Menu
2020-08-19T14:08:38-03:00
Estadão Conteúdo
ECONOMIA INTERNACIONAL

Fundos de hedge dos EUA que investem em bancos sofrem mais perdas neste ano

São perdas na casa dos dois dígitos e até ao fechamento de alguns fundos.

19 de agosto de 2020
14:08
eua dolar
Montagem da bandeira dos EUA em pilha de dólares - Imagem: Shutterstock

Fundos de hedge que investem em bancos têm mostrado resultados piores neste ano, o que leva a perdas na casa dos dois dígitos e até ao fechamento de alguns fundos. O índice KBW Nasdaq Bank recuou 33,1% até agora em 2020, enquanto o índice acionário S&P 500 sobe 6,2%, incluindo dividendos.

Documentos regulatórios da sexta-feira mostraram que o Berkshire Hathaway, de Warren Buffett, vendeu bilhões de dólares em ações de bancos no segundo trimestre, embora ele tenha comprado participação no Bank of America.

Já fundos como Castine Capital Management em Boston têm dito a clientes que vão fechar.

Além disso, as dúvidas sobre a lucratividade dos bancos têm colocado mais pressão sobre investidores que permanecem no setor.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

EUA X China

Trump X TikTok: empresa chinesa tenta impedir proibição de downloads

Decisão judicial pode barrar restrição, que passaria a valer a partir de meia-noite deste domingo nos Estados Unidos.

A 38 dias da eleição

Trump anuncia nomeação de Barrett para a Suprema Corte

Nomeação ainda precisa ser confirmada pelo Senado, que hoje tem maioria Republicana.

Últimos ajustes

Guedes se reúne com líder do governo na Câmara para discutir Reforma Tributária

Segundo o deputado Ricardo Barros, na segunda-feira a proposta já estará fechada para uma rodada de discussão com os líderes da base governista no Congresso.

Em 2020

Pandemia tira R$ 12 bilhões em investimentos

Investimentos públicos em infraestrutura deverão ser 10% menores em relação ao estimado antes da pandemia de covid-19.

Entrevista

“A crise econômica será severa e prolongada”, diz de Bolle

Em novo livro, economista defende que é preciso romper com padrões estabelecidos de estratégia econômica – como o teto de gastos – para responder aos desafios trazidos pelo novo coronavírus.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements