🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
Conteúdo Velotax

Investe no exterior? Veja como declarar ações estrangeiras no Imposto de Renda 2022

Investimentos fora do Brasil devem ser declarados ao fisco; veja como incluir ações, lucros e dividendos na declaração de IRPF

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
21 de abril de 2022
11:00 - atualizado às 16:18
Montagem mostra rostos estampados em cédulas de moda estrangeira | ações estrangeiras | estrangeiro
Imagem: Shutterstock

Não é novidade que todos os investidores precisam declarar suas aplicações à Receita Federal, mesmo aquelas que não são passíveis de tributação, como a poupança e alguns títulos de renda fixa como LCIs e LCAs. E quem investe fora do Brasil também não escapa do fisco. 

Segundo a legislação, anualmente, os investimentos em solo estrangeiro devem ser declarados no Imposto de Renda, independente do valor total. Essa informação deve constar na ficha de “Bens e Direitos”, a mesma que engloba os investimentos nacionais.

Estão fora destas obrigatoriedades aquelas pessoas que estão residindo fora do país e, antes de viajar, entregaram a Declaração de Saída Definitiva do País (DSDP), que exime o contribuinte de suas obrigações fiscais com o Brasil. 

Se você não se enquadra neste perfil, veja a seguir como declarar os itens à Receita Federal. 

Como declarar investimentos estrangeiros no IRPF

É preciso declarar todos os valores que envolvem os ativos do exterior, como ações, lucros pela venda de papéis e os dividendos, sempre com os valores transacionados no ano anterior.

1- Ações

Os papéis estrangeiros devem ser incluídos na ficha de “Bens e Direitos”, selecionando o grupo 03 da nova tabela de códigos da Receita Federal. Na sequência, o contribuinte deve informar qual o local onde mantém o investimento, na linha “Localização (país)” de acordo com a tabela de código dos países. Ex: 249- Estados Unidos. 

Inserido o tipo e o local do investimento, para declarar ações estrangeiras no IRPF, use o campo de “Discriminação”, informando a quantidade de papéis, o custo médio de aquisição em Reais e o nome da corretora de investimentos em que as ações estão custodiadas. Quanto mais informações forem colocadas, menor será a chance de cair na malha fina.

O custo médio de aquisição é calculado pela média ponderada entre as quantidades e o custo em reais.

O custo em reais, por sua vez, é calculado considerando o preço de compra na moeda original na data do pregão e o câmbio de venda PTAX divulgado pelo Banco Central na data de liquidação da transação.

No campo em “Situação em 31/12”, é preciso inserir o custo de aquisição total em Reais, considerando o custo médio de aquisição em reais e a quantidade de ações que o investidor era dono na virada de um ano para o outro. 

2- Lucros

Se o contribuinte (1) tiver vendas totais equivalentes acima de 35 mil reais em determinado mês-calendário e (2) tiver tido lucro em qualquer uma dessas vendas, o investidor deverá pagar 15% de imposto sobre o lucro.

O valor de venda mensal a ser calculado é a somatória da multiplicação das quantidades vendidas pela moeda original na data do pregão multiplicado pela cotação de compra do câmbio da data de liquidação.

O imposto deve ser pago no mês subsequente ao que o lucro foi realizado, via Documento de Arrecadação de Receitas Federais (DARF), emitida no GCAP. Algumas plataformas, como o Velotax, podem simplificar essa emissão, otimizando os processos para o investidor e facilitando sua prestação de contas com o Leão. 

Importante notar que os prejuízos realizados não podem ser compensados com lucros futuros, como acontece com as ações brasileiras, ou até mesmo com as BDRs.

3- Dividendos

Geralmente, sobre os dividendos pagos pelas as ações estrangeiras incide imposto de renda retido na fonte, como é o caso dos Estados Unidos, que retém 30% sobre os dividendos pagos aos acionistas.

No Brasil, tais dividendos não pagam IR se o valor recebido por mês for menor que R$ 1.903,98. Se for maior que esse valor, pode ocorrer tributação, porém como esse dividendo provavelmente já teve IR retido na fonte, há alguns países que podem ter a compensação para que o investidor não seja bi-tributado, como é o caso dos Estados Unidos.

Portanto, o investidor deve informar o quanto de imposto já foi retido.

Outra coisa importante é a taxa de câmbio pela qual o investidor deve informar os valores recebidos e impostos retidos. É necessário utilizar a cotação de compra do câmbio do Banco Central do Brasil do último dia útil da 1ª quinzena do mês anterior.

É informar isso mês a mês via Carnê-Leão ou inserir no programa da Receita Federal os dividendos recebidos na aba "Rendimentos Recebidos de PF/Exterior" (informe o valor mensal bruto já convertido para Reais) e na aba "Imposto Pago/Retido", item 02, informe o valor total que foi retido na fonte durante o ano em Reais.

LEIA TAMBÉM: 

Não esqueça da Declaração Anual de Capitais Brasileiros no Exterior

Para investidores que têm um grande patrimônio no exterior, é obrigatória a apresentação da Declaração Anual de Capitais Brasileiros no Exterior (CBE) ao Banco Central, exclusiva para montantes que passam de US$ 1 milhão. No caso de montantes superiores a US$ 100 milhões, o preenchimento deve ser feito semestralmente.

Este documento pode ser entregue online, via plataforma do BC, e exime o contribuinte pessoa física e jurídica de penalidades fiscais e penais. Nesse caso, os valores devem ser inseridos sempre na moeda local do investimento.

IRPF 2022 descomplicado: conheça o Velotax

O Velotax, plataforma de simplificação tributária online e gratuita, é parceiro do investidor na hora de quitar as contas com o Leão. De forma simples e rápida, uma calculadora auxilia o contribuinte a calcular, emitir e pagar a DARF referente aos seus investimentos no exterior. 

Além disso, a plataforma também conta com uma solução pensada especialmente para a declaração do Imposto de Renda 2022, seja você investidor ou não. Você pode inserir seus dados de bens e rendimentos direto no site, que te entrega o formulário pronto para importar para o programa da Receita. 

Assim, você não precisa ficar se preocupando com as especificidades de cada campo e ficha – e ainda reduz drasticamente suas chances de cair na malha fina. 

Clique botão abaixo para conhecer mais sobre o Velotax e conheça todas as vantagens deste serviço:

Compartilhe

Conteúdo Velotax

7 dicas para aumentar sua restituição na Declaração de Imposto de Renda

7 de abril de 2022 - 10:00

Gastos com saúde, educação e dependentes podem aumentar a restituição do Imposto de Renda em 2022; saiba como preencher a declaração corretamente e receber parte do seu dinheiro “de volta”

Conteúdo Velotax

Economize (ou até ganhe dinheiro) com sua Declaração de Imposto de Renda

24 de março de 2022 - 17:30

Conheça a ferramenta que te ajuda a fazer a declaração anual do IR de forma fácil, rápida e segura, sem precisar contratar um contador

Conteúdo Velotax

Veja dicas para evitar cair na malha fina ao declarar ações e criptos no IR 2022

17 de março de 2022 - 10:00

A declaração de investimentos no Imposto de Renda pode gerar bastante confusão; veja como facilitar esse processo e confira as principais dicas para evitar cair na malha fina da Receita Federal

Conteúdo Velotax

Quem tem medo do DARF? Startup oferece serviço gratuito que calcula automaticamente o IR devido por investidores de bolsa de valores e criptomoedas

10 de março de 2022 - 14:00

Proposta do Velotax é facilitar a vida do investidor e não deixar que a burocracia tributária prejudique a liberdade financeira

Conteúdo Velotax

Declare seu Imposto de Renda sozinho e em poucos minutos: Velotax oferece solução completa de IR para facilitar a sua vida

3 de março de 2022 - 12:00

Fique em dia com a Receita Federal sem ter de se estressar ou gastar muito tempo para isso; conheça uma forma ágil e muito prática para declarar os seus rendimentos

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies