Menu
2020-05-13T17:49:15-03:00
Estadão Conteúdo
Crescimento da economia

Indicador de atividade econômica cai 1,2% no 1º trimestre em comparação anual, diz FGV

O resultado foi puxado pelo mau desempenho da economia no mês de março, afetada pelo agravamento da pandemia do novo coronavírus no País

13 de maio de 2020
17:49
pib 2020
Imagem: Shutterstock

O Indicador de Atividade Econômica da Fundação Getúlio Vargas (IAE-FGV) teve uma retração de 1,2% no primeiro trimestre do ano em relação ao quarto trimestre de 2019. O resultado foi puxado pelo mau desempenho da economia no mês de março, afetada pelo agravamento da pandemia do novo coronavírus no País, afirmou Claudio Considera, coordenador do Monitor do PIB no Instituto Brasileiro de Economia da FGV (Ibre/FGV).

"Comércio e transportes desabaram", ressaltou Considera.

No mês de março, a atividade econômica teve uma retração de 5,1% ante fevereiro.

Na comparação com março de 2019, a economia teve retração de 0,9%. No primeiro trimestre de 2020 ante o mesmo trimestre do ano passado, porém, houve crescimento de 0,2%.

O IAE-FGV é um indicador mensal que antecipa a tendência da economia brasileira. São divulgadas duas versões preliminares e uma definitiva por mês, com base na divulgação das principais pesquisas mensais de atividade divulgadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

As principais informações para a atualização do indicador são obtidas pela Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física (PIM-PF), Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) e Pesquisa Mensal de Serviços (PMS).

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

3º trimestre

Tesla: 5 números do balanço que surpreendeu o mercado

2020 tem sido um ano e tanto para as ações da montadora, que acumula uma alta superior a 420% e que pode fechar o seu primeiro ano no azul

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

2020 é o novo ‘ano dos IPOs’?

Se um viajante do tempo contasse à Julia de março ou abril que, bem antes do fim do ano, as bolsas americanas já teriam se recuperado e ultrapassado os patamares anteriores à crise, o Ibovespa já teria retornado ao patamar dos 100 mil pontos e que 2020 seria um grande ano de aberturas de capital […]

no zero a zero

Ibovespa zera ganhos no fim com queda em NY em meio à incerteza sobre estímulos

Dólar também encerra dia no zero a zero, demonstrando cautela dos investidores sobre pacote de ajuda à economia dos Estados Unidos, e juros futuros sobem com temor fiscal. Após pregão, saiu a notícia de que autoridades americanas estão mais próximas de um acordo

Dia de euforia

Bitcoin quebra recorde em reais e supera a marca dos R$ 70 mil

A moeda também rompeu a máxima do ano em dólar, cotada a mais de US$ 12 mil

Recorde

Arrecadação tem melhor resultado mensal em 6 anos

O resultado representa um aumento real (descontada a inflação) de 1,97% na comparação com o mesmo mês de 2019

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies