Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-04-04T15:56:52-03:00
Estadão Conteúdo
Premiação "Aeroportos Mais Brasil"

Brasília, Viracopos e Manaus são eleitos os melhores aeroportos do país

Prêmio contemplou três categorias de aeroportos: acima de 15 milhões de passageiros por ano, de 5 milhões a 15 milhões de passageiros e abaixo de 5 milhões de passageiros

13 de fevereiro de 2019
14:54 - atualizado às 15:56
aeroporto-brasilia
Aeroporto de Brasília - Imagem: Agência Brasil

Os aeroportos de Brasília, Viracopos (Campinas) e Manaus foram eleitos os melhores do Brasil, na avaliação dos usuários. Esse foi o resultado da premiação Aeroportos Mais Brasil em sua edição de 2019, anunciada nesta quarta-feira, 13.

O prêmio contempla três categorias de aeroportos: acima de 15 milhões de passageiros por ano, de 5 milhões a 15 milhões de passageiros por ano e abaixo de 5 milhões de passageiros por ano, respectivamente.

Para a definição do prêmio, foram ouvidos 81.000 usuários em 20 aeroportos e avaliados 38 itens.

Os passageiros deram notas de zero a cinco. A Azul ficou com os dois prêmios entregues a companhias aéreas: check-in mais eficiente e restituição de bagagem mais eficiente.

As demais premiações foram as seguintes:

Raio X mais eficiente

(avaliados tempo de fila, confiabilidade da inspeção e cordialidade dos funcionários)
Até 5 milhões de passageiros: Maceió
De 5 milhões a 15 milhões de passageiros: Viracopos
Acima de 15 milhões de passageiros: Galeão

Controle migratório mais eficiente

(avaliados tempo de fila e cordialidade dos funcionários)
Até 5 milhões de passageiros: Manaus
De 5 milhões a 15 milhões de passageiros: Viracopos
Acima de 15 milhões de passageiros: Galeão

Controle aduaneiro mais eficiente

(avaliados tempo de fila e cordialidade dos funcionários)
Até 5 milhões de passageiros: Manaus
De 5 milhões a 15 milhões de passageiros: Curitiba
Acima de 15 milhões de passageiros: Guarulhos

Aeroporto com mais serviços aos passageiros

(qualidade da internet, estabelecimentos comerciais, estacionamento e transporte público)
Até 5 milhões de passageiros: Maceió
De 5 milhões a 15 milhões de passageiros: Curitiba
Acima de 15 milhões de passageiros: Galeão

Viracopos

Escolhido pelos usuários o melhor aeroporto em sua categoria, Viracopos está em processo de recuperação judicial e corre o risco de ter a concessão cassada pelo governo federal, no processo de caducidade movido pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

O governo torce para que seja encontrada uma solução de mercado, disse nesta quarta o secretário de Aviação Civil, Ronei Glanzmann, na entrega do prêmio Aeroportos + Brasil. No entanto, já tem engatilhado um "plano B", que é fazer uma nova licitação do aeroporto, conforme informou o jornal O Estado de S. Paulo no dia 29 de dezembro passado.

Há grupos interessados na concessão, segundo informou o presidente da concessionária Aeroportos Brasil Viracopos (ABV), Gustavo Müssnich. Por causa de negociações em andamento, uma assembleia de credores da concessionária, inicialmente marcada para esta semana, foi adiada para maio. Com isso, a concessionária espera encontrar uma solução de mercado para o negócio.

Essa assembleia, no entanto, poderá decretar a falência da concessionária. Nesse caso, o governo acionará o "plano B" e colocará o aeroporto novamente em licitação.

"Não faz sentido falar em falência do melhor aeroporto do Brasil", argumentou Müssnich. Ele explicou que as receitas do aeroporto são suficientes para pagar seus custos operacionais e quitar as parcelas do financiamento concedido pelo BNDES e outros bancos. Faltam recursos para pagar a parcela de outorga devida ao governo federal.

Por causa dessa inadimplência, que está em R$ 430 milhões, a Anac abriu um processo de caducidade da concessão. Esse está sustado por liminar judicial.

Segundo Müssnich, ao mesmo tempo em que há essa dívida, a concessionária reivindica perto de R$ 500 milhões em reequilíbrio contratual, por compromissos não cumpridos pelo governo. Ele usa esses números para mostrar que, com poucos ajustes, a concessão "para em pé". Ainda que a Anac não atenda a todos os pedidos de reequilíbrio, parte do rombo poderá ser coberto se a agência concordar com alguns dos argumentos da concessionária.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

PROMESSA DESCUMPRIDA

Reforma administrativa não sai antes das eleições, admite relator da proposta na Câmara

O deputado Arthur Maia afirmou que faltou empenho do executivo para garantir que o texto fosse aprovado no Congresso

FOGUETE SEM FREIO

Boeing tropeça e SpaceX, de Elon Musk, garante mais três viagens tripuladas com a Nasa

O plano original era alternar missões com as duas empresas, mas o Starliner, foguete da Boeing, deve ficar impedido de voar até 2023

ALÍVIO NO BOLSO

Sem dizer quanto, Bolsonaro promete que Petrobras (PETR4) anunciará redução no preço dos combustíveis nesta semana

O presidente, que é um dos críticos mais ferrenhos da política de preços da estatal, afirmou que a queda deve seguir por algumas semanas

INVESTIDORES ATENTOS

4 fatos que mexem com o Ibovespa na próxima semana — incluindo Copom e IPO do Nubank

O principal índice acionário brasileiro terá um calendário cheio de eventos e dados econômicos para digerir ao longo dos próximos dias

Alívio no Orçamento

Com receita acima do esperado, Economia reduz estimativa de rombo nas contas públicas em 2022

Considerando todo o setor público, o que inclui Estados e Municípios, as novas projeções da pasta preveem até mesmo um saldo positivo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies