💸 Você pode receber R$ 120 para investir; veja como solicitar o depósito aqui

Cotações por TradingView
2019-04-04T14:51:23-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Defesa do colchão

Para Guardia, reduzir reservas internacionais só será possível quando a casa estiver em ordem

Pela métrica do FMI, Guardia disse que as reservas poderiam ser de US$ 260 bilhões a US$ 280 bilhões

22 de novembro de 2018
17:11 - atualizado às 14:51
Eduardo Guardia, ministro da Fazenda
Guardia: "enquanto não tiver a questão fiscal em ordem, é bom ter reservas internacionais” - Imagem: Antonio Cruz/Agência Brasil

O ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, defendeu a manutenção das reservas internacionais. Para ele, a discussão sobre eventual redução das reservas ou não, pode ser feita apenas quando o fiscal estiver em ordem, com retomada do crescimento. “Enquanto isso é bom ter reservas internacionais”, disse Guardia.

O ministro respondia a um questionamento sobre o tema em evento promovido pelo BTG Pactual. Recentemente o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, falou em eventual venda das reservas em caso de ataque especulativo.

Guardia disse que nos últimos anos o custo fiscal das reservas foi positivo, o que ajudou o governo a postergar os problemas com o cumprimento da “regra de ouro” das finanças públicas.

Pela métrica do Fundo Monetário Internacional (FMI), Guardia disse que as reservas poderiam ser de US$ 260 bilhões a US$ 280 bilhões. “Mas sabemos, também, que o Brasil é um país complexo” e que muito recentemente vimos a utilidade dessas reservas e do colchão de liquidez do Tesouro.

Em 2002, lembrou o ministro, não tinham reservas internacionais nem colchão de liquidez, por isso a transição de governo foi mais difícil naquele ano em termos de política cambial e de dívida pública.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

MERCADOS AGORA

Esquenta dos mercados: Bolsas internacionais caem após exportações da China recuarem quase 10%; Ibovespa tem dia cheio com PEC da Transição, STF e Copom no radar

7 de dezembro de 2022 - 7:02

RESUMO DO DIA: Os investidores internacionais se ajustam aos mais recentes dados de exportação da China. O PIB da Zona do Euro também promete movimentar as bolsas internacionais ao longo do dia. Por aqui, o Ibovespa acompanha os gastos e a votação da PEC da Transição. Além disso, o STF vota hoje matéria sobre o […]

PALAVRA DO TRADER

Enxergando o mercado sob a ótica dos traders profissionais e como eles interpretam as notícias

7 de dezembro de 2022 - 6:19

Como trader, seu objetivo é operar como os profissionais. Para isso você tem que olhar o mercado de forma objetiva e direta, sem distorções

LOTERIAS

Lotofácil faz novo milionário; Mega Sena sorteia R$ 115 milhões hoje

7 de dezembro de 2022 - 5:57

O bilhete premiado do concurso 2681 da Lotofácil dá direito a pouco mais de R$ 1,3 milhão; Mega Sena está acumulada há oito sorteios.

TÁ ESCRITO

Klabin (KLBN11) aprova investimento de até R$ 183 milhões e abre outra porta para um mercado bilionário; saiba qual

6 de dezembro de 2022 - 20:14

Com o aporte, a empresa dá passo para entrar em um segmento estimado em mais de US$ 20 bilhões e que tem alta taxa de crescimento esperada para os próximos anos

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

PEC da Transição é aprovada, a nova queda do petróleo e o dia das criptomoedas; confira os destaques do dia

6 de dezembro de 2022 - 19:41

Na reta final do pregão — que foi de forte volatilidade devido à aversão ao risco que predominou em Wall Street —, o Ibovespa ganhou fôlego para fechar o dia em alta de 0,72%, aos 110.188 pontos. Isso porque a PEC da Transição, enfim, deslanchou e superou o seu primeiro desafio: a Comissão de Constituição […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies