Menu
André Franco
Crypto News
André Franco
É engenheiro e especialista em criptomoedas da Empiricus
Dados da Bolsa por TradingView
2019-07-17T23:26:45-03:00
Crypto news

Volátil, mas rentável. As surpresas positivas de quem investe no mundo das criptomoedas

Ao contrário do que pensa uma boa parte dos investidores, não podemos propagar a falácia de que o mercado cripto é um mercado perdedor. Por exemplo, no ano, mais de 63 criptoativos subiram mais do que o Ibovespa

18 de julho de 2019
6:00 - atualizado às 23:26
Criptomoedas
Imagem: shutterstock

Quando falamos em cripto, a principal ideia que vem à cabeça das pessoas é a noção de um mercado volátil ou, ainda pior, de um mercado em que só se perde dinheiro.

Contra a volatilidade não terei argumentos, é o que é, mas com certeza não é um mercado que apenas gera perdas.

“É um mercado muito arriscado, mas quem souber operar consegue ganhar muito dinheiro.”

Não, não fui em quem afirmou isso. Até porque a expressão “quem souber operar” diz muita coisa sobre o senso comum da frase.

Quem realmente sabe operar nesse mercado?

Os millennials que fizeram milhões em 2017 e abriram hedge funds que fecharam em apenas três meses de operação no ano seguinte?

Ou quem sabe os cabeças-brancas do mercado financeiro, que tentam aplicar modelos tradicionais ao irracional mercado cripto?

Nenhum deles.

Na verdade, ninguém sabe ainda operar com maestria criptomoedas. O campeão do semestre passado tem tudo para não ser o campeão desta metade do ano.

Ainda estamos buscando algo que faça sentido para um mercado tão caótico e sem racionalidade alguma.

Lembra do Ethereum Classic, que perdeu uma grande parte dos seus desenvolvedores em 2018 e depois sofreu um ataque de 51 por cento algumas semanas depois?

Mesmo com essa recente queda do mercado e as altcoins sofrendo mais ainda, o ETC acumula uma alta de 11 por cento no ano.

Mas o Ethereum Classic não é um caso isolado.

A litecoin, que não tem mais dono, está sem roadmap claro e não apresentou desenvolvimentos significativos neste ano, acumula alta de 178 por cento em 2019.

E ainda temos inúmeros outros exemplos.

Essa irracionalidade aconteceu também em 2017, com exemplos de ativos que subiram 9 mil por cento, 15 mil por cento e até 30 mil por cento, sem exagero.

Por isso, acho que não podemos continuar propagando essa falácia de que o mercado cripto é um mercado perdedor.

Volatilidade sim, mas nada além disso.

Existem hoje mais bitcoins que foram minerados a um preço muito abaixo do atual do que bitcoins que foram minerados a preços mais altos que os atuais.

Além disso, o bitcoin é lucrativo em 99 por cento dos dias desde que foi criado, logo, não é possível falar em um mercado de perdas apenas.

O Ibovespa, o principal índice da Bolsa brasileira, subiu 15 por cento em 2019; em cripto, temos pelo menos 63 ativos que subiram mais do que isso.

Mais: entre os top 10 ativos em market cap, apenas dois não superariam o desempenho do Ibovespa no ano: ripple (XRP) e stellar lumens (XLM).

O bitcoin, o mais óbvio de todos, mesmo com essa queda atual, acumula alta de 156 por cento no ano.

Até acho que perder os 10 mil dólares, como aconteceu ontem, é preocupante para o mercado, mas apenas no curto prazo.

Porque dentro dos próximos 12 a 36 meses vamos ver esse mercado fazendo aquilo que faz melhor: nos surpreender positivamente e tornar algumas pessoas que apostaram nele mais ricas.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Fechamento Hoje

Ibovespa novamente contraria exterior, sobe mais de 1% e fecha acima dos 108 mil pontos; dólar cai abaixo de R$ 5,50

Mesmo com dia negativo em Nova York, Ibovespa é impulsionado pelas commodities; varejistas e techs se recuperam com alívio nos juros futuros

CRYPTO NEWS

Cada vez mais países devem formar reservas de Bitcoin ao longo de 2022; entenda como você pode aproveitar

Você provavelmente já viu uma imagem similar a esta abaixo. Ela mostra o conceito da curva de adoção, em S, de uma nova tecnologia ou produto. A curva em formato de sino é um reflexo da curva em S, mostrando o tamanho, ao longo do tempo, dos públicos que aderem a tal inovação. Malcolm Gladwell […]

NOVAS BAIXAS

Dois secretários e um diretor do Ministério da Economia pedem demissão do cargo; saiba quem são os substitutos

Um dos secretários vai para a Funpresp-Exe e o outro, para o Legislativo. Receita Federal diz que saída de seu diretor ocorreu a pedido do servidor

CONCESSÃO RECORDE

Caixa bate recorde em 2021 ao conceder R$ 140,6 bi em crédito habitacional e diz não esperar mais altas nos juros no financiamento imobiliário; entenda

O executivo afirmou que a Caixa segue os juros futuros com vencimento em oito anos para definir as taxas

RADIOCASH

Investidor superestima a China no curto prazo e subestima no longo prazo, diz Rodrigo Zeidan, professor da New York University Shangai

Em bate-papo com Jojo Washman, sócio-fundador da Vitreo, e com a jornalista Roberta Scrivano, ele também classifica a China como capitalista e fala do poder das fintechs no país

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies