Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-04-04T15:56:52-03:00
Estadão Conteúdo
Premiação "Aeroportos Mais Brasil"

Brasília, Viracopos e Manaus são eleitos os melhores aeroportos do país

Prêmio contemplou três categorias de aeroportos: acima de 15 milhões de passageiros por ano, de 5 milhões a 15 milhões de passageiros e abaixo de 5 milhões de passageiros

13 de fevereiro de 2019
14:54 - atualizado às 15:56
aeroporto-brasilia
Aeroporto de Brasília - Imagem: Agência Brasil

Os aeroportos de Brasília, Viracopos (Campinas) e Manaus foram eleitos os melhores do Brasil, na avaliação dos usuários. Esse foi o resultado da premiação Aeroportos Mais Brasil em sua edição de 2019, anunciada nesta quarta-feira, 13.

O prêmio contempla três categorias de aeroportos: acima de 15 milhões de passageiros por ano, de 5 milhões a 15 milhões de passageiros por ano e abaixo de 5 milhões de passageiros por ano, respectivamente.

Para a definição do prêmio, foram ouvidos 81.000 usuários em 20 aeroportos e avaliados 38 itens.

Os passageiros deram notas de zero a cinco. A Azul ficou com os dois prêmios entregues a companhias aéreas: check-in mais eficiente e restituição de bagagem mais eficiente.

As demais premiações foram as seguintes:

Raio X mais eficiente

(avaliados tempo de fila, confiabilidade da inspeção e cordialidade dos funcionários)
Até 5 milhões de passageiros: Maceió
De 5 milhões a 15 milhões de passageiros: Viracopos
Acima de 15 milhões de passageiros: Galeão

Controle migratório mais eficiente

(avaliados tempo de fila e cordialidade dos funcionários)
Até 5 milhões de passageiros: Manaus
De 5 milhões a 15 milhões de passageiros: Viracopos
Acima de 15 milhões de passageiros: Galeão

Controle aduaneiro mais eficiente

(avaliados tempo de fila e cordialidade dos funcionários)
Até 5 milhões de passageiros: Manaus
De 5 milhões a 15 milhões de passageiros: Curitiba
Acima de 15 milhões de passageiros: Guarulhos

Aeroporto com mais serviços aos passageiros

(qualidade da internet, estabelecimentos comerciais, estacionamento e transporte público)
Até 5 milhões de passageiros: Maceió
De 5 milhões a 15 milhões de passageiros: Curitiba
Acima de 15 milhões de passageiros: Galeão

Viracopos

Escolhido pelos usuários o melhor aeroporto em sua categoria, Viracopos está em processo de recuperação judicial e corre o risco de ter a concessão cassada pelo governo federal, no processo de caducidade movido pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

O governo torce para que seja encontrada uma solução de mercado, disse nesta quarta o secretário de Aviação Civil, Ronei Glanzmann, na entrega do prêmio Aeroportos + Brasil. No entanto, já tem engatilhado um "plano B", que é fazer uma nova licitação do aeroporto, conforme informou o jornal O Estado de S. Paulo no dia 29 de dezembro passado.

Há grupos interessados na concessão, segundo informou o presidente da concessionária Aeroportos Brasil Viracopos (ABV), Gustavo Müssnich. Por causa de negociações em andamento, uma assembleia de credores da concessionária, inicialmente marcada para esta semana, foi adiada para maio. Com isso, a concessionária espera encontrar uma solução de mercado para o negócio.

Essa assembleia, no entanto, poderá decretar a falência da concessionária. Nesse caso, o governo acionará o "plano B" e colocará o aeroporto novamente em licitação.

"Não faz sentido falar em falência do melhor aeroporto do Brasil", argumentou Müssnich. Ele explicou que as receitas do aeroporto são suficientes para pagar seus custos operacionais e quitar as parcelas do financiamento concedido pelo BNDES e outros bancos. Faltam recursos para pagar a parcela de outorga devida ao governo federal.

Por causa dessa inadimplência, que está em R$ 430 milhões, a Anac abriu um processo de caducidade da concessão. Esse está sustado por liminar judicial.

Segundo Müssnich, ao mesmo tempo em que há essa dívida, a concessionária reivindica perto de R$ 500 milhões em reequilíbrio contratual, por compromissos não cumpridos pelo governo. Ele usa esses números para mostrar que, com poucos ajustes, a concessão "para em pé". Ainda que a Anac não atenda a todos os pedidos de reequilíbrio, parte do rombo poderá ser coberto se a agência concordar com alguns dos argumentos da concessionária.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

PROVENTO EM DÓLAR

Aura Minerals (AURA33) anuncia dividendos e programa de recompra de BDRs — veja o que muda para os acionistas

O pagamento chegará bem a tempo para o Natal dos investidores nacionais, mas para ter direito é preciso possuir os ativos em 9 de dezembro

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa perto de perder os 100 mil pontos, Petrobras na mira de Paulo Guedes e outros destaques do dia

A dinâmica dos mercados globais nos últimos dias lembra muito os primeiros momentos de incerteza que marcaram o início da pandemia do coronavírus, no início de 2020. A covid-19 não é mais uma doença desconhecida e as vacinas já estão disponíveis no mercado, mas a desigualdade na distribuição de imunizantes e a recusa de muitos […]

FECHAMENTO DO DIA

Racha no Senado e chegada de ômicron aos Estados Unidos levam o Ibovespa a renovar as mínimas do ano (mais uma vez); dólar sobe

Embora o dia tenha começado positivo para o Ibovespa e as demais bolsas globais, a variante ômicron e a dificuldade de aprovar a PEC dos precatórios azedaram os negócios

CRYPTO NEWS

Aprenda com o bitcoin: não perca o timing com a próxima promessa cripto

O mercado de criptomoedas tem colocado alguns sorrisos nos rostos de quem vem investindo nessa classe de ativos

RECEITAS EM ALTA

Acredite se quiser! Governo pode ter primeiro superávit primário desde 2013 ainda neste ano

A notícia surpreende num momento em que um dos maiores temores do mercado financeiro é justamente o descontrole das contas públicas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies