Menu
2020-08-03T09:13:52-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
de olho na retomada

Mercado melhora estimativa e prevê queda de 5,66% do PIB em 2020

Boletim Focus mostrou manutenção de estimativa para a Selic em 2%; BC decide nesta semana nova taxa básica de juros

3 de agosto de 2020
9:08 - atualizado às 9:13
Uma carteira de investimentos para qualquer cenário - de euforia ou tristeza nos mercados
Imagem: Shutterstock

O mercado financeiro reduziu a projeção de queda do PIB, de 5,77% para 5,66%, mostra a edição desta segunda-feira (3) do Focus, do Banco Central. A expectativa para o ano seguinte foi mantida em avanço de 3,50%.

Agentes financeiros têm gradativamente melhorado as estimativas para a economia brasileira neste ano, conforme o avanço do processo de retomada das atividades. Há um mês, o mercado projetava uma queda de 6,50 do PIB.

O mercado também alterou a projeção para a inflação neste ano, de avanço de 1,67% para alta de 1,63%. Em 2021, o IPCA deve ter alta de 3%, ainda segundo o Focus.

O boletim mostrou manutenção de estimativa para a Selic em 2%. Hoje a taxa básica de juros está em 2,25%, que já é uma mínima histórica. O Banco Central comunica na quarta-feira (5) se mantém ou reduz novamente a Selic.

Segundo o Focus, o dólar deve terminar o ano a R$ 5,20 - mesma projeção há pelo menos um mês. Na sexta-feira, a moeda norte-americana terminou o dia cotada a R$ 5,21, depois de passar por um alívio em julho.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

seu dinheiro na sua noite

Onde está o Guedes?

Paulo Guedes esteve presente ontem no anúncio do programa Renda Cidadã pelo governo, ao lado de Jair Bolsonaro e lideranças do Congresso. Mas os investidores no mercado financeiro não reconheceram no ministro a figura que prometeu implementar uma agenda de medidas liberais na economia, incluindo privatizações e reformas. A desconfiança sobre como a equipe econômica encaixaria […]

ajuste fiscal

Propostas para o Renda Cidadã não têm intenção de driblar teto, diz secretário do Tesouro

“A gente sabe que o teto é baseado em credibilidade e não adianta tomarmos ações que minem a credibilidade do teto”, disse Bruno Funchal

Mercado agora

Ibovespa fecha em queda com descrença sobre possível recuo de ‘pedalada’

No exterior, expectativa em torno do primeiro debate entre os principais candidatos à presidência dos EUA inibiu apetite por risco

Fiador sem crédito

Investidores veem omissão de Guedes no Renda Cidadã e mostram cansaço com “Posto Ipiranga”

Agentes do mercado financeiro questionam voto de confiança no ministro da Economia como fiador da disciplina fiscal

recadinho

Relevância do cumprimento do teto no pós-crise será ainda maior, diz Tesouro

Tesouro Nacional reforçou o alerta de que é preciso acelerar as reformas para manter a confiança dos investidores e os juros baixos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements