Menu
2020-04-27T17:49:48-03:00
Foco é outro

Caixa não participa de consórcio de crédito para setores específicos, diz Costa

“O foco da Caixa são as pequenas empresas, e não nas grandes firmas desses setores”, diz secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade

27 de abril de 2020
17:49
Caixa Economica Federal
Imagem: Shutterstock

O secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa, disse nesta segunda-feira, 27, que a Caixa Econômica Federal não deve participar do consórcio de bancos que abrirá uma linha de crédito para empresas em cinco setores bastante afetados pela pandemia da covid-19: aviação, automotivo, varejo (não alimentício, não farmacêutico e não automotivo), sucroalcooleiro e de energia elétrica.

"Teremos a participação do Banco do Brasil e dos grandes bancos privados. O foco da Caixa são as pequenas empresas, e não nas grandes firmas desses setores", afirmou.

Mais cedo, ele adiantou que a linha especial de crédito será voltada para empresas desses setores com faturamento anual acima de R$ 300 milhões.

Costa disse ainda que cada setor terá uma solução específica de acordo com as suas peculiaridades. Um subcomitê avalia ainda a inclusão de mais setores nessa linha especial de financiamentos.

O governo federal editou a Medida Provisória 958/2020, que libera empresas e pessoas físicas de uma série de obrigações para que tenham acesso facilitado ao crédito bancário e sofram menos os impactos econômicos decorrentes da pandemia do novo coronavírus no País.

Na lista de facilidades, a MP dispensa os bancos públicos de exigirem dos clientes a apresentação de certidões de quitação de tributos federais, certificado de regularidade do FGTS e comprovante de regularidade eleitoral. A isenção não alcança tributos previdenciários.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta terça-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Alívio intenso

Ibovespa sobe e encosta nos 90 mil pontos, sustentado pelo exterior positivo

O Ibovespa continua recuperando o terreno perdido, impulsionado pelo clima de menor aversão ao risco no mundo. No câmbio, o dólar à vista cai forte e já fica abaixo de R$ 5,30

no twitter

Grupo divulga dados pessoais que seriam de Bolsonaro, família e aliados

Um perfil publicou imagens que alega retratarem a lista de bens declarados pelo presidente, com valor idêntico à declaração apresentada ao TSE

INVESTIGAÇÃO POLÍTICA

‘Presidente esqueceu de combinar comigo’, diz Aras sobre suposto arquivamento

Cabe a Aras decidir se denuncia ou não Bolsonaro, o que poderia resultar no afastamento do presidente do cargo.

em diário oficial

Governo publica MP que pode destravar o crédito às pequenas empresas

Dentre os vários pontos, o texto autoriza a União a aumentar em até R$ 20 bilhões a sua participação no Fundo Garantidor para Investimentos (FGI), gerido pelo BNDES

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

12 notícias para você começar o dia bem informado

Cada vez que o dólar sobe eu, você e os demais brasileiros ficamos mais pobres relativamente. Isso fica evidente na hora de converter os custos de uma viagem de férias. Aquele jantar de US$ 50 sai perto de R$ 300 na cotação atual mais custos para o turista.   Dá para minimizar esse efeito alocando […]

efeito coronavírus

Sodexo se volta ao consumidor e entra na disputa por delivery de comida no Brasil

Nas três primeiras semanas de testes da nova estratégia, a Sodexo entregou mais de mil refeições nos Estados de São Paulo e Rio Grande do Sul

assunto encerrado

Celso de Mello arquiva pedido para apreender celular de Bolsonaro

Partidos PDT, PSB e PV haviam solicitado ao Supremo a apreensão dos aparelhos “o quanto antes, sob pena de que haja tempo suficiente para que provas sejam apagadas ou adulteradas”

Esquenta dos mercados

China segue comprando soja dos EUA e notícia anima os mercados globais

Ao contrário do noticiado ontem pela Bloomberg, o jornal chinês Global Times afirmou que o país asiático continuará comprando soja dos Estados Unidos. O alívio visto nas bolsas globais deve ajudar o Ibovespa em dia de agenda ecnômica fraca.

questões do governo

PGR dá aval para prorrogar inquérito

Procuradoria vai avalizar pedido da Polícia Federal (PF) para prorrogar por 30 dias as investigações sobre a suposta tentativa do presidente Jair Bolsonaro de interferir politicamente na corporação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements