Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-08-18T16:57:02-03:00
Estadão Conteúdo
OPINIÃO POPULAR

‘Nova CPMF’ tem aprovação maior se financiar desoneração e Renda Brasil, mostra pesquisa XP/Ipespe

46% da população concorda com a criação do tributo se servir para financiar a desoneração, enquanto 37% discordam.

18 de agosto de 2020
16:55 - atualizado às 16:57
Paulo Guedes
Paulo Guedes na abertura oficial do Fórum de Investimentos Brasil. - Imagem: Brasil Investment Forum

A possibilidade de criação de uma nova CPMF, aventada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, tem simpatia da população desde que sirva para desonerar a folha de pagamento das empresas. De acordo com recorte da pesquisa XP/Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe) de agosto, divulgado há pouco, 46% da população concorda com a criação do tributo se servir para financiar a desoneração, enquanto 37% discordam. Outros 7% não tinham opinião e 11% não responderam.

Esse é o cenário de maior aprovação do tributo sobre movimentações financeiras. Caso o novo tributo sirva para custear o Renda Brasil, há um empate nas opiniões: 43% concordam e outros 43% discordam. Para 5%, não faz diferença; 10% não responderam.

Caso a nova CPMF sirva para equilibrar as contas públicas, no entanto, 64% da população se diz contrária à medida. Outros 21% afirmam concordar com o tributo, enquanto 6% se disseram indiferentes e 9% não responderam. No pior cenário, em que o imposto seria criado sem nenhuma contrapartida, 78% da população é contrária. Apenas 12% são a favor, enquanto 1% se disseram indiferentes e 8% preferiram não responder.

Segundo a pesquisa, 59% das pessoas disseram não lembrar de como era cobrada a CMPF, contra 38% que afirmaram se lembrar. Na faixa de 18 a 34 anos, 78% das pessoas afirmaram não se recordar da contribuição, contra 45% das que têm mais de 55 anos. O tributo vigorou entre 1997 e 2007 - sua última alíquota foi de 0,38%.

Para 41% da população, a elevada carga é o principal problema do sistema tributário brasileiro. Outros 28% mencionaram a falta de transparência, enquanto 14% disseram que o maior problema é a injustiça e 6%, a complexidade. Outros 11% não responderam.

A pesquisa XP/Ipespe realizou 1.000 entrevistas telefônicas do dia 13 ao dia 15 de agosto. A amostra considerou sexo, tipo de cidade, região, idade, porte do município, religião, ocupação, nível educacional e renda. A margem de erro é de 3,2 pontos porcentuais.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Dia da Marmota

Feitiço do tempo: Após Evergrande, China acorda com nova chance de calote da Kaisa; conheça a empresa

As negociações das ações do grupo chinês foram suspensas hoje em Hong Kong após o vencimento de um título de US$ 400 milhões

O poder do roxinho

Maior que o Itaú (ITUB4)? Nubank descobre hoje se será ou não o banco mais valioso da América Latina

O tamanho da abertura de capital será revelado hoje, com a definição do preço das ações no mercado norte-americano

GÁS NA TRAMITAÇÃO

Projeto de lei pode conter alta dos combustíveis, mas precisa ser aprovado ainda este ano, defende relator

A medida, que cria um programa de estabilização do valor do petróleo e derivados, foi a forma encontrada para amenizar a alta dos preços sem interferir na política da Petrobras

CARNE FORTE

Marfrig sobe mais de 5% hoje, mas ainda deve saltar 60% nos próximos meses, projeta Bank of America

O Bank of America recalculou as projeções financeiras para o próximo ano e vê a empresa lucrando muito mais do que o previsto no cálculo anterior

DESTAQUES DO DIA

Varejo abaixo do esperado derruba Magazine Luiza (MGLU3), mas companhias aéreas sobem forte com vacinas eficazes contra a ômicron

Enquanto o Magalu recua mais de 8%, as empresas do setor aéreo aproveitam para engatar uma recuperação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies