Menu
2020-05-15T11:14:47-03:00
Estadão Conteúdo
ECONOMIA AMERICANA

Vendas no varejo sofrem queda de 16,4% em abril, a maior da história

Analistas consultados pelo The Wall Street Journal previam recuo menor das vendas, de 12,3%.

15 de maio de 2020
11:14
Estados Unidos
Estados Unidos - Imagem: Shutterstock

As vendas no varejo dos Estados Unidos sofreram um tombo de 16,4% em abril ante março, o maior da história, em meio aos efeitos da pandemia de coronavírus, segundo dados com ajustes sazonais divulgados hoje pelo Departamento do Comércio. Analistas consultados pelo The Wall Street Journal previam recuo menor das vendas, de 12,3%.

Excluindo-se automóveis, as vendas no setor varejista americano sofreram contração de 17,2% na comparação mensal de março. Já desconsiderando-se também as vendas de gasolina, o declínio foi de 16,2%.

Os dados de março ante fevereiro foram revisados, para queda de 8,3% no caso das vendas totais e redução de 4% das vendas sem automóveis. Fonte: Dow Jones Newswires.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Novos tempos

Alvo de Bolsonaro, home office avança no setor público

Bolsonaro usou trabalho remoto para atacar presidente da Petrobras

Mais uma na área

FDA autoriza uso emergencial de vacina de dose única nos EUA

Imunizante é produzido pela Johnson & Johnson

Contra a pandemia

Matéria-prima para produção de 12 milhões de doses de vacina chega ao Rio

Total de efetivamente imunizados não chega a 1% da população brasileira

Acordo confirmado

Notre Dame Intermédica e Hapvida chegam a acordo para combinação de negócios

Ações da Notre Dame serão incorporadas pela Hapvida; acordo resultará em uma das maiores empresas de saúde do mundo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies