Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-07-12T17:51:35-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
provocou

CEO da Tron convida Trump para almoço com Buffett; ele quer convencer ambos do potencial das criptomoedas

O presidente dos EUA disse que grupos que desejam entrar na área deverão se enquadrar às regras financeiras mundiais

12 de julho de 2019
12:37 - atualizado às 17:51
Trump, Buffet, Bitcoin, Libra
Imagem: Shutterstock / Montagem Andrei Morais

O vencedor do leilão para almoçar com o megainvestidor Warren Buffett resolveu responder as críticas do presidente dos EUA às criptomoedas, como bitcoin e libra.

Na quinta-feira, 11, Donald Trump disse que grupos que desejam operar neste ramo deverão se enquadrar às regras financeiras mundiais. "Não sou fã das criptomoedas, que não são dinheiro e cujo valor é altamente volátil e baseado no ar", escreveu no Twitter.

A declaração foi respondida poucas horas depois pelo chinês Justin Sun, CEO da plataforma de blochain Tron. Sun, que venceu um leilão de almoço com Buffett, disse que Trump estava sendo enganado por fake news. "Bitcoin e blockchain são, na verdade, a melhor chance para os Estados Unidos", escreveu. Na sequência, ele convidou o presidente americano para se juntar a ele e Buffett no encontro.

O CEO da Tron é uma das pessoas mais influentes no mercado das criptomoedas. Ele pagou US$ 4,5 milhões para almoçar com Buffett - que, ironicamente, é também um crítico das moedas digitais.

Trump e as criptomoedas

O presidente dos Estados Unidos avaliou, nesta quinta-feira, que as criptomoedas podem facilitar condutas ilegais. A declaração é feita num momento de alta do bitcoin e de otimismo com a moedas virtuais - também por conta do anúncio de lançamento da libra, a criptomoeda do Facebook.

“Se o Facebook e outras empresas quiserem se tornar um banco, devem buscar um novo estatuto e ficar sujeitas a todos os regulamentos bancários, assim como outros bancos, tanto nacionais quanto internacionais”, tuitou Trump.

Na quarta-feira, 10, o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, declarou que o plano do Facebook de construir a libra não poderia avançar a menos que a empresa demonstrasse empenho em proteger a privacidade dos seus usuários, apresentasse um plano de estabilidade financeira, entre outras medidas.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Me vê bitcoin

De olho no interesse dos clientes por bitcoin (BTC), Mastercard vai lançar plataforma que une criptomoedas com cartões de débito e crédito

Com essa integração, o cliente pode receber cashback em criptomoedas após compras no cartão de crédito, por exemplo

Exile on Wall Street

Felipe Miranda: Entre “O fim do Brasil —parte 2” e o começo da terceira via

Depois do desastre com o teto de gastos, o que podemos esperar de uma resolução que não envolva nem Lula nem Bolsonaro?

COLUNA DO JOJO

Bolsa hoje: Suas definições de “responsabilidade fiscal” foram atualizadas

A temporada de resultados brasileira, que começou na última sexta-feira, segue hoje com EcoRodovias, EDP Brasil, Neoenergia e TIM, após o fechamento do mercado. Enquanto isso, ao longo do dia, o presidente Jair Bolsonaro deverá lançar o Programa de Crescimento Verde, indicativo positivo para a COP26 de novembro

CRIPTOMOEDAS HOJE

Bitcoin (BTC) retoma os US$ 63 mil após cair na sexta-feira e outras criptomoedas sobem até 10% hoje; confira

Destaque para a Solana (SOL), que vem apresentando resultados acima da média das dez principais moedas do mundo

UM OLHO NO GATO, OUTRO NO PEIXE

Como a encrencada Evergrande pretende se inspirar em Elon Musk para sair da draga

Depois de depositar dinheiro devido a credores externos, fundador fala em deixar em segundo plano os empreendimentos imobiliários para investir em setores considerados mais promissores

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies