O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-04-05T18:28:33-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
UM SHOW DE MILHÕES?

Silvio Santos e criptomoedas: apresentador terá coleção de NFT negociada no Mercado Bitcoin a partir de amanhã; saiba valores das artes

Entre os momentos mais marcantes do apresentador estão a sua queda em um tanque d’água e o primeiro Teleton

4 de abril de 2022
15:32 - atualizado às 18:28
Silvio Santos
Silvio Santos entrou na era da tecnologia, e o SBT lançará NFTs do apresentador. - Imagem: Reprodução SBT

O Sistema Brasileiro de Televisão completou 40 anos após ser fundado por Senor Abravanel. Em comemoração a mais uma década de existência, o SBT lançou uma coleção de NFTs (certificados digitais, em tradução livre) dos momentos mais icônicos de Abravanel — mais conhecido pelo nome artístico de Silvio Santos.

A campanha foi lançada no ano passado, quando o SBT produziu quatro NFTs com diferentes momentos de Silvio Santos na TV aberta. As artes serão leiloadas na plataforma Mercado Bitcoin entre os dias 5 e 8 de abril, com lances a partir de R$ 100.

Do primeiro programa ao Teleton: os momentos de Silvio Santos em NFT

Entre os momentos mais marcantes do apresentador estão a sua queda em um tanque d’água no programa “Topa Tudo por Dinheiro” em 1992, episódio que gerou uma série de memes.

Além dele, um dos NFTs mostra a primeira transmissão do SBT, em 1981. Às 9h30 daquele 19 de agosto, a emissora entrou no ar, transmitindo ao vivo a solenidade de assinatura da concessão seguida de um discurso do próprio Silvio Santos.

Por fim, outros dois momentos: o primeiro Teleton, em 1998, programa que tem como objetivo arrecadar fundos para a Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD), e a inauguração do Complexo de Televisão Anhanguera (CDT), em 1996, e que até hoje é a "casa" da emissora.

História antiga?

As mesmas imagens foram lançadas em 2021 na plataforma da InspireIP. À época, esses NFTs foram vendidos por valores entre R$ 228 e R$ 16 mil cada um, pagos em criptomoedas.

Na época, a moeda digital utilizada era a Polygon (MATIC), que custava em torno de US$ 1,50 (R$ 5,15, na média da cotação daquele mês). Não ficou claro se essa é uma nova emissão dos mesmos NFTs ou uma negociação no mercado secundário.

A InspireIP é a primeira plataforma brasileira de leilões com contratos inteligentes utilizando a tecnologia blockchain. Os usuários armazenam itens em seu endereço de carteira digital (wallet), como a Metamask.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

PORTFÓLIO DE BILHÕES

Aposta contra a Apple (AAPL34)? Veja as mudanças que Warren Buffett, Michael Burry e investidores de elite fizeram nas carteiras

Esses pesos-pesados do mercado financeiros tomaram decisões surpreendentes no primeiro trimestre; confira as mudanças mais significativas que eles fizeram no período

DO BRASIL PRO MUNDO

Guedes tem encontro com Escobari, da General Atlantic, e vai a jantar do BTG; confira a agenda do ministro em Davos

O banqueiro André Esteves, que em abril voltou ao comando do conselho do BTG Pactual, está participando do evento na Suíça

UMA TECH ATRAENTE

É hora da Locaweb? Saiba por que o Deutsche Bank vê ponto de entrada para as ações LWSA3

Banco alemão atualizou a recomendação para a empresa de neutra para compra e vê potencial de valorização de mais de 50% para os papéis

O QUE VEM POR AÍ

Ata do Fed e IPCA-15: confira a agenda de indicadores da semana aqui e lá fora

Nos Estados Unidos, a segunda prévia do PIB no primeiro trimestre também é destaque; na Europa, o PIB da Alemanha é o principal dado

CAMINHO DO MEIO

Menor rejeição e apoio interno no MDB dão vantagem a Simone Tebet; veja os rumos da senadora da terceira via

Maior desafio, segundo marqueteiros, é torná-la popular: 46% do eleitorado desconhece Simone Tebet, segundo pesquisas recentes

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies