Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-07-14T09:50:12-03:00
Estadão Conteúdo
Novos estímulos

Coreia do Sul: governo anuncia pacote de US$ 133 bilhões para estimular economia

Esse plano econômico segue uma série de estímulos fiscais do governo, incluindo três orçamentos extras para este ano, para sustentar a economia atingida pela pandemia

14 de julho de 2020
9:50
Montagem com bandeira da Coreia do Sul em em meio a prédios de São Paulo
Montagem com bandeira da Coreia do Sul em em meio a prédios de São Paulo - Imagem: Shutterstock

O governo da Coreia do Sul propôs nesta terça-feira, 14, um pacote de aproximadamente US$ 132,90 bilhões para estimular o crescimento pós-pandemia e remodelar a economia do país. Sob o nome de "New Deal" o Ministério das Finanças e Economia sul-coreano pretende injetar o montante acima, com participação de recursos do setor privado, em novas indústrias para criar 1,9 milhão de novos empregos até 2025. Os gastos planejados se concentrarão na transformação da Coreia do Sul em uma economia mais ecológica e digital, disse o ministério.

Inteligência artificial, redes 5G, veículos elétricos, carros movidos a hidrogênio e serviços médicos remotos estão entre os setores em que a nova iniciativa se concentrará, afirmou o governo, acrescentando que parte dos gastos será usada para reforçar o bem-estar social do país.

Esse plano econômico segue uma série de estímulos fiscais do governo, incluindo três orçamentos extras para este ano, para sustentar a economia atingida pela pandemia. Fonte: Dow Jones Newswires.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

ampliação dos negócios

Cosan (CSAN3) paga R$ 1,5 bilhão por fatia na Radar, gestora de propriedades agrícolas

Companhia já detinha uma participação na Radar; após a conclusão da operação e uma reorganização societária, a Cosan será dona de mais de 50% do capital social

o melhor do seu dinheiro

Caso Lehman Brothers: não vale a pena ver de novo

Se tem um roteiro que o mercado financeiro não quer ver se repetindo, é o de uma crise financeira desencadeada pela quebra de uma grande empresa, como foi o caso da falência do banco Lehman Brothers em 2008, que marcou o início da grave crise dos subprime. Nem mesmo em uma escala menor, como é […]

força do esg

Environmental ESG, da Ambipar, busca IPO de R$ 3 bilhões para dar gás às aquisições

Preço da faixa indicativa está entre R$ 15,50 e R$ 20,50; após IPO, 43,8% do capital social estará em circulação no mercado com as ações

MERCADOS HOJE

Evergrande injeta temor no mercado global e bolsas têm dia de fortes perdas; Ibovespa fecha no menor nível desde novembro

Temor de que os problemas da incorporadora chinesa gerem uma reação em cadeia no mercado global afundou as bolsas nesta segunda-feira (20)

Ruído político

Congresso não participou de debate sobre aumento no IOF, revela presidente da Câmara

Arthur Lira também declarou que quer avançar com a reforma administrativa e uma solução para a questão dos precatórios ainda nesta semana

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies