🔴 5 MOEDAS PARA MULTIPLICAR SEU INVESTIMENTO EM ATÉ 400X – VEJA COMO ACESSAR LISTA

Camille Lima
Camille Lima
Repórter no Seu Dinheiro. Estudante de Jornalismo na Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS). Já passou pela redação do TradeMap.
CRIPTOMOEDAS HOJE

Mercado de criptomoedas desaba após questões regulatórias nos EUA; bitcoin (BTC) cai 1,70%, enquanto ethereum (ETH) recua 3,66%

A Binance, a maior exchange de criptomoedas do mundo, comunicou que a Paxos recebeu uma ordem para suspender a emissão da stablecoin BUSD

Camille Lima
Camille Lima
13 de fevereiro de 2023
13:45
Celular com logo da Binance, exchange de criptomoedas como o bitcoin

Sem mudanças de temperatura por aqui. Apesar de analistas já falarem no fim do inverno cripto, a aguardada primavera das criptomoedas não está sendo capaz de ignorar a frente fria que está vindo do exterior e derrubando ativos como o bitcoin (BTC) e o ethereum (ETH).

A friaca começou no fim de semana como resultado do aumento das tensões regulatórias nos Estados Unidos. A Binance, a maior exchange de criptomoedas do mundo, comunicou que a Paxos recebeu uma ordem para suspender a emissão da BUSD, a terceira maior stablecoin do mercado indexada ao dólar.

Com um escrutínio regulatório cada vez mais intenso na terra do Tio Sam, o bitcoin perdeu outro importante patamar de suporte. O BTC recuava 1,70% por volta das 13h30, negociado a US$ 21.580,90, com uma queda acumulada de 6,59% nos últimos sete dias.

Por sua vez, o ethereum caiu 3,66% de ontem para hoje, a US$ 1.480,75. Em uma semana, o recuo chega a 10,43%.

Veja o desempenho do bitcoin (BTC) e de outras criptomoedas hoje:

#NomePreço24h %7d %
1Bitcoin (BTC)US$ 21.580,90-1,70%-6,59%
2Ethereum (ETH)US$ 1.480,75-3,66%-10,43%
3Tether (USDT)US$ 1,00+0,09%+0,10%
4BNB (BNB)US$ 284,88-10,77%-13,62%
5USD Coin (USDC)US$ 0,9998-0,02%-0,03$
6XRP (XRP)US$ 0,3674-3,97%-8,27%
7Binance USD (BUSD)US$ 0,9997-0,05%-0,06%
8Cardano (ADA)US$ 0,3514-4,91%-11,18%
9Dogecoin (DOGE)US$ 0,08109-3,44%-12,30%
10Polygon (MATIC)US$ 1,16-9,74%-5,62%
Fonte: CoinMarketCap

O bitcoin e a macroeconomia

Não bastasse o impacto das questões regulatórias no exterior, a maior criptomoeda do planeta ainda conta com novos desafios espreitando no horizonte.

Há algum tempo, o desempenho do mercado de ativos mostra-se cada vez mais atrelado aos movimentos macroeconômicos — e novas questões no cenário macro ameaçam fazer sombra sobre o bitcoin (BTC) nos próximos dias e inclusive testar a marca dos US$ 20 mil.

A agenda macroeconômica da semana reserva o relatório de inflação ao consumidor (CPI) nos EUA, que pode sinalizar os próximos passos do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), e dados de atividade na maior economia do mundo.

“O mercado cripto teve uma queda acentuada em função da revelação da Paxos de que o regulador nova-iorquino proibiu a empresa de emitir novas stablecoins BUSD. Esse tema deve se estender pela semana e limitar o avanço das criptomoedas, deixando o mercado muito sensível ao resultado da inflação nos EUA”, afirma Felipe Medeiros, analista de criptomoedas e sócio da Quantzed Criptos.

  • Por que estamos no momento ideal para poder ganhar dinheiro com dividendos? O Seu Dinheiro preparou 3 aulas exclusivas para te ensinar como buscar renda extra com as melhores ações pagadoras da Bolsa. [ACESSE AQUI GRATUITAMENTE]

Binance, Paxos e o escrutínio regulatório das criptomoedas

A Paxos informou nesta segunda-feira (13) que interromperá a emissão de novas stablecoins BUSD a partir de 21 de fevereiro por ordem do Departamento de Serviços Financeiros de Nova York.

“A Paxos nos informou que foi instruída a interromper a ‘cunhagem’ de novas BUSD pelo Departamento de Serviços Financeiros do Estado de Nova York”, disse um porta-voz da Binance, em comunicado.

Vale destacar que as stablecoins da Binance atreladas ao dólar que já foram emitidas continuarão a ser negociadas.

Segundo o comunicado do regulador, o pedido é "resultado de várias questões não resolvidas relacionadas à supervisão da Paxos de seu relacionamento com a Binance".

“Dada a incerteza regulatória em determinados mercados, a Binance irá rever outros projetos nessas jurisdições para garantir que nossos usuários estejam protegidos de outros prejuízos injustificados”, afirmou a Binance.

“A Binance tem um problema para resolver, já que a BUSD representava cerca de 35% do volume total. Ela vai continuar existindo, mas terá que encontrar uma solução”, explica Tasso Lago, gestor de fundos privados em criptomoedas e fundador da Financial Move. “Esse processo assusta o mercado e errou um pouco de volatilidade pela manhã.”

Depois da notícia, a criptomoeda “estável” BUSD perdeu paridade em relação ao dólar, negociada a US$ 0,9997, com queda de 0,05% nas últimas 24 horas, segundo dados do CoinMarketCap.

Além da BUSD, outra moeda digital ligada à Binance desabou no mercado cripto. Uma das principais altcoins do universo virtual, BNB caiu 10,77%% de ontem para hoje, a US$ 284,88; em sete dias, a baixa do token chega a 13,62%.

“O desafio vai ser encontrar um novo emissor que satisfaça a confiança ou desconfiança do mercado frente a stablecoins”, projeta Lago, da Financial Move.

A criptomoeda do PayPal 

De acordo com informações do jornal The Wall Street Journal, a Paxos também está na mira da SEC, a xerife do mercado de capitais norte-americano (isto é, a CVM dos EUA). 

Segundo o WSJ, a agência reguladora pretende processar a empresa por violar as leis de proteção aos investidores, uma vez que considera a criptomoeda BUSD um valor mobiliário não registrado.

Os desafios regulatórios são tamanhos que até o PayPal decidiu se antecipar a complicações com a SEC e suspendeu um projeto com a Paxos.

A empresa, em parceria com a Paxos, estava desenvolvendo uma stablecoin atrelada ao dólar que deveria ser lançada já nas próximas semanas, segundo a Bloomberg.

*Com informações de The Block

Compartilhe

ESPERE E VERÁ

Bitcoin (BTC) em alta — e vai continuar: companhia de pesquisa em criptomoedas identifica possível “efeito FTX” no preço dos ativos digitais

16 de maio de 2024 - 11:46

Recentemente, a FTX anunciou que pagaria — com juros — os montantes devidos aos clientes, algo entre US$ 14,5 bilhões e US$ 16,3 bilhões

QUEDA DOS IMPÉRIOS

Os Faraós do Inverno Cripto: Como a prisão de três magnatas do mundo das criptomoedas influencia na regulação global do mercado?

16 de maio de 2024 - 6:15

Se, por um lado, muitas pessoas foram prejudicadas por esses eventos, por outro, ficou clara a necessidade de uma regulação mais dura em relação a esse mercado

ACELERANDO ALTA

Bitcoin (BTC) salta e busca US$ 65 mil após inflação dos EUA diminuir ritmo de alta — agora, quando os juros irão cair?

15 de maio de 2024 - 11:13

De acordo com as estimativas do CME Group, as chances de o primeiro corte de juros acontecer em setembro são de mais de 50%

SOBE E DESCE

Entenda como ‘efeito GameStop’ fez criptomoeda saltar mesmo com dia de queda nos preços do bitcoin (BTC)

14 de maio de 2024 - 16:33

A volta das “meme stocks” fez ressurgir o mercado das memecoins, as criptomoedas nascidas de piadas na internet

MAIOR ALTA DA SEMANA

Render (RNDR): quem é a criptomoeda que deixou o bitcoin (BTC) no chinelo com alta de mais de 40% na semana?

7 de maio de 2024 - 10:55

Em um relatório do começo deste ano, a Empiricus fez um relatório explicando o porquê de essa criptomoeda se destacar ante às demais

CRYPTO INSIGHTS

O embate mais importante do mundo das criptomoedas: Desafios regulatórios colocam SEC e empresas de cripto em lados opostos do tabuleiro

7 de maio de 2024 - 8:18

Na minha opinião esse nível de excesso regulatório destrói completamente a credibilidade da SEC e influencia diretamente nas eleições

É RECORDE

Bitcoin (BTC) ultrapassa 1 bilhão de transações e recupera patamares de preço; rali ajuda no desempenho das criptomoedas hoje

6 de maio de 2024 - 9:43

As atenções sempre se voltam para as maiores criptomoedas em valor de mercado, mas há uma disputa na parte de baixo da tabela para se manter entre os dez maiores do mundo

NÃO ENTENDI!

Alta do desemprego nos EUA impulsiona e bitcoin (BTC) toca os US$ 62 mil: entenda o porquê

3 de maio de 2024 - 14:43

A disparada do dia também liquidou cerca de US$ 100 milhões de posições short (apostando na queda dos preços, no jargão do mercado), de acordo com o CoinGlass

SD ENTREVISTA

Diretor da Coinbase diz que regulação brasileira de criptomoedas favorece inovação e vê mão pesada da SEC nos EUA

1 de maio de 2024 - 6:15

Fábio Plein, diretor regional da Coinbase para as Américas, falou com exclusividade ao Seu Dinheiro sobre o momento atual dos mercados

MAGNATA EM APUROS?

Fundador da Binance, CZ é condenado à prisão nos EUA; entenda as acusações contra o bilionário de criptomoedas 

30 de abril de 2024 - 18:33

O bilionário foi condenado a quatro meses de prisão depois de se declarar culpado das acusações de permitir lavagem de dinheiro na exchange de criptomoedas

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar