são importantes", afirmou o executivo nesta sexta-feira durante o último de uma série de seminários online sobre saneamento que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) promoveu ao longo desta semana.

Silva foi cauteloso ao tratar das opções do OTPP para investir no setor de saneamento no País. Segundo o executivo, o fundo tem mandato para investir apenas em empresas privadas e seu modelo de negócios passa sempre pelo investimento em participações acionárias relevantes em operadores já estabelecidos nos mercados, com o objetivo de participar na gestão e influir na governança. Além disso, o tíquete médio do "cheque" de investimento do OTPP globalmente é de cerca de US$ 500 milhões, ou seja, há poucas empresas com porte suficiente para receber investimento tão grande.

Diante dessa estratégia, está descartado o investimento em ações de estatais listadas, como a Sabesp, e, dificilmente, a OTPP entraria na formação de novos consórcios para operar concessões pontuais, associado ou não com operadores tradicionais, nacionais ou estrangeiros. Atualmente, o fundo canadense investe, no setor de infraestrutura do Brasil, em geração e transmissão de energia elétrica.

Questionado, Silva não descartou que uma opção para o OTPP aproveitar oportunidades em concessões de água e esgoto poderia passar pela aposta, por parte das empresas do setor elétrico nas quais já possui participação, em novos projetos de saneamento.

Ao analisar o cenário macroeconômico, Silva reconheceu que o interesse de investidores estrangeiros pelo Brasil tem se mantido em alta. As concessões em infraestrutura podem, inclusive, atrair novos investidores estrangeiros, tanto financeiros quanto operadores que ainda não atuam no mercado nacional, como ocorreu no setor de aeroportos.

Apesar do interesse dos estrangeiros e da disponibilidade de recursos mundo afora atrás de oportunidades de investimento de longo prazo em infraestrutura, Silva destacou que os aportes com capital próprio não bastam para dar conta da necessidade de investimentos na universalização dos serviços de água e esgoto. Para isso, será preciso reforçar as fontes de financiamento de longo prazo no mercado local.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

ampliação dos negócios

Cosan (CSAN3) paga R$ 1,5 bilhão por fatia na Radar, gestora de propriedades agrícolas

Companhia já detinha uma participação na Radar; após a conclusão da operação e uma reorganização societária, a Cosan será dona de mais de 50% do capital social

o melhor do seu dinheiro

Caso Lehman Brothers: não vale a pena ver de novo

Se tem um roteiro que o mercado financeiro não quer ver se repetindo, é o de uma crise financeira desencadeada pela quebra de uma grande empresa, como foi o caso da falência do banco Lehman Brothers em 2008, que marcou o início da grave crise dos subprime. Nem mesmo em uma escala menor, como é […]

força do esg

Environmental ESG, da Ambipar, busca IPO de R$ 3 bilhões para dar gás às aquisições

Preço da faixa indicativa está entre R$ 15,50 e R$ 20,50; após IPO, 43,8% do capital social estará em circulação no mercado com as ações

MERCADOS HOJE

Evergrande injeta temor no mercado global e bolsas têm dia de fortes perdas; Ibovespa fecha no menor nível desde novembro

Temor de que os problemas da incorporadora chinesa gerem uma reação em cadeia no mercado global afundou as bolsas nesta segunda-feira (20)

Ruído político

Congresso não participou de debate sobre aumento no IOF, revela presidente da Câmara

Arthur Lira também declarou que quer avançar com a reforma administrativa e uma solução para a questão dos precatórios ainda nesta semana

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies