Menu
2019-08-28T13:28:08-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
te cuida libra

Telegram deve lançar sua própria criptomoeda em dois meses

Empresa planeja lançar o Gram, em até dois meses, disse o jornal New York Times; informação sobre a nova criptomoeda foi repassada por investidores

28 de agosto de 2019
13:16 - atualizado às 13:28
telegram criptomoeda
Imagem: Shutterstock

O Facebook pode ter causado um grande estardalhaço com o anúncio de sua própria criptomoeda. Mas enquanto a Libra já enfrenta a fúria dos reguladores, outra rede social deve chegar com ao mercado das moedas digitais ainda em 2019: o Telegram.

A empresa planeja lançar o Gram em até dois meses, disse o jornal New York Times. A publicação afirma que a informação sobre a nova criptomoeda foi repassada por investidores, que ouviram a promessa da própria empresa, mas preferiram não se identificar.

Segundo eles, o Telegram planeja criar carteiras digitais do Gram para todos os mais de 200 milhões de usuários do aplicativo espalhados pelo mundo.

Ao contrário do Facebook, que tornou público seus planos de criptomoeda, o Telegram trabalha secretamente no seu projeto de moeda digital, segundo a publicação. A reportagem diz que tentou contato com um porta-voz da empresa, que não respondeu aos pedidos de comentário.

Similar ao WhatsApp, o Telegram é um serviço de mensagens instantâneas. O app foi fundado em 2013 pelo irmãos Nikolai e Pavel Durov, os fundadores do VK - uma rede social da russa.

Corrida das criptomoedas

O Facebook vem enfrentando alguns revezes no seu projeto de criptomoeda por conta dos reguladores. A Associação Libra, que regulará a moeda digital do Facebook, diz que não tem intenção de formular política monetária nem competir com bancos centrais e com moedas soberanas.

O responsável pelo projeto Libra, David Marcus, disse em depoimento, em julho, ao Comitê de Atividades Bancárias do Senado dos Estados Unidos que a regulação da moeda digital será feita pela Associação Libra, um órgão independente formado por empresas privadas, organizações multilaterais, ONGs, entidades sem fins lucrativos e órgãos acadêmicos.

O executivo explicou que o valor da Libra não será lastreado em um único ativo, como as moedas nacionais, e sim a uma lista de ativos cotados numa cesta de divisas fortes, incluindo dólar, iene, libra esterlina e euro.

Estes ativos serão mantidos pela Reserva da Libra, composta por uma rede geograficamente distribuída de "custodiantes com grau de investimento" que garantirá a "auditabilidade, transparência, segurança e descentralização".

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

O melhor do seu dinheiro

MAIS LIDAS: Cogna, o trade da moda, virou pó

Um trade da moda chamou a atenção recentemente: as opções de compra (call) de Cogna, a antiga Kroton. O papel atraiu diversas pessoas físicas e movimentou as discussões nas redes sociais. Para quem não está familiarizado com investimento em opções, basicamente a ideia neste caso era pagar um valor para ter o direito de compra […]

Popularidade em alta

Para 47%, Bolsonaro não tem nenhuma culpa por mortes relacionadas à Covid-19

Quase metade dos brasileiros, 47%, considera que o presidente Jair Bolsonaro não tem culpa pelos óbitos relacionados à Covid-19 no Brasil, segundo pesquisa Datafolha divulgada neste sábado, 15, pelo jornal Folha de S. Paulo. Os que acham que Bolsonaro tem responsabilidade somam 52%. A pesquisa foi feita por telefone com 2.065 brasileiros adultos que têm […]

Popularidade recorde

Eurasia aponta que chances de impeachment de Bolsonaro caem para 10%

Melhora na popularidade do presidente Jair Bolsonaro reduz as chances, que já eram remotas, de um impeachment, segundo avaliação da consultoria de risco político.

Contaminação

Setor vê jogada comercial da China em notícia sobre frango com Covid-19

Embora a China não deva anunciar embargo à carne do Brasil, a divulgação já prejudicou o produto nacional. Segundo fontes, podem haver motivos políticos e comerciais envolvidos.

MEDO DE PERDER DINHEIRO FAZ BEM

As vantagens de ser um investidor covarde

Você tem que ter medo. O excesso de confiança é muito perigoso. O Bobby Axelrod fala isso em um episódio do Billions: ‘eu sinto o gosto do medo na garganta, eu não quero ficar pobre

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements