🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
EM BUSCA DE NEGÓCIOS

Petrobras (PETR4): o que o presidente da estatal, Jean Paul Prates, foi fazer no Kuwait em pleno Carnaval

Jean Paul Prates viajou ao Oriente Médio em busca de oportunidades de negócio e cooperação para a companhia brasileira

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
11 de fevereiro de 2024
15:01 - atualizado às 14:20
Jean Paul Prates, presidente da Petrobras (PETR4)
Jean Paul Prates, presidente da Petrobras - Imagem: Léo Elger/Agência Petrobras

Enquanto uns aproveitam a folia de Carnaval para festejar, outros aproveitaram o feriado para fazer negócios — no caso, o presidente da Petrobras (PETR4).

Jean Paul Prates viajou ao Oriente Médio em busca de parcerias no setor. Segundo o executivo, as reuniões foram “muito produtivas”. 

Nas redes sociais, o CEO da estatal que vai trabalhar por parceiras com três empresas do Kuwait: a Kuwait Petroleum (KPC) e suas subsidiárias Companhia de Indústrias Petroquímicas (PIC, na sigla em inglês) e Companhia de Exploração de Petróleo no Exterior do Kuwait (KUFPEC).

Ao todo, três encontros foram realizados neste domingo (11). Confira: 

Com a KUFPEC, em especial, Prates anunciou uma possível abertura de uma subsidiária no Brasil. 

Segundo fontes ao Broadcast, o presidente da Petrobras aproveitou viagem à Índia, para emendar em novo périplo pelo Oriente Médio, onde busca oportunidades de negócio e cooperação para a Petrobras. 

Em Goa, na Índia, Prates participou da "India Energy Week 2024" e se reuniu com o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, e outras autoridades estrangeiras e presidentes de grandes empresas do setor.

Depois do Kuwait, a ideia é visitar os Emirados Árabes, a Arábia Saudita e o Catar, alguns países onde ele já esteve recentemente a fim de estreitar laços.

Nem Prates e nem a Petrobras esclareceram o objeto das parcerias envolvendo empresas do Kuwait, mas, a julgar por suas atividades, isso poderia acontecer no negócio tradicional da estatal brasileira — exploração e produção de óleo e gás  — ou em petroquímica, área em que a diretoria de Prates já afirmou ter interesse de expandir atuação.

Ainda de acordo com fontes, o principal interesse desses países no Brasil e na Petrobras é o desenvolvimento de tecnologias de transição energética e descarbonização na cadeia de hidrocarbonetos, base de sua economia.

  • Os balanços do 4T23 já estão sendo publicados: receba em primeira mão a análise dos profissionais da Empiricus Research e saiba quais ações comprar neste momento. É totalmente gratuito – basta clicar aqui.

Parceria da Petrobras com empresas da Arábia Saudita

Quando do encontro com autoridades sauditas no fim de 2023, Prates chegou a falar no lançamento da Petrobras Arábia, espécie de sociedade especificamente voltada ao mercado de fertilizantes, com abertura de fábricas no Golfo Pérsico e no Brasil ao mesmo tempo. 

Como mostrou o Broadcast em dezembro, o racional por trás é aproveitar as sinergias dos dois países para reforçar seu acesso a fertilizantes.

Enquanto a Arábia Saudita tem larga oferta de insumos nitrogenados, o Brasil tem potássio, ambas matérias-primas essenciais à produção de fertilizantes, assim como o gás natural, detido pelos dois países, mas a preços "muito mais altos" no Brasil. 

A combinação dessas ofertas, abriria caminho para produção de fertilizantes a preços mais competitivos no País e para importação de volumes seguros da Arábia Saudita, por exemplo.

*Com informações de Estadão Conteúdo

Compartilhe

NÃO VAMOS DOBRAR A META?

Por que a Vamos (VAMO3) abandonou de vez o plano de atingir uma frota com 100 mil ativos até 2025

20 de fevereiro de 2024 - 19:50

A meta havia se tornado pública em entrevista concedida pelo CEO da empresa, Gustavo Couto, em meados do ano passado

CONFIRA O CRONOGRAMA

Weg (WEGE3) libera R$ 1,3 bilhão em dividendos extras e data de corte para ter direito à bolada está próxima

20 de fevereiro de 2024 - 19:07

O dinheiro sera depositado na mesma data em que os juros sobre o capital próprio anunciados em dezembro do ano passado

APÓS ENCONTRO COM A ADNOC

Petrobras (PETR4) compra ou vende uma fatia da Braskem (BRKM5)? CEO da estatal conta detalhes da conversa com árabes interessados na petroquímica 

20 de fevereiro de 2024 - 15:42

Jean Paul Prates reuniu-se na semana passada com o CEO da Abu Dhabi National Oil Company (Adnoc), uma das interessadas na petroquímica

JEAN PAUL PRATES REVELA

Petróleo subiu: a gasolina vai aumentar? Veja o que diz o presidente da Petrobras (PETR4)

20 de fevereiro de 2024 - 15:00

Segundo Jean Paul Prates, a discussão sobre eventuais reajustes está sempre no radar

DESTAQUES DA BOLSA

Carrefour de carrinho cheio: ação dispara quase 10% e lidera ganhos do Ibovespa após balanço. É hora de comprar ou vender CRFB3?

20 de fevereiro de 2024 - 13:15

Os papéis entraram em leilão três vezes por oscilação máxima permitida pela B3; a temperatura dos ganhos baixou, mas a varejista ainda aparece entre as cinco maiores altas do principal índice da bolsa brasileira

EM DIREÇÃO AO FUTURO

Sem efeitos colaterais? Como está o paciente da empresa de Elon Musk que implantou chip no cérebro

20 de fevereiro de 2024 - 12:20

Dispositivo desenvolvido por startup de Elon Musk, a Neuralink, deve permitir que seres humanos controlem computadores e celulares por meio do pensamento

O QUE VEM POR AÍ

Rombo ainda maior? Americanas (AMER3) adia de novo a divulgação do balanço e investidor vai ter que esperar para saber se a dívida cresceu

19 de fevereiro de 2024 - 19:56

A última vez que a varejista divulgou resultados financeiros foi em novembro do ano passado, quando a revisão dos balanços fraudados levou ao reconhecimento de prejuízos de bilhões

CONFIRA O CRONOGRAMA

Itaúsa (ITSA4) aprova R$ 3,1 bilhões em dividendos e vai depositar dinheiro na conta dos acionistas todo trimestre até 2025

19 de fevereiro de 2024 - 18:45

Os dividendos aprovados hoje pelo conselho de administração correspondem a R$ 0,3005 por ação e serão pagos em 8 de março

BIG TECHS

‘Similar a 1929’: as “Sete Magníficas” de tecnologia dos EUA já valem mais do que quase todas as bolsas do mundo; e agora?

19 de fevereiro de 2024 - 13:52

Situação é bastante similar à bolha pontocom, em 2000, e ao crash da Bolsa em 29, mas analistas defendem que cenário atual é mais sólido.

RELEMBRE A TRAJETÓRIA DE SUCESSO

Morre Abilio Diniz, empresário que transformou o Pão de Açúcar (PCAR3) em um gigante do varejo

18 de fevereiro de 2024 - 22:00

Diniz estava internado para tratar uma pneumonite, mas foi vitimado pela insufiência respiratória decorrente da inflamação pulmonar

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies