Menu
2020-07-21T12:14:06-03:00
Agência Brasil
Confira o calendário

Mais de 700 mil receberão amanhã 1ª parcela do auxílio emergencial

Os beneficiários que vão receber a primeira parcela do auxílio emergencial no ciclo 1 fizeram o cadastro entre 17 de junho e 2 de julho. O crédito e o saque são escalonados pelo mês de aniversário

21 de julho de 2020
12:14
Caixa Econômica Federal
Caixa Econômica Federal - Imagem: Shutterstock

A Caixa vai creditar a primeira parcela do auxílio emergencial para 721.337 beneficiários a partir de amanhã (22), para os nascidos em janeiro. Os beneficiários entram no ciclo 1 do novo calendário de pagamento, que passou a ser organizado em ciclos de crédito na poupança social digital e saque em espécie.

Os beneficiários que vão receber a primeira parcela do auxílio emergencial no ciclo 1 fizeram o cadastro entre 17 de junho e 2 de julho. O crédito e o saque são escalonados pelo mês de aniversário.

Segundo esse calendário, nascidos em janeiro recebem no dia 22; em fevereiro, em 24 de julho; em março, 29 de julho; em abril, 31 de julho; em maio, 5 de agosto; em junho, 7 de agosto; em julho, 12 de agosto; em agosto, 14 de agosto; em setembro, 17 de agosto; em outubro, 19 de agosto; em novembro, 21 de agosto; e em dezembro, 26 de agosto. O saque em dinheiro será entre os dias 25 de julho e 17 de setembro.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Não vai mais rolar

Iguá Saneamento desiste de oferta inicial de ações

O pedido de abertura de capital havia sido protocolado no dia 1º de setembro e seria uma oferta pública de distribuição primária e secundária.

follow on

Notre Dame Intermédica anuncia oferta em que Bain Capital venderá até R$ 3,7 bi em participação

Tamanho da operação equivale a 44% do total de ações detidas pela empresa de private equity americana na operadora de saúde

NÚMEROS DA PANDEMIA

Covid-19: Brasil registra 24.468 casos e 272 mortes em 24 horas

Nas últimas 24 horas foram computados 24.468 novos casos e 272 mortes, segundo Ministério da Saúde

o que vem por aí

Os segredos da bolsa: PIB do Brasil ganha holofotes após rali de novembro

PIB do 3º trimestre pode aumentar ainda mais a euforia dos investidores vista em novembro ou frear os ânimos

Análise

Como ficam as peças do xadrez da política após as eleições municipais

A eleição marcou a conquista de peças importantes, vitórias que serviram apenas para demarcar território e derrotas claras. Mas houve também avanços importantes mesmo de quem perdeu nas urnas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies