Menu
2019-04-05T10:20:31-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Nova gestão

Para novo presidente da Caixa, juros do crédito habitacional para classe média devem ser o de mercado

Taxas voltadas a empréstimo para classe média serão maiores àquelas das operações do ‘Minha Casa Minha Vida’, segundo novo presidente

8 de janeiro de 2019
9:10 - atualizado às 10:20
Pedro Guimarães
Novo presidente da Caixa, Pedro Guimarães - Imagem: Divulgação

O novo presidente da Caixa, Pedro Guimarães, anunciou nessa segunda-feira, 7, que a classe média terá de enfrentar juros maiores  no financiamento habitacional.

Essas taxas, segundo ele, serão maiores que aquelas oferecidas nas operações do 'Minha Casa Minha Vida', que são subsidiados para dar acesso a famílias de baixa renda.

"Quem é classe média tem de pagar mais. Ou vai buscar no Santander, Bradesco, Itaú. E vai ser um juros de mercado [na Caixa Econômica Federal]. A Caixa vai respeitar os juros de mercado", afirmou.

O novo presidente da instituição também disse que pretende fazer a securitização de créditos de R$ 100 bilhões e elevar o número de investidores em bolsa de valores de 700 mil para 5 milhões, por meio das operações de abertura de capital de subsidiárias do banco.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Após vacinação e apoio fiscal

Economia dos EUA está “em ponto de inflexão” positivo, diz Powell, do Fed

Economia norte-americana está prestes a começar a crescer muito mais rapidamente, afirmou presidente do banco central norte-americano em entrevista

nos estados unidos

Remuneração de CEOs cresceu em meio à pandemia

Recuperação do mercado de ações impulsionou ganhos de executivos em 2020, que tiveram remuneração média de US$ 13,7 mi no período

Após estremecimentos

China quer parceria estratégia com Brasil, diz chanceler asiático

Chanceler chinês, Wang Yi, falou com o novo ministro das Relações Exteriores do Brasil, Carlos Alberto Franco França.

entrevista

Bittar reafirma que Guedes sabia de acordo para destinar verba a emendas

Apontado como um dos artífices da “maquiagem” no Orçamento, o senador Marcio Bittar diz que não chegou sozinho ao valor de R$ 29 bilhões em emendas

Apesar da pandemia

Saúde perde espaço em emendas parlamentares

Números mostram estratégia dos parlamentares para destinar recursos para obras e projetos de interesse eleitoral em seus redutos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies