Menu
2019-05-28T11:41:40-03:00
Estadão Conteúdo
vem reviravolta por aí?

Mercado confia em queda da decisão de Fachin sobre licitações da Petrobras

Ações preferenciais da empresa abriram em alta nesta terça-feira, 28, subindo 0,53% por volta das 10h30, cotadas a R$ 26,38, enquanto as ordinárias valorizavam 0,07%, cotada a R$ 28,77

28 de maio de 2019
11:41
Letreiro da Petrobras em frente a prédio
Letreiro da Petrobras em frente a prédio - Imagem: Shutterstock

O mercado de ações está tranquilo em relação à próxima reunião do Supremo Tribunal Federal (STF), na quinta-feira, 30, quando o colegiado do órgão vai julgar a decisão do ministro Edson Fachin sobre as licitações da Petrobras. De acordo com o analista da Mirae Asset Wealth Management Pedro Galdi, "o mercado nem está levando isso a sério".

As ações preferenciais da empresa abriram em alta nesta terça-feira, 28, subindo 0,53% por volta das 10h30, cotadas a R$ 26,38, enquanto as ordinárias valorizavam 0,07%, cotada a R$ 28,77.

A decisão de Fachin reestabeleceu outra medida tomada em 2018 contra a venda sem licitações da Petrobras pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5), que já havia sido derrubada.

Por este motivo, o analista prevê nova revirada na quinta-feira. "Não tem o menor sentido barrar uma venda que foi feita há dois meses", disse Galdi referindo-se à venda da Transportadora Associada de Gás (TAG) da estatal para a Engie e um fundo canadense. por US$ 8,6 bilhões.

Segundo Galdi, uma decisão definitiva sobre o assunto "anularia todo o programa de desinvestimento da empresa e com isso a sua recuperação econômica", avaliou.

O STF marcou para esta quinta-feira a votação da Reclamação feita pelo Sindicato Unificado dos Petroleiros do Estado de São Paulo (Sindipetro-SP) com sindicatos de petroleiros da Bahia e do Paraná.

"A expectativa é que de que o pedido seja derrubado e não afete as demais vendas da empresa", afirmou o especialista.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Segredos da bolsa

Com PIB brasileiro em foco, investidores monitoram juros futuros americanos e tensão em Brasília

O grande evento da semana é a divulgação dos números do Produto Interno Bruto brasileiro no ano passado, mas os investidores também monitoram o clima político em Brasília e os sinais de “superaquecimento” da economia americana

Novos tempos

Alvo de Bolsonaro, home office avança no setor público

Bolsonaro usou trabalho remoto para atacar presidente da Petrobras

Mais uma na área

FDA autoriza uso emergencial de vacina de dose única nos EUA

Imunizante é produzido pela Johnson & Johnson

Contra a pandemia

Matéria-prima para produção de 12 milhões de doses de vacina chega ao Rio

Total de efetivamente imunizados não chega a 1% da população brasileira

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies