Menu
2019-07-12T17:51:35-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
provocou

CEO da Tron convida Trump para almoço com Buffett; ele quer convencer ambos do potencial das criptomoedas

O presidente dos EUA disse que grupos que desejam entrar na área deverão se enquadrar às regras financeiras mundiais

12 de julho de 2019
12:37 - atualizado às 17:51
Trump, Buffet, Bitcoin, Libra
Imagem: Shutterstock / Montagem Andrei Morais

O vencedor do leilão para almoçar com o megainvestidor Warren Buffett resolveu responder as críticas do presidente dos EUA às criptomoedas, como bitcoin e libra.

Na quinta-feira, 11, Donald Trump disse que grupos que desejam operar neste ramo deverão se enquadrar às regras financeiras mundiais. "Não sou fã das criptomoedas, que não são dinheiro e cujo valor é altamente volátil e baseado no ar", escreveu no Twitter.

A declaração foi respondida poucas horas depois pelo chinês Justin Sun, CEO da plataforma de blochain Tron. Sun, que venceu um leilão de almoço com Buffett, disse que Trump estava sendo enganado por fake news. "Bitcoin e blockchain são, na verdade, a melhor chance para os Estados Unidos", escreveu. Na sequência, ele convidou o presidente americano para se juntar a ele e Buffett no encontro.

O CEO da Tron é uma das pessoas mais influentes no mercado das criptomoedas. Ele pagou US$ 4,5 milhões para almoçar com Buffett - que, ironicamente, é também um crítico das moedas digitais.

Trump e as criptomoedas

O presidente dos Estados Unidos avaliou, nesta quinta-feira, que as criptomoedas podem facilitar condutas ilegais. A declaração é feita num momento de alta do bitcoin e de otimismo com a moedas virtuais - também por conta do anúncio de lançamento da libra, a criptomoeda do Facebook.

“Se o Facebook e outras empresas quiserem se tornar um banco, devem buscar um novo estatuto e ficar sujeitas a todos os regulamentos bancários, assim como outros bancos, tanto nacionais quanto internacionais”, tuitou Trump.

Na quarta-feira, 10, o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, declarou que o plano do Facebook de construir a libra não poderia avançar a menos que a empresa demonstrasse empenho em proteger a privacidade dos seus usuários, apresentasse um plano de estabilidade financeira, entre outras medidas.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

seu dinheiro na sua noite

Free Solo: Ibovespa escala para perto da marca histórica

Com imagens de tirar o fôlego, o extraordinário documentário Free Solo conta a preparação do alpinista Alex Honnold para chegar ao topo do El Capitan, uma parede rochosa com quase 1000 metros de altura. Detalhe: a escalada é feita sem equipamentos de segurança. O filme vencedor do Oscar está disponível no Disney Plus. Mas quem não é […]

Respiro

E-commerce fatura R$ 7,72 bilhões com Black Friday e Cyber Monday em 2020

O valor representa aumento de 27,7% em relação ao mesmo período do ano passado.

fechamento dos mercados

Ibovespa engata 5ª semana seguida de alta com Petrobras, Vale e aéreas

Índice local de ações não tinha sequência tão longa de ganhos semanais desde dezembro de 2019; dólar mantém trajetória de queda e juros longos se descomprimem de novo

duas semanas depois

Carrefour anuncia que vai deixar de usar seguranças terceirizados

Anúncio é uma resposta ao assassinato de João Alberto de Freitas – homem negro que foi espancado por seguranças de uma unidade do Carrefour em Porto Alegre

Desde 2015

CVM faz comunicação recorde de indícios de crimes ao Ministério Público

De janeiro a setembro deste ano, a CVM enviou 260 comunicados de indícios de crimes financeiros ao Ministério Público.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies