Menu
2020-07-14T09:50:12-03:00
Estadão Conteúdo
Novos estímulos

Coreia do Sul: governo anuncia pacote de US$ 133 bilhões para estimular economia

Esse plano econômico segue uma série de estímulos fiscais do governo, incluindo três orçamentos extras para este ano, para sustentar a economia atingida pela pandemia

14 de julho de 2020
9:50
Montagem com bandeira da Coreia do Sul em em meio a prédios de São Paulo
Montagem com bandeira da Coreia do Sul em em meio a prédios de São Paulo - Imagem: Shutterstock

O governo da Coreia do Sul propôs nesta terça-feira, 14, um pacote de aproximadamente US$ 132,90 bilhões para estimular o crescimento pós-pandemia e remodelar a economia do país. Sob o nome de "New Deal" o Ministério das Finanças e Economia sul-coreano pretende injetar o montante acima, com participação de recursos do setor privado, em novas indústrias para criar 1,9 milhão de novos empregos até 2025. Os gastos planejados se concentrarão na transformação da Coreia do Sul em uma economia mais ecológica e digital, disse o ministério.

Inteligência artificial, redes 5G, veículos elétricos, carros movidos a hidrogênio e serviços médicos remotos estão entre os setores em que a nova iniciativa se concentrará, afirmou o governo, acrescentando que parte dos gastos será usada para reforçar o bem-estar social do país.

Esse plano econômico segue uma série de estímulos fiscais do governo, incluindo três orçamentos extras para este ano, para sustentar a economia atingida pela pandemia. Fonte: Dow Jones Newswires.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Mais uma na área

FDA autoriza uso emergencial de vacina de dose única nos EUA

Imunizante é produzido pela Johnson & Johnson

Contra a pandemia

Matéria-prima para produção de 12 milhões de doses de vacina chega ao Rio

Total de efetivamente imunizados não chega a 1% da população brasileira

Acordo confirmado

Notre Dame Intermédica e Hapvida chegam a acordo para combinação de negócios

Ações da Notre Dame serão incorporadas pela Hapvida; acordo resultará em uma das maiores empresas de saúde do mundo

Sem trégua

Brasil passa de 254 mil mortes por covid-19

Número de casos da doença supera a marca de 10,5 milhões

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies