Cotações por TradingView
Estadão Conteúdo
OPINIÃO POPULAR

‘Nova CPMF’ tem aprovação maior se financiar desoneração e Renda Brasil, mostra pesquisa XP/Ipespe

46% da população concorda com a criação do tributo se servir para financiar a desoneração, enquanto 37% discordam.

Estadão Conteúdo
18 de agosto de 2020
16:55 - atualizado às 16:57
Paulo Guedes
O ex-ministro da Economia, Paulo Guedes - Imagem: Brasil Investment Forum

A possibilidade de criação de uma nova CPMF, aventada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, tem simpatia da população desde que sirva para desonerar a folha de pagamento das empresas. De acordo com recorte da pesquisa XP/Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe) de agosto, divulgado há pouco, 46% da população concorda com a criação do tributo se servir para financiar a desoneração, enquanto 37% discordam. Outros 7% não tinham opinião e 11% não responderam.

Esse é o cenário de maior aprovação do tributo sobre movimentações financeiras. Caso o novo tributo sirva para custear o Renda Brasil, há um empate nas opiniões: 43% concordam e outros 43% discordam. Para 5%, não faz diferença; 10% não responderam.

Caso a nova CPMF sirva para equilibrar as contas públicas, no entanto, 64% da população se diz contrária à medida. Outros 21% afirmam concordar com o tributo, enquanto 6% se disseram indiferentes e 9% não responderam. No pior cenário, em que o imposto seria criado sem nenhuma contrapartida, 78% da população é contrária. Apenas 12% são a favor, enquanto 1% se disseram indiferentes e 8% preferiram não responder.

Segundo a pesquisa, 59% das pessoas disseram não lembrar de como era cobrada a CMPF, contra 38% que afirmaram se lembrar. Na faixa de 18 a 34 anos, 78% das pessoas afirmaram não se recordar da contribuição, contra 45% das que têm mais de 55 anos. O tributo vigorou entre 1997 e 2007 - sua última alíquota foi de 0,38%.

Para 41% da população, a elevada carga é o principal problema do sistema tributário brasileiro. Outros 28% mencionaram a falta de transparência, enquanto 14% disseram que o maior problema é a injustiça e 6%, a complexidade. Outros 11% não responderam.

A pesquisa XP/Ipespe realizou 1.000 entrevistas telefônicas do dia 13 ao dia 15 de agosto. A amostra considerou sexo, tipo de cidade, região, idade, porte do município, religião, ocupação, nível educacional e renda. A margem de erro é de 3,2 pontos porcentuais.

Compartilhe

DE OLHO NAS REDES

Nova tesourada de Campos Neto não quer dizer que é hora de fugir da renda fixa — veja como ainda é possível ter um rendimento de dois dígitos ao ano com investimentos conservadores

21 de setembro de 2023 - 16:55

O Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) reduziu mais uma vez a taxa básica de juros na última quarta-feira (20), de 13,25% para 12,75% ao ano — uma queda de 0,50 ponto percentual, já amplamente esperada pelo mercado. Para o investidor pessoa física, o novo corte nos juros significa que os investimentos de renda […]

FINANÇAS

Crédito mais barato: Caixa e Banco do Brasil cortam juros para pessoas físicas e empresas após redução na Selic pelo Copom; veja as novas taxas

21 de setembro de 2023 - 8:15

Para o presidente da Febraban, a redução da Selic indica um mercado de crédito menos pressionado à frente, com “menor pressão das condições financeiras e da inadimplência”

LOTERIAS

Mega-Sena oferece prêmio grandão hoje; Lotofácil e Quina também estão acumuladas

21 de setembro de 2023 - 5:52

Prêmio da Mega-Sena pode chegar a R$ 35 milhões na faixa principal — isso se alguém acertar sozinho ou sozinha

MAIS MEIO PONTO

Campos Neto segue o “plano de pouso”: Copom reduz Selic em 0,50 ponto percentual, para 12,75% ao ano e antecipa novos cortes “na mesma magnitude”

20 de setembro de 2023 - 18:41

Ao contrário da última reunião, quando os diretores do BC se dividiram sobre o tamanho da redução da Selic, desta vez a decisão foi unânime

DE OLHO NAS REDES

Campos Neto não recebeu os sinais que precisa para corte de 0,75 pp na Selic hoje – mas queda do juros ainda pode surpreender daqui para frente, enxerga economista

20 de setembro de 2023 - 17:12

No mais recente episódio do podcast Touros e Ursos, nossa equipe de repórteres especiais conversou com a economista-chefe da CM Capital, Carla Argenta, para entender o que esperar da política monetária até o final deste ano. Será que existem chances de o Banco Central acelerar os cortes na Selic? A maior parte do mercado acredita que o […]

DE OLHO NAS REDES

Banco central pode não conseguir ‘bancar’ cortes mais severos na Selic e aqui estão os culpados, de acordo com economista; veja

20 de setembro de 2023 - 16:22

Chegamos a mais uma Super Quarta, como são apelidadas as quartas-feiras em que são anunciadas as decisões de juros no Brasil e nos Estados Unidos. Após o banco central norte-americano bater o martelo e interromper mais uma vez a alta dos juros, agora a expectativa se volta para a reunião do Comitê de Política Monetária […]

MORADIAS PELO MUNDO

O que coloca São Paulo e Nova York na mesma faixa de risco de se transformarem em bolha imobiliária

20 de setembro de 2023 - 15:21

Segundo a edição deste ano do Índice Global de Bolha Imobiliária do UBS, os desequilíbrios dos mercados imobiliários mundiais diminuíram em 2023

OLHA O BREQUE

Em decisão unânime, Fed mantém taxa de juros no EUA no maior nível em mais de 20 anos, mas sinaliza nova alta ainda este ano

20 de setembro de 2023 - 15:02

Analistas de mercado já esperavam a manutenção da taxa de juros pelo Fed, o banco central dos EUA, na faixa entre 5,25% e 5,50% ao ano

AGORA VAI?

Investidores mantêm otimismo com a bolsa, mas veem Ibovespa no máximo em 130 mil pontos no fim do ano, segundo pesquisa XP

20 de setembro de 2023 - 14:30

Cenário no mercado ainda exige cautela com renda variável, mas expectativas com a bolsa crescem em 98%

DE OLHO NAS REDES

Selic: por que o dólar abaixo dos R$ 5 é um sinal importante para Campos Neto e no que mais o Banco Central está de olho

20 de setembro de 2023 - 10:42

Convidada do mais recente episódio do podcast Touros e Ursos, a economista-chefe da CM Capital, Carla Argenta, fala sobre as pistas que podem acelerar os cortes da Selic até meados de 2024. Ela explica por que a cotação do dólar é um sinal importante para as próximas decisões.  Em um vídeo publicado com exclusividade na […]

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies