Menu
2020-03-02T16:42:50-03:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Baixe aqui

Programa para preencher a declaração de IR 2020 já está disponível para download; saiba como baixar

Programa Gerador da Declaração já está disponível no site da Receita. Também é possível declarar o imposto de renda por app ou on-line, via certificado digital.

20 de fevereiro de 2020
15:13 - atualizado às 16:42
Site da Receita Federal para declaração do imposto de renda
Programa do IR 2020 já está disponível no site da Receita Federal. Imagem: Reprodução

A Receita Federal liberou, nesta quinta (20) o download do programa do imposto de renda 2020. Você já pode baixá-lo no site da própria Receita, nas versões para Windows, Mac, Linux e outros sistemas operacionais.

Apesar de o programa já ter sido liberado, o prazo de entrega da declaração de IR 2020 só começa às 8h do dia 2 de março, e termina às 23h59 do dia 30 de abril.

O programa do imposto de renda 2020 não traz grandes novidades em relação ao do ano passado, mas assim que você o abrir, verá um pop up com a lista de todas as pequenas mudanças efetuadas.

Também é possível, em certos casos, preencher a declaração usando o app "Meu Imposto de Renda", disponível para dispositivos móveis com sistemas operacionais Android e iOS, ou o serviço "Meu Imposto de Renda" do Centro Virtual de Atendimento da Receita (e-CAC), por meio de certificado digital do próprio contribuinte ou do seu procurador.

Quem NÃO pode usar o app "Meu Imposto de Renda"

O app "Meu Imposto de Renda" não pode ser utilizado para preencher as declarações de espólio ou saída definitiva do país. Só é possível preencher a Declaração de Ajuste Anual propriamente dita. Ele também não pode ser usado por quem tenha recebido, em 2019, rendimentos das seguintes naturezas:

  • Tributáveis e sujeitos ao ajuste anual em valor superior a R$ 5 milhões;
  • Tributáveis recebidos do exterior;
  • Ganhos de capital na alienação de bens e direitos em reais;
  • Ganhos de capital na alienação de bens, direitos e aplicações financeiras em moeda estrangeira;
  • Ganhos de capital na alienação de moeda estrangeira em espécie;
  • Ganhos líquidos em operações de renda variável na bolsa;
  • Rendimentos sujeitos à tributação exclusiva ou definitiva ou isentos e não tributáveis em valor superior a R$ 5 milhões;
  • Parcela isenta correspondente à atividade rural;
  • Recuperação de prejuízos em renda variável;
  • Lucro na venda de imóvel residencial para aquisição de outro imóvel residencial;
  • Lucro na alienação de imóvel residencial adquirido após 1969.

Declarantes e seus dependentes que tenham realizado pagamentos de rendimentos a pessoas físicas ou jurídicas cuja soma tenha sido superior a R$ 5 milhões também não podem usar o app.

O uso está vedado, ainda, a declarantes e seus dependentes que tenham se sujeitado ao imposto pago no exterior ou ao recolhimento de IR na fonte sobre operações de bolsa, o chamado "dedo-duro". Ou seja, só o fato de ter operado ativos na bolsa em 2019 já impede o contribuinte de usar o app "Meu Imposto de Renda".

Finalmente, o preenchimento da declaração via app não pode ser feito pelos contribuintes que precisam preencher os demonstrativos referentes à atividade rural, ganho de capital ou renda variável da declaração.

As restrições do serviço "Meu Imposto de Renda" no e-CAC são as mesmas, com exceção daquelas que versam sobre rendimentos ou pagamentos em valor superior a R$ 5 milhões em 2019.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Entrevista

‘Desemprego alto e déficit público nos deixam cautelosos’, diz presidente da Whirlpool

CEO da fabricante das marcas Consul e Brastemp diz estar cauteloso para investir em produção e em relação à sustentabilidade da demanda, por conta de desemprego e da situação fiscal

Mercadores da noite

Bolsa, dólar e juros subindo: qual dos três está mentindo?

Quando a Bolsa, o dólar e as taxas de juros estão subindo ao mesmo tempo, um dos três está mentindo – qual deles será e o que fazer?

Infraestrutura

Novo marco legal para ferrovias vai a votação no Senado na próxima semana

Legislação promete organizar regras do setor e permitir novos formatos para a atração de investimentos privados

Telecomunicações

Operadoras cobram transparência do governo na definição da tecnologia 5G

Teles se dizem preocupadas com as “incertezas” relativas ao processo, depois de governo sinalizar banimento da chinesa Huawei

Recorde

Estrangeiros põem R$ 30 bilhões na bolsa brasileira em novembro

Trata-se de recorde de entrada de recursos estrangeiros em um mês, impulsionado pela migração de recursos para bolsas emergentes; movimento por aqui, porém, pode ser passageiro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies