🔴 É HOJE! PLANO PRÁTICO PARA GERAR RENDA EM DÓLAR SERÁ REVELADO – VEJA COMO ACESSAR

Rafael Lara
Rafael Lara
Estudante de jornalismo na Faculdade Cásper Líbero de São Paulo. Trabalhou em empresas como: TV Gazeta, Suno Research e Portal iG.
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Mercados Hoje

Ibovespa reduz perdas após melhora em Nova York

Índice caía forte com identificação de cepa mais transmissível do coronavírus no Reino Unido, mas reduziu perdas após esclarecimentos

Rafael LaraJulia Wiltgen
Rafael Lara, Julia Wiltgen
21 de dezembro de 2020
10:55 - atualizado às 17:23
Coronavírus crise
Imagem: Shutterstock

O Ibovespa iniciou esta semana de Natal em queda por conta do temor causado pela mutação do novo coronavírus (Sars-Cov-2) detectada no Reino Unido.

Mas depois de uma manhã e um início de tarde negativos - o índice chegou a cair 2,79%, a 114.730 pontos, na mínima do dia -, o principal indicador da B3 reduziu as perdas, e por volta das 17h recuava apenas 0,97% a 116.877 pontos.

Leia também:

Os investidores começaram o dia preocupados com a identificação de uma nova variação do coronavírus, feita por cientistas do Reino Unido, que permite uma disseminação mais rápida da doença. A descoberta fez com que vários países europeus suspendessem voos provenientes de aeroportos britânicos.

Além de França, Itália, Bélgica, Áustria e Holanda, que suspenderam os voos durante o fim de semana, Índia e Hong Kong anunciaram, hoje, decisão semelhante. A Austrália divulgou, nesta segunda, que também detectou esta linhagem do vírus, que já havia sido identificado no Brasil, no mês de abril.

Com isso, as bolsas americanas abriram em forte baixa, com as ações de companhias aéreas caindo 4%. Mas, no início da tarde, os índices acionários de Wall Street reduziram bastante as perdas, depois que o diretor executivo do Programa de Emergências em Saúde da Organização Mundial da Saúde (OMS), Mike Ryan, disse ser improvável que a variante do coronavírus detectada no Reino Unido inviabilize as vacinas contra a covid-19.

Há pouco, o Dow Jones virou para alta. Por volta das 17h, o índice subia 0,07%, enquanto o S&P 500 recuava 0,51% e o Nasdaq tinha baixa de 0,28%.

As bolsas europeias, por outro lado, fecharam com fortes perdas. Em Frankfurt, o DAX fechou em queda de 2,82%, enquanto o FTSE 100 de Londres perdeu 1,73%. O CAC 40 de Paris fechou em baixa de 2,43% e o FTSE MIB de Milão terminou o pregão em queda de 2,52%.

O dólar, por sua vez, passou o dia em alta, mas também reduziu o ritmo com os esclarecimentos sobre a nova cepa de coronavírus. Agora, a moeda americana avança apenas 0,78%, a R$ 5,1228, depois de passar boa parte do dia em alta superior a 1%, cotada a cerca de R$ 5,15.

Os investidores agora estão de olho no novo pacote fiscal americano no valor de US$ 900 bilhões que deve finalmente ser aprovado nesta semana. Durante o fim de semana, os senadores americanos chegaram a um acordo que removia a última barreira para a aprovação do pacote. Há pouco, o texto do projeto de Lei dos estímulos foi finalizado e deve ser submetido à votação às 22h de hoje.

Segundo o presidente do Tesouro americano, Steven Mnuchin afirmou em entrevista à CNBC, os americanos devem começar a receber o auxílio previsto no novo pacote já a partir de semana que vem. A perspectiva de novos estímulos contribui para a alta das bolsas e enfraquecimento do dólar em âmbito global.

Os juros futuros seguiram o dólar e operaram em alta até o início da tarde, mas há pouco começaram a desacelerar os ganhos, fechando perto da estabilidade. Confira o fechamento dos principais vencimentos:

  • Janeiro/2021: de 1,91% para 1,92%;
  • Janeiro/2022: de 2,965% para 2,97%;
  • Janeiro/2023: de 4,405% para 4,42%;
  • Janeiro/2025: de 5,91% para 5,92%.

Quem sobe, quem desce

A forte queda do petróleo com a notícia da nova variação de coronavírus no Reino Unido derruba as ações da Petrobras nesta segunda-feira. Por volta das 17h, o contrato de petróleo WTI para janeiro de 2021 recuava 2,92%, e o Brent para fevereiro tinha queda de 2,85%.

No mesmo horário, os papéis ordinários da Petrobras (PETR3) recuavam 3,07%, e os preferenciais (PETR4) tinham baixa de 3,10%.

As ações de Gol (GOLL4), Azul (AZUL4), CVC (CVCB3) e Embraer (EMBR3) ainda figuram entre as maiores baixas com as notícias de novas restrições de viagens da Europa, mesmo com a melhora nas bolsas.

As ações da Vale (VALE3) recuavam 0,83%, menos que o Ibovespa. Apesar da notícia do deslizamento de terra na mina de Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG), na sexta-feira - que matou um trabalhador e rendeu à Vale a suspensão do seu alvará de funcionamento da empresa no município por sete dias -, a alta do minério de ferro no porto de Qingdao, na China, ajuda a conter a queda das ações da mineradora.

Já as ações do Magazine Luiza (MGLU3) apresentam a maior alta do dia depois que a empresa anunciou a aquisição da instituição de pagamentos Hub Prepaid.

Confira as poucas altas e maiores baixas do Ibovespa nesta segunda:

Maiores altas

CÓDIGOEMPRESAPREÇO (R$)VARIAÇÃO
MGLU3Magazine Luiza25,20+2,77%
CSNA3CSN31,09+2,27%
GNDI3NotreDame Intermédica75,72+1,84%
FLRY3Fleury27,05+1,12%
TIMS3Tim14,31+0,78%

Maiores baixas

CÓDIGO EMPRESA PREÇO (R$) VARIAÇÃO
GOLL4Gol24,12-4,10%
EMBR3Embraer8,60-3,91%
CVCB3CVC19,83-3,69%
AZUL4Azul36,63-3,48%
CSAN3Cosan73,42-3,52%

Compartilhe

DE OLHO NAS REDES

O Brasil não tem condições para uma Selic de um dígito em 2024: por que este estrategista acredita ser impossível juros abaixo de 10% em 2024

17 de junho de 2024 - 16:41

Com a próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) se aproximando, o mercado parece está cada vez menos esperançoso sobre os cortes na taxa básica de juros, a Selic. Para Rogério Benevente, sócio da GWM Investments e convidado desta semana do podcast Touros e Ursos, “é impossível pensar numa Selic abaixo de 10% em […]

PREFERE A TESLA?

Há algo de errado com a BYD? Warren Buffett despeja milhões em ações da chinesa dos carros elétricos no mercado

17 de junho de 2024 - 15:33

A Berkshire Hathaway vendeu mais 1,3 milhão de ações da BYD listadas em Hong Kong por US$ 39,8 milhões — a venda reduziu a participação do conglomerado para 6,9%

FIIs HOJE

Dividendos do Riza Akin (RZAK11) são os menores em mais de dois anos; por que os proventos do fundo imobiliário estão caindo?

17 de junho de 2024 - 14:11

A cifra é mais baixa paga pelo FII desde outubro de 2021, quando o portfólio do RZAK11 estava em seus primeiros meses de vida

RECOMENDAÇÃO DE COMPRA

Os fundos imobiliários de escritórios estão baratos — e o Itaú BBA revela seus três FIIs favoritos do segmento

17 de junho de 2024 - 12:34

O banco de investimento avaliou 14 fundos do segmento e deu a recomendação de compra para apenas três deles

MUDANÇA DE PERCURSO

A rota da Localiza (RENT3) foi calculada pelo BTG Pactual com o corte no preço-alvo das ações; o que fazer com as ações? 

17 de junho de 2024 - 11:44

Mesmo com a revisão, o banco ainda prevê uma valorização de mais de 70% dos papéis da locadora

ENTREVISTA EXCLUSIVA

Todo mundo em pânico — menos ele. Por que o economista da Neo Investimentos vê exagero na queda da bolsa e na disparada do dólar

17 de junho de 2024 - 6:31

“Às vezes a gente acha que não, mas o Brasil continua sendo um mercado de risco alto”, afirmou Luciano Sobral, economista-chefe da Neo Investimentos, em entrevista exclusiva ao Seu Dinheiro

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Com pressão de NY, Ibovespa segura os 119 mil pontos e recua quase 1% na semana; dólar sobe e fecha a R$ 5,38

14 de junho de 2024 - 17:23

RESUMO DO DIA: Depois de uma semana movimentada com decisão sobre os juros nos Estados Unidos e preocupações com o cenário local doméstico, o Ibovespa segurou com algum esforço os 119 mil pontos. O principal índice da bolsa brasileira fechou em leve alta de 0,08%, aos 119.662,38 pontos. Na semana, o recuo é de 0,92%. […]

APOSTAS PARA O CÂMBIO

O dólar não vai mais cair? Alckmin diz que governo tem “absoluta confiança” sobre a trajetória da moeda norte-americana

13 de junho de 2024 - 17:52

O presidente em exercício falou sobre o tema um dia após a moeda americana ter ultrapassado a cotação de R$ 5,40 pela primeira vez desde janeiro de 2023

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Dólar fecha próximo da mínima intraday com rescaldo de Haddad sobre fiscal; Ibovespa sustenta os 119 mil pontos

13 de junho de 2024 - 17:17

RESUMO DO DIA: O cenário fiscal roubou a cena mais um vez no mercado acionário brasileiro. Se ontem foram as falas do presidente Lula que aumentaram a aversão ao risco, hoje o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, ficou encarregado de ‘reduzir os danos’. Apesar dos esforços do ministro, o Ibovespa não deixou o tom negativo. […]

CAI, CAI

Fuga dos investidores? Como a B3 contribuiu para a forte queda do Ibovespa em maio; ações B3SA3 recuam 

13 de junho de 2024 - 15:59

A dona da bolsa registrou volume médio diário de negociações 8,8% menor em maio na comparação anual; Goldman Sachs mantém a recomendação

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar