🔴 +30 RECOMENDAÇÕES DE ONDE INVESTIR EM MARÇO – ACESSE GRATUITAMENTE

Cotações por TradingView

Os altos e baixos do Ibovespa hoje, o balanço do Mercado Livre (MELI34), novo ataque de Putin e outros destaques

23 de fevereiro de 2023
19:12
Gráfico com cotações da bolsa
Gráfico com cotações da bolsa -

Por mais que as pessoas estejam voltando ao ritmo de trabalho após a pausa para o Carnaval e as negociações da bolsa ainda apresentem volume mais reduzido, ninguém pode negar que o dia da B3 foi, no mínimo, agitado.

Não estamos falando exatamente de um infindável fluxo de notícias ou grandes reviravoltas corporativas, mas sim de uma grande volatilidade que, no fim do dia, não passava de uma reação mais emocionada dos investidores.

O Ibovespa encerrou o dia em alta de 0,41%, aos 107.592 pontos, mas chegou a subir mais de 1,4% na máxima da sessão e cair 0,40% na mínima. O dólar à vista também passou por grande instabilidade — indo de R$ 5,1757 para R$ 5,1376, até fechar com um recuo de 0,64%, a R$ 5,1356.

A movimentação brusca, no entanto, não foi exclusividade brasileira. Em Wall Street, os investidores também pareceram confusos — uma hora pensando no risco da alta dos juros e, no momento seguinte, entusiasmados com os dados melhores do que o esperado da economia e do setor de tecnologia.

Não dá para deixar de mencionar que, quando a bolsa brasileira operava com leves ganhos, foi a Petrobras (PETR4) e a forte alta do petróleo que ajudaram a sustentar o apetite por compras.

Nem mesmo a confirmação de um caso da doença da vaca louca no país e a suspensão temporária da exportação de carne bovina para a China minou o resultado final. Muito pelo contrário. Empresas de proteínas terminaram o dia entre as maiores altas, mostrando que o mercado financeiro está confiante na gestão de crise que será adotada pelas companhias.

Veja tudo o que movimentou os mercados nesta quinta-feira, incluindo os principais destaques do noticiário corporativo e as ações com o melhor e o pior desempenho do Ibovespa.

Confira outras notícias que mexem com o seu dinheiro

EXPANSÃO BRASILEIRA
O Mercado Livre (MELI34) avança no Brasil, e nem precisa da crise na Americanas: receitas no país saltam 28% no 4T22. Em bases cambiais neutras, o avanço da receita líquida da empresa teria sido ainda maior, de 36% em termos anuais. 

QUEM DÁ MAIS?
Corrida pelo “petróleo branco” envolve a Tesla de Elon Musk e disputa por reservas. O bilionário estaria interessado em ser mais independente de empresas fornecedoras de lítio, como a Vale (VALE3), que hoje vende para a fabricante de carros elétricos. 

ABRA SEU MUNDO
Te cuida, Lemann? Bill Gates avança sobre a Heineken e acirra disputa global das cervejarias; entenda o negócio. Essa não é a primeira incursão do bilionário no mundo das bebidas. Em 2007, ele comprou uma participação avaliada em US$ 392 milhões na mexicana Femsa.

MONEY TIMES
Americanas (AMER3): CVM investigará se política de bônus a executivos estimulou fraudes. Atrelar remuneração aos resultados é uma prática consagrada no modelo de gestão difundido pelos antigos controladores e atuais acionistas de referência da varejista. 

ESCALOU SATAN
Putin não está para brincadeira: Rússia coloca mísseis a postos na véspera do aniversário da guerra. Presidente russo comemora o dia do “Defensor da Pátria” com um discurso duro, no qual reforça a supremacia do país e detalha planos militares.

Compartilhe

EXILE ON WALL STREET

Rodolfo Amstalden: Solução de quatro estados

29 de fevereiro de 2024 - 20:02

Como faremos para balancear extremos opostos por meio de um único instrumento mediano nos mercados financeiros?

Diário de Bordo

O que eu penso sobre o bitcoin?

28 de fevereiro de 2024 - 10:29

Diário de Bordo de 28 de fevereiro de 2024

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

Campos Neto e Powell navegam em águas incertas: o que esperar dos próximos passos dos banqueiros centrais para os juros

27 de fevereiro de 2024 - 6:29

A trajetória das taxas de juros no Brasil e nos EUA será decisiva para as expectativas dos investidores e a direção dos ativos de risco

EXILE ON WALL STREET

Felipe Miranda: Qual o caminho mais rápido e efetivo para o sucesso no mercado?

26 de fevereiro de 2024 - 20:03

Seja lá qual for o caminho do sucesso, ele começa por uma boa educação. Nada é mais estruturante e transformacional.

LINHA D'ÁGUA

Por que FoFs de previdência privada serão os grandes vencedores das mudanças recentes na tributação

26 de fevereiro de 2024 - 18:46

Esse tipo de fundo mantem a mesma característica tributária de um exclusivo de previdência, mas, por ser um fundo coletivo, de varejo, não tem o limite de R$ 5 milhões de patrimônio

DE REPENTE NO MERCADO

Fênix à solta: Weg (WEGE3) ressurge como ‘fábrica de bilionários’; Oi (OIBR3) deixa de ser penny stock e Nvidia ‘fura’ a bolha da inteligência artificial

25 de fevereiro de 2024 - 12:00

E mais: estrategista-chefe recomenda 3 ações que estão em ‘raríssimo momento na bolsa’ e por que você deveria correr para comprar um imóvel logo

Mande sua pergunta!

Vi que posso perder minha casa para pagar dívidas de donos anteriores; e no caso de imóvel comprado em leilão, que já vem com dívidas?

24 de fevereiro de 2024 - 8:00

Quem compra imóvel em leilão também pode acabar tendo o bem penhorado para pagar dívidas não pagas atreladas a ele?

SEXTOU COM O RUY

Um Big Mac depois da academia: A ação da Petrobras (PETR4) continua subindo, mas é por causa do governo ou apesar dele?

23 de fevereiro de 2024 - 6:31

Petrobras estabeleceu recentemente um novo recorde de valor de mercado, mas a razão para isso é diferente daquela que a direção da empresa acredita ser

EXILE ON WALL STREET

Rodolfo Amstalden: Falácia da troca de narrativa

21 de fevereiro de 2024 - 20:01

Os movimentos de precificação de mercado estão cada vez mais sujeitos ao “arco narrativo”

Diário de Bordo

Bolha da internet: Nvidia rima com a história de Cisco?

21 de fevereiro de 2024 - 9:05

Qual será o próximo “choque de realidade” nas Bolsas americanas? Desde a pandemia, o mercado tenta prever o próximo. O mercado traz à tona inúmeros exemplos do passado tentando comparar o momento atual e justificar as razões pelas quais a história deveria se repetir. Porém, até agora todos eles caíram por terra. Próximo da divulgação […]

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies