Menu
2020-05-15T11:14:47-03:00
ECONOMIA AMERICANA

Vendas no varejo sofrem queda de 16,4% em abril, a maior da história

Analistas consultados pelo The Wall Street Journal previam recuo menor das vendas, de 12,3%.

15 de maio de 2020
11:14
Estados Unidos
Estados Unidos - Imagem: Shutterstock

As vendas no varejo dos Estados Unidos sofreram um tombo de 16,4% em abril ante março, o maior da história, em meio aos efeitos da pandemia de coronavírus, segundo dados com ajustes sazonais divulgados hoje pelo Departamento do Comércio. Analistas consultados pelo The Wall Street Journal previam recuo menor das vendas, de 12,3%.

Excluindo-se automóveis, as vendas no setor varejista americano sofreram contração de 17,2% na comparação mensal de março. Já desconsiderando-se também as vendas de gasolina, o declínio foi de 16,2%.

Os dados de março ante fevereiro foram revisados, para queda de 8,3% no caso das vendas totais e redução de 4% das vendas sem automóveis. Fonte: Dow Jones Newswires.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Concessão

Em tom de festa e com perguntas de aliados, governo renova Malha Paulista

Com um tom de comemoração, o governo anunciou na quinta-feira, 28, em evento online, a renovação da Malha Paulista com a Rumo

Parcela para prioritários

Receita paga o 1º lote do IR nesta sexta

Nessa primeira parcela, receberão o dinheiro quem se enquadra nas prioridades legais: idosos, pessoas com deficiência física ou intelectual ou moléstia grave

CRÍTICAS AO PRESIDENTE

Doria pede diálogo e afirma que Governo Federal ‘é ausente’

O tucano afirmou que o País passou a ouvir palavras de ódio.

Plano de voo mantido

Governo discute orçamento de 2021 e linha da austeridade continua, diz ministro

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, afirmou nesta sexta-feira, 29, que o Brasil já sinaliza para o mercado que seguirá com a linha planejada de austeridade fiscal e solvência. Ele pontuou que o orçamento do próximo ano já está em discussão e que esse perfil permanecerá

Em meio à pandemia

Com queda de 1,5% do PIB, Brasil fica em 15º em ranking de crescimento mundial

As perdas provocadas pela pandemia da covid-19 na economia global melhoraram a posição do Brasil no ranking mundial

Mentirinha branca

Kylie Jenner não é mais uma bilionária de acordo com a Forbes – e talvez nunca tenha sido

De acordo com a revista, a polêmica família do entretenimento pode ter inflacionado os resultados da empresa da caçula, que apesar de rica, nunca foi ultrarrica.

MEDIDA ANTICRISE

UE propõe programa de apoio financeiro a empresas

O programa será temporário e deverá estar operando ainda este ano, com expectativa de término em 2021.

perspectivas para a crise

CNI: com regras atuais, 22% das fábricas só conseguem se manter por mais 1 mês

Entre as empresas que tiveram queda de faturamento, 48% avaliam possuírem condições financeiras para manter a atividade entre um e três meses

de olho na crise

Juros negativos não são instrumento favorável para ser adotado nos EUA, diz Fed

Segundo Powell, o Fed “deverá começar em poucos dias” o programa Main Street, no qual poderá repassar linhas de crédito para empresas

efeito coronavírus

Economia brasileira deve voltar ao patamar pré-crise apenas em 2022

Hipótese é reiterada por especialistas após IBGE divulgar que o PIB caiu 1,5% no primeiro trimestre; avaliação é de que efeitos da pandemia ainda são incertos e que país já tinha situação frágil antes da crise

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements