Menu
2020-04-07T16:43:47-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Ajuda de emergência

Caixa já tem 10 milhões de cadastros finalizados, diz presidente

Presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães atualizou na tarde desta terça-feira, 7, as informações sobre a procura por trabalhadores informais, autônomos e microempreendedores individuais (MEIs) ao cadastro para o recebimento do auxílio emergencial

7 de abril de 2020
16:38 - atualizado às 16:43
Caixa Economica Federal
Imagem: Shutterstock

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães atualizou na tarde desta terça-feira, 7, as informações sobre a procura por trabalhadores informais, autônomos e microempreendedores individuais (MEIs) ao cadastro para o recebimento do auxílio emergencial.

Segundo ele, 10 milhões de cadastros já foram finalizados apenas hoje, e o banco espera concluir entre 15 milhões e 20 milhões de cadastros até o fim do dia. O presidente da Caixa lembrou que a Dataprev receberá hoje esses 20 milhões de nomes que ninguém (no governo) conhece.

"O movimento está acima do esperado, hoje será o dia de maior intensidade", afirmou. "Tivemos 330 mil ligações na central 111, e mais de 100 milhões de downloads do aplicativo no android. Chegamos a ter uma queda de três minutos no site para cadastro e pedimos desculpas e um pouco de paciência se estiver lento", completou.

O presidente da Caixa voltou a explicar que, apesar do depósito em conta, os beneficiários do auxílio emergencial só poderão sacar os valores segundo um cronograma que ainda será detalhado pelo banco. "Já temos 15 milhões de SMS (confirmações) em seis horas. Imaginem se, no dia do pagamento, 20 milhões a 30 milhões de pessoas forem juntas às lotéricas. Será um colapso e não vamos permitir isso", enfatizou.

Ele garantiu que o banco irá ajudar as pessoas que não têm familiaridade com esses serviços a realizarem pagamentos e transferências virtuais. "O pagamento existirá, estará na conta, mas para transações digitais. Vai dar um pouco mais de trabalho, mas vamos ajudar", prometeu.

Guimarães admitiu que há preocupação com número muito grande de pessoas indo às agências atrás de informação sobre o auxílio emergencial. "É muito importante tirarmos todas as dúvidas agora. Não podemos ter 50 milhões de brasileiros nas agências da Caixa e lotéricas, o que seria uma questão fora de precedentes", repetiu.

Onyx

Mais cedo, o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, disse que mais de 5 milhões de trabalhadores informais, autônomos e microempreendedores individuais (MEIs) já tinham se cadastrado junto à Caixa Econômica Federal para receberem o auxílio emergencial. Para esse grupo, os pagamentos começam no dia 14. "Já tivemos mais de 10 milhões de acessos ao site e ao aplicativo para o cadastramento", afirmou.

Ele voltou a dizer que o processamento do grupo de trabalhadores que já está inscrito no Cadastro único do governo federal deve ser concluído ainda hoje e repassado à Caixa, que deve iniciar o pagamento na quinta-feira, 9.

"Até o final da próxima semana já teremos grande volume de pessoas atendidas", completou, lembrando que o pagamento da segunda parcela do auxílio mensal de R$ 600 será feito também em abril, no fim do mês.

"Queremos dar tranquilidade às pessoas", reforçou. "Demoramos um pouco, e esse pouco é relativo. Conseguimos estruturar o processo e esperamos já na quinta fazer pagamento a milhões de pessoas", acrescentou.

O ministro voltou a dizer que o governo tem atuado para minimizar os episódios de fraudes, com sites falsos para roubar dados dos trabalhadores. Segundo ele, o governo deve lançar campanhas de esclarecimento e divulgação do auxílio emergencial para orientar as pessoas.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

O hambúrguer e o câmbio

Está na hora de comprar ou vender dólar? A resposta pode estar no preço do Big Mac

Se levarmos em consideração o preço do sanduíche mais popular do mundo, a moeda norte-americana deveria valer R$ 3,87, segundo o índice calculado pela The Economist

prévias

Eztec tem queda de 48% nas vendas no quarto trimestre

Lançamentos da empresa atingiram R$ 380,8 milhões, chegando a R$ 1,150 bilhão no ano – 85% a mais do que no terceiro trimestre

seu dinheiro na sua noite

2 milhões de mortos, 2 trilhões em estímulos e uma queda de mais de 2%

Se a primeira semana de 2021 nos mercados refletiu o otimismo geral com o novo ano que se iniciava, com perspectivas de vacinação contra o coronavírus e recuperação econômica, na segunda semana do ano, os investidores optaram pela cautela. Por ora, 2020, o ano do qual todos queríamos nos livrar, ainda não ficou para trás. […]

FECHAMENTO

Atritos políticos e covid-19 voltam para assombrar o mercado e Ibovespa recua mais de 2%; dólar sobe forte

Existe uma certa desconfiança de que o plano de US$ 1,9 trilhão apresentado por Biden encontre dificuldades de ser aprovado pelo Congresso, ainda que o democrata tenha conquistado a maioria das duas casas. No Brasil, situação do coronavírus reacende a pressão sobre o cenário fiscal

match com o mercado?

Concorrente do Tinder, Bumble pode levantar US$ 100 milhões em IPO

Ações da empresa estreiam em fevereiro na Nasdaq; companhia, que é dona do Badoo, não deu lucro no ano passado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies