Menu
2019-01-20T16:24:43-02:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Indústria automobilística

Sindicato reage à ameaça de saída da GM do país, e montadora marca reunião com trabalhadores

Presidente da montadora para a América do Sul havia divulgado comunicado dizendo que “investimentos e o futuro” do grupo no país dependiam de volta da lucratividade em 2019

20 de janeiro de 2019
16:24
Fábrica da GM em São Caetano do Sul, no ABC Paulista
Fábrica da GM em São Caetano do Sul, no ABC Paulista - Imagem: Divulgação

O Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e região divulgou nota neste fim de semana para repudiar declarações feitas pelo presidente da General Motors (GM) Mercosul, Carlos Zarlenga. Em comunicado aos funcionários, o executivo disse que "investimentos e o futuro" do grupo na região dependem da volta da lucratividade das operações ainda em 2019. Trabalhadores e montadora se reunião na próxima terça-feira, 22, para debater o tema.

Em nota, o sindicato informou que recebeu com "indignação" o comunicado interno. "A GM instaura um clima de apreensão entre os trabalhadores, afirmando que 2018 foi um ano de prejuízos para as plantas da América do Sul e que 2019 será decisivo para o futuro da fábrica. A empresa chega a mencionar a possibilidade de deixar a região", cita a nota da entidade que representa os trabalhadores. "Ressalte-se que a GM detém 20% do mercado brasileiro e não está em crise financeira", cita a nota.

O comunicado assinado por Zarlenga reproduziu reportagem publicada nos Estados Unidos que menciona que a presidente mundial da montadora, Mary Barra, deu sinais de que está considerando sair da América do Sul, onde mantém fábricas no Brasil e na Argentina.

Diante desse comunicado, os sindicatos de São José dos Campos e São Caetano do Sul (onde a General Motors mantém fábricas) irão se reunir com representantes da montadora para discutir o assunto na próxima terça-feira às 11h, em São José dos Campos.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Petróleo

Evitar volatilidade nos preços serve a consumidores e produtores, afirma ministro árabe na Opep+

Quanto aos elementos que vêm sendo observados na demanda para as decisões do grupo, o saudita apontou o retorno da mobilidade como uma prioridade.

Retirada histórica

Saques líquidos da poupança somam R$ 5,832 bi em fevereiro, revela BC

Este é o maior volume de retiradas para meses de fevereiro desde 2016, quando as saídas somaram R$ 6,638 bilhões.

Justificativa?

Carga tributária é ‘enorme e escorchante’ e Guedes busca solução, diz Bolsonaro

Bolsonaro disse também que “herdou um país com uma dívida enorme”.

Tentando arrumar a casa

Em meio a turbulência no mercado de títulos, Powell diz que Fed não deixará inflação disparar

“Os EUA têm tido inflação baixa por décadas”, frisou.

Insights Assimétricos

Você sabe o que é financial deepening?

Para entender como o termo se aplica ao Brasil, confira o que o Matheus Spiess preparou para você.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies