Menu
2020-12-30T17:04:25-03:00
Ivan Ryngelblum
Ivan Ryngelblum
Jornalista formado pela PUC-SP, com pós-graduação em Economia Brasileira e Globalização pela Fipe. Trabalhou como repórter no Valor Econômico, IstoÉ Dinheiro e Agência CMA.
parceria

Caixa Seguridade fecha acordo de R$ 7 bilhões para venda de seguros

Braço de seguros da Caixa fecha parceria com a CNP Assurances para venda de seguros de vida e prestamista e de produtos de previdência

30 de dezembro de 2020
17:04
Caixa Econômica Federal
Agência da Caixa Econômica Federal em São Paulo - Imagem: Itaci Batista/Estadão Conteúdo

A Caixa Seguridade, braço de seguros e previdência da Caixa, fechou um acordo com a empresa francesa CNP Assurances para formar uma nova sociedade que explorará os ramos de seguros de vida, prestamista e produtos de previdência. Pelo acerto, o banco estatal receberá R$ 7 bilhões.

Segundo o comunicado, a parceria, que terá duração de 25 anos, prevê exclusividade para a distribuição de seguros de vida e prestamista e de produtos de previdência na rede de agências e postos da Caixa.

O acordo prevê a constituição de uma holding para abarcar a parceria e de uma nova seguradora. A Caixa Seguridade terá 60% de participação no capital total da holding e será proprietária de 49% das ações ordinárias da nova companhia. A CNP Assurances terá 40% de participação no capital da holding e 51% de ações ordinárias da seguradora.

Para sacramentar a parceria, a empresa francesa realizou nesta quarta-feira (30) o pagamento da quantia inicial de R$ 7 bilhões para a Caixa. O acordo contempla ainda mecanismo de incentivo atrelado ao desempenho e lucratividade (earn-out) limitado ao valor de R$ 800 milhões, a ser pago em duas parcelas, em 2024 e 2026.

A Caixa Seguridade e a CNP já tinham firmado um contrato para atuar no ramo de consórcios, em 13 de agosto, praticamente nos mesmos moldes do acordo fechado hoje, mas o prazo para fechamento da operação acabou prorrogado para até 30 de março de 2021.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Os três mosqueteiros do varejo e outros destaques da noite

Na bolsa e no setor de varejo, a máxima do “um por todos e todos por um” não se aplica. Empresas competem umas com as outras e investidores buscam as melhores aplicações — o “cada um por si” tem bem mais adeptos. Mas, quem diria, três mosqueteiros juntaram suas espadas para comemorar os bons resultados […]

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa sobe puxado pelo minério de ferro e encosta nos 123 mil; NY fecha o dia no vermelho

Com a economia chinesa aquecida, a demanda por commodities segue em alta e sustenta bons níveis para o Ibovespa.

Seleção Empiricus

🔴 AO VIVO: Quais são os investimentos para o segundo semestre? | Seleção Empiricus

Caminhando para o fim do primeiro semestre, nosso time do Seleção Empiricus de hoje discute o que podemos esperar da Bolsa para os próximos meses. A escalação do jogo de hoje conta com Max Bohm, Matheus Spiess, Cris Fensterseifer e Marcos Queiroz.

Segure seus bitcoins

Golpistas se passam por Elon Musk e roubam dinheiro de investidores de criptomoedas

Os criminosos usaram perfis falsos do CEO da Tesla para levar ao menos US$ 2 milhões de entusiastas do bitcoin e outras moedas digitais

Orçamento apertado

Segmentos mais impactados de comércio e serviços tiveram perdas de R$ 225,7 bi em 2020

Montante é maior que o total produzido por países como Sérvia e Tunísia. Varejo de roupas perdeu 10% do seu tamanho no ano passado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies