🔴 CHANCE DE MULTIPLICAR O INVESTIMENTO EM ATÉ 14,5X EM 8 DIAS? ENTENDA A PROPOSTA

Pompeu Filho
É redator do Seu Dinheiro. Tem graduação em Jornalismo pela Universidade Nove de Julho e MBA em Marketing Digital. Já passou por startups de tecnologia, marketing e finanças.
Conteúdo de Marca

Essa profissão te oferece trabalho remoto, viagens internacionais e ainda pode te fazer alcançar sua aposentadoria em pouco tempo, com ‘salários’ de até R$ 10.000 ou mais

Esse mercado, além movimentar verdadeiras fortunas ao redor do mundo, pode pagar remunerações altíssimas e está muito acessível para você

Pompeu Filho
8 de junho de 2022
17:00 - atualizado às 14:55
Tik Tok vs Instagram
Imagem: Shutterstock/ Julia Shikota

Estamos acompanhando bem de perto os avanços da tecnologia. Há 15 anos, presenciamos a febre do Orkut e do Messenger, seguidos pela explosão do Facebook e a chegada do WhatsApp.

De lá para cá, foram tantas inovações tecnológicas que ninguém nunca poderia imaginar a dimensão que o "ciberespaço" ganharia. E o melhor: o quão lucrativo ele seria, especialmente com a chegada do Instagram e do Tik Tok.

Um dos trabalhos mais rentáveis da atualidade é o de influenciador digital. Embora muita gente ainda seja contra chamar esta atividade de emprego, a verdade é que milhares de pessoas movimentam verdadeiras fortunas em suas redes sociais.

O Instagram e o Tik Tok tornaram-se ferramentas de trabalho extremamente rentáveis, e o ambiente perfeito para quem não deseja ter patrões, e nem mesmo bater ponto. Tudo que você precisa é de um celular com acesso à internet. E o restante fica por conta do algoritmo.

Parece simples, não é mesmo? Mas não é. Ser um “blogueiro”, ou “tiktoker”, como popularmente são chamados, pode ser algo extremamente trabalhoso em seu início.

Entretanto, se você tiver acesso às ferramentas certas, pode alcançar a sua estabilidade financeira para o resto da vida.

Imagine como seria se você não precisasse mais acordar cedo, pegar transporte público, nem ter horários para cumprir. E apenas fazer algumas viagens, tirar fotos em lugares paradisíacos e postar suas experiências.

Já pensou? Tudo isso parece inimaginável, ou muito caro. Porém, acredite, você pode ter acesso a todos esses benefícios e pagar com apenas uma foto no Instagram. Ou, com um vídeo, fazendo uma daquelas dancinhas que se tornaram tão populares nas redes.

Mas, que ferramenta milagrosa seria essa, capaz de tornar o mais improvável dos seres humanos um influenciador com milhares de seguidores? 

Isso te contarei mais adiante. Antes, preciso que você entenda a proporção deste mercado e o quanto ele pode ser rentável e acessível para você.

Você prefere ter a chance de ‘ganhar R$ 10 mil’ postando foto no Instagram ou R$60.000 fazendo dancinhas no Tik Tok? 

Hoje, existe uma legião de influenciadores digitais. Tem para todos os gostos, desde maquiagem e turismo, até gastronomia. Não importa qual seja o nicho, mas sim o conteúdo e o engajamento que ele pode receber e como ser convertido em lucro.

De acordo com informações do Uol Economia, um influenciador pode faturar entre R$ 10.000 e R$ 500 mil com o Instagram. Já no Tik Tok, pode variar de R$ 5.000 até R$ 60 mil. Tudo depende da quantidade de seguidores e engajamento que a pessoa tiver.

Entenda uma coisa: a relação entre influencer e rede social é totalmente baseada na troca. Você precisa oferecer um bom material, para que o algoritmo te entenda como alguém relevante  e queira te impulsionar para outros usuários.

O resultado disso? Centenas e até milhares de pessoas te seguindo e acompanhando o seu dia a dia. Se isso é importante? Bem, quanto maior o engajamento da sua conta, vulgo, rede social, maior o seu faturamento. 

Veja bem, a internet é a maior vitrine do mundo. E as grandes empresas já entenderam que o melhor marketing é o digital.

De modo que elas investem milhões de dólares em influenciadores digitais, que vão desde jogadores de futebol, atores, cantores, modelos a até qualquer pessoa que saiu do anonimato para buscar muitos cliques em suas redes.

O ‘Instagram de milhões’

A rede social criada em outubro de 2010, com o intuito de compartilhar apenas imagens rotineiras, é atualmente uma grande máquina de fazer dinheiro.

Inteiramente atualizado, hoje, o Instagram possibilita a postagem de fotos e vídeos e a troca de mensagens instantâneas, o que pode atrair uma coleção de seguidores. O que para algumas pessoas parece besteira, para os profissionais da internet é de extrema importância.

Inclusive, ser um influenciador vem ganhando um status cada vez maior. O que antes era um hobby, passou a ser uma profissão com uma carreira estruturada.

Assim como em nossas empresas somos classificados por cargos hierárquicos, no Instagram, não é diferente. Veja como funciona a hierarquia da rede, nesta imagem abaixo:

Fonte: MediaKix

Agora, entenda como essa nomenclatura funciona financeiramente falando. Segundo informações do UOL Economia, esses são os faturamentos de cada classe:

  • Mega: possuem mais de 1 milhão de seguidores e faturam cerca de R$ 500.000 por mês;
  • Macro: entre 500 mil e 1 milhão de seguidores e faturam em torno de R$ 100.000 por mês;
  • Médio: entre a casa de 50.000 a 500 mil seguidores e podem faturar até R$ 30.000 por mês;
  • Micro: os que possuem entre 10.000 a 50 mil seguidores e podem ganhar até R$ 15.000 por mês;
  • Nano: estão entre 1.000 e 10 mil seguidores e por isso podem ganhar entre R$ 5.000 e 10.000 mensais;

Como você pode observar, esses profissionais são segmentados, de acordo com a quantidade de seguidores, o que nos “KPIs” (indicadores de performance) da internet, pode-se chamar de audiência. Vale ressaltar que esses números podem variar de acordo com a pessoa.

Afinal, hoje temos muitas celebridades que também são influenciadoras, e neste caso, o cachê pode ultrapassar os R$ 500 mil. Como já acontece com o jogador Neymar e o ator Caio Castro, por exemplo, que cobram cerca de R$ 720 mil por uma foto na rede social.

Ou seja, quanto maior o número de pessoas em seu perfil, melhor será o seu cachê para parcerias publicitárias.  

No entanto, não foque apenas no Instagram, existe uma outra rede social que vem ganhando muitos adeptos e pagando até mais que a rede de fotos.

Tik Tok: ‘a rede vizinha’

O Tik Tok surgiu em setembro de 2016, mas o seu pico de acessos vem acontecendo nos últimos 3 anos. Dona das dancinhas mais reproduzidas no mundo, a rede social vem ganhando cada vez mais destaque.

O holofote é tão grande que tem até preocupado os administradores do Instagram, que muitas vezes nem mencionam o nome da rede chinesa, apenas a citam como “ a rede vizinha”.

Fato é que, nos últimos meses, o Tik Tok tem dado mais audiência que o Instagram e muitos influenciadores têm migrado para a rede, buscando mais uma fonte de renda. O que pode ser uma estratégia bem inteligente.

Recentemente, em entrevista ao portal Metrópoles, um especialista em influenciadores digitais destacou os diferenciais da rede social. Para o empresário, o Tik Tok é hoje uma das maiores plataformas de lançamentos musicais do mercado.

Afinal, a rede é mundialmente conhecida pelas coreografias que lá são publicadas e que muitas vezes, viralizam de tantos acessos. E esse turbilhão de visualizações se converte em cachês bem “gordos” para os usuários e influenciadores digitais.

Ainda segundo especialistas, um influenciador pode ganhar um bom dinheiro no Tik Tok, entre R$ 5.000 e R$ 50 mil, com conteúdos mais orgânicos e até R$ 60 mil ou mais, se for alguém muito conhecido.

No português claro: quanto maior for a sua visibilidade no Tik Tok, melhores chances você terá de se dar bem nesta rede social.

Essa estratégia pode ser a chave para o seu “baú do tesouro digital”

Sem sombra de dúvidas, o mercado digital faz os olhos de muita gente brilhar. Afinal, ele pode te deixar bem próximo da “vida dos sonhos”. Embora muitas vezes pareça ser tão inacessível para algumas pessoas.

Mas você não precisa mais guardar esse desejo apenas para você, muito menos desistir por achar que seja muito difícil. Existe uma ferramenta chave para quem deseja ganhar até 6 dígitos na internet.

Não é nenhuma mágica, ou pílula milagrosa. Pelo contrário, é algo muito mais sério e objetivo para te guiar até o seu sonho. Uma estratégia eficaz capaz de te tornar um influenciador digital com milhares de seguidores em pouco tempo.

Esse método já foi devidamente testado e fez com que uma pessoa completamente desconhecida na internet ganhasse mais de 1,5 milhão de seguidores em suas redes sociais em um curto espaço de tempo. E você mesmo pode comprovar isto clicando neste link.

‘12 mil seguidores em apenas 30 dias’; David Louback ganha a vida fazendo posts nas redes sociais e quer te ensinar a fazer o mesmo gratuitamente

É o seu sonho que está em jogo nessa história, logo, você precisa buscar por profissionais sérios, que conheçam o mercado digital e estejam dispostos a te ajudar. 

Essa pode ser a sua chance de se tornar um grande influenciador digital em apenas alguns dias. O Davi Louback, além de influenciador digital, também é prova viva de que você pode alcançar o seu objetivo.

Há dois anos, ele nem sonhava em ser conhecido na internet. Trabalhava em uma multinacional, tinha horários fixos, descansava apenas aos finais de semana e só viajava quando podia tirar férias.

E hoje, está entre os maiores nomes do cenário digital. Com mais de 1,5 milhão de seguidores em suas redes sociais, Davi vive uma vida sonhada por milhares de jovens no Brasil.

Ele não precisa bater ponto, nem acordar cedo e, quando precisa de dinheiro, apenas faz um post em sua rede social e pronto - problema resolvido. Mas, nem sempre foi assim: para chegar neste nível, Louback teve que “quebrar a cara'' algumas vezes.

Até que, o influenciador descobriu a fórmula certa para viralizar na internet e  poder conquistar milhares de seguidores. E ele está disposto a compartilhar este conteúdo com todos que se inscreverem nesta lista.

No dia 27 deste mês, Davi Louback irá realizar uma aula 100% online e gratuita para todos que desejam se tornar influenciadores digitais. 

O intuito desta “masterclass” é dividir com você o segredo para alavancar os seus perfis e poder buscar uma boa fonte de renda bem “gorda” daqui para frente. Davi Louback vai te dar todos os detalhes essenciais para usar o algoritmo a seu favor e, ao final do treinamento, você poderá alcançar esses resultados:

  • Ganhar em média 12 mil seguidores em 30 dias de maneira orgânica (sem impulsionar);
  • Conquistar uma renda de mais de R$ 10.000 por mês com o Instagram, Tik Tok e YouTube;
  • Bombar seu perfil sem precisar aparecer (se este for o seu caso);

Se você está em busca de se tornar um grande influenciador digital e não sabe por onde começar, este é o caminho

Para garantir o seu acesso à masterclass gratuita, basta se cadastrar no botão abaixo:

Compartilhe

Conteúdo Empiricus

Patrimônio atrelado ao dólar: Segundo analista, o mundo inteiro está investindo na bolsa americana, e você pode fazer o mesmo; entenda

12 de julho de 2024 - 16:00

Expectativa é de queda de juros para o futuro próximo nos EUA, o que pode potencializar os ganhos em renda variável

Conteúdo Empiricus

Agora vai, Ibovespa? Queda da inflação nos EUA é sinal de que ‘alta da bolsa nesta semana pode ser só um aperitivo’

12 de julho de 2024 - 14:00

Índice de preços ao consumidor dos Estados Unidos recuou 0,1% em junho; mercado espera primeiro corte de juros em setembro

Conteúdo Empiricus

Bezerra vai virar vaca leiteira? Dividendos de R$ 1,60 por ação são ‘fichinha’ perto do que esta empresa pode pagar ao longo do tempo, avaliam analistas

12 de julho de 2024 - 11:48

Melhoria operacional e bom momento para as incorporadoras de baixa renda podem fazer yields da Direcional “crescerem ao longo do tempo”, dizem analistas

Conteúdo Empiricus

Brasileiro desenvolve código-fonte capaz de gerar lucros médios de R$ 274 por dia

12 de julho de 2024 - 11:24

Tecnologia utiliza da análise técnica para buscar oportunidades na bolsa de valores

Conteúdo Empiricus

Eletrobras (ELET6) vai recomprar ações; veja se vale a pena investir agora

11 de julho de 2024 - 16:00

No ano, os papéis preferenciais e ordinários da Eletrobras caem 4% e 8% respectivamente; será que o programa de recompra pode ser bom para o investidor?

conteúdo empiricus

Se cuidem, Shein e Temu: varejista lança estratégia para ‘bater de frente’ com chinesas e entra para top 10 melhores ações de julho

11 de julho de 2024 - 14:34

Varejista norte-americana se prepara para “competir” com as chinesas e Empiricus avalia que a ação pode ter a maior receita anual do mundo nos próximos anos

Conteúdo Empiricus

5 motivos para investir nessa ação de ‘maquininhas’, segundo BTG Pactual e Empiricus

11 de julho de 2024 - 14:00

Ação do mercado financeiro está barata e tem grande potencial de valorização, de acordo com os analistas

Conteúdo Empiricus

Tesouro IPCA+ despencou 13% em 6 meses – por que a atratividade do juro real a 6% virou ‘conversa de bar’?

11 de julho de 2024 - 13:11

Enquanto o mercado está de olho nos títulos atrelados à inflação, Tesouro IPCA+ 2045 recebeu o “pódio” de pior investimento do 1º semestre – sinal para fugir desses ativos?

conteúdo BTG Pactual

‘Acreditamos que o Ibovespa está barato’: conheça as 10 ações mais promissoras para investir em julho, segundo o BTG Pactual

11 de julho de 2024 - 8:00

Para julho, o maior banco de investimentos da América Latina decidiu reduzir a exposição em ações sensíveis aos juros e adicionou nomes que se “beneficiam” do real mais fraco

Conteúdo Empiricus

Qual será o impacto da regulamentação da reforma tributária para as ações de construtoras e shoppings da Bolsa de Valores?

10 de julho de 2024 - 13:52

Primeiro projeto de regulamentação da reforma tributária está sendo discutido na Câmara nesta quarta-feira (10); entenda como as companhias do setor imobiliário serão afetadas

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar