🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Liliane de Lima
É repórter do Seu Dinheiro. Jornalista formada pela PUC-SP, já passou pelo portal DCI e setor de análise política da XP Investimentos.
BREAK MY SOUL

Nos embalos de Beyoncé, a onda de demissões voluntárias ganhou um “upgrade”

A canção “Break My Soul”, lançada em junho, tornou-se o hino da renúncia aos empregos; no Brasil, os pedidos de demissão bateram recorde neste ano

Liliane de Lima
25 de agosto de 2022
16:15 - atualizado às 15:52
Capa do álbum renaissance; música break my soul, de beyonce, virou hino da onda de demissões voluntárias
Capa do álbum Renaissance, lançado em junho. - Imagem: Reprodução/Instagram/Beyonce

A onda de demissões voluntárias, movimento conhecido como “great resignation”, veio à tona no ano passado em meio à crise sanitária e econômica nos EUA e se expandiu a outros países. O Brasil acompanhou a tendência, ainda que de forma mais contida. 

Mas, como todo o movimento, faltava um hino — agora, entoado pela cantora Beyoncé. Em julho, a artista lançou um novo álbum e, em especial, uma canção chamou a atenção dos fãs mais “estressados”.

Os versos de “Break my soul” viralizaram entre os jovens na rede social TikTok, que enxergaram na letra uma descrição do burnout, síndrome do esgotamento pelo excesso de trabalho. 

E, no ritmo de Beyoncé, uma nova tendência surgiu: “o quite quitting”, que pode ser traduzido como desistência ou demissão silenciosa. A ideia do movimento é o “esforço mínimo pelo trabalho”, que significa tirar mais tempo de lazer para os amigos, família e atividades pessoais. 

Nas palavras da cantora, ou melhor, nos versos de “Break My Soul”, em tradução livre: Liberte sua raiva, liberte sua mente / Liberte seu trabalho, liberte seu tempo / Liberte seu negócio, liberte seu estresse / Liberte seu amor, esqueça o resto

A demissão silenciosa não é pedir demissão, de fato. Mas a busca por um equilíbrio entre o trabalho e a vida pessoal, sendo um dos princípios evitar o “burnout”. Ou seja, o profissional quer continuar trabalhando, porém rejeita o estilo de vida de “viver para o trabalho”. 

“Estão estabelecendo limites para que sua identidade e autoestima não estejam vinculadas à sua produtividade no trabalho”, afirma Nilufar Ahmed, professora de ciências sociais no Reino Unido, em artigo publicado na BBC. 

Equilíbrio entre vida pessoal e profissional

A pandemia mudou as relações de trabalho e fez com que os profissionais repensassem o conceito do que é uma carreira profissional. 

O modelo remoto e a maior flexibilidade da carga horária, além do foco maior na saúde mental trouxeram mudanças significativas ao mundo corporativo e intensificou a “onda” de demissões voluntárias

Uma pesquisa recente, realizada pela plataforma de empregos Indeed, apontou que 61% dos entrevistados reconsiderariam e provavelmente mudariam de emprego se o trabalho causasse problemas de saúde mental. No caso da saúde física, cerca de 47%.  

O estudo contou com a participação de 858 trabalhadores brasileiros, em maio de 2022. 

Onda de demissões no Brasil 

Os desligamentos por vontade própria estão crescendo no país. Cerca de 2,9 milhões de trabalhadores pediram demissão entre janeiro e maio deste ano, segundo o relatório da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), divulgado no início de agosto. 

A pesquisa tem como base os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) no Ministério da Economia. 

A renúncia aos empregos representou 33,4% de todos os desligamentos no período. Esse é o maior índice desde 2005, quando começou a série histórica. 

Em geral, os profissionais que pedem demissão são aqueles que possuem nível superior — cerca de 48,2% — e, majoritariamente, homens (57,3%). 

Além disso, a onda de demissões atinge os mais jovens. 38,5% dos que decidem sair do emprego possuem entre 18 e 24 anos. 

*Com informações de Bloomberg, BBC e CNN. 

Compartilhe

PRIMEIRO EMPREGO

Bradesco, Mercedes-Benz, Itaú e mais empresas estão com vagas abertas para estágio e trainee; veja oportunidades com bolsas-auxílio de até de R$ 2,5 mil

19 de fevereiro de 2024 - 10:06

Os aprovados nos programas de estágio devem começar a atuar a partir do primeiro semestre de 2024; as inscrições ocorrem durante todo o ano

HÁ VAGAS

Sem concursos públicos após privatização, Eletrobras (ELET3) abre processo seletivo e quer contratar 340 profissionais

17 de fevereiro de 2024 - 9:29

As vagas são direcionadas para áreas operacionais, de manutenção e operação, e a profissionais de níveis técnico e superior

NA AMÉRICA LATINA

Empregos em risco? Com o avanço da inteligência artificial também cresce o medo do desemprego — e não apenas no Brasil

11 de fevereiro de 2024 - 17:49

Preocupação com a privacidade e a segurança dos dados foram citados por profissionais de países da América Latina

INSCRIÇÕES ENCERRADAS

“Enem dos Concursos” tem recorde de inscrições; confira as próximas etapas e datas — inclusive das provas

11 de fevereiro de 2024 - 17:02

Os candidatos têm até a próxima sexta-feira (16) para pagar taxa de inscrição; as provas serão aplicadas em dois turnos

OPORTUNIDADE ÚNICA

Inscrições para ‘Enem dos concursos’ terminam amanhã – e já é o maior da história do país, diz governo

8 de fevereiro de 2024 - 12:12

Candidatos também têm até sexta-feira (9) para fazer alterações de dados nas inscrições para o Concurso Público Nacional Unificado

PRIMEIRO EMPREGO

Amil, Santander, Mercedes-Benz e outras empresas estão com vagas abertas para estágio e trainee; veja oportunidades com bolsas-auxílio de até de R$ 2,5 mil

5 de fevereiro de 2024 - 12:29

Os aprovados nos programas de estágio devem começar a atuar a partir do primeiro semestre de 2024; as inscrições ocorrem durante todo o ano

ATENÇÃO, CONCURSEIROS

Concursos públicos: confira as datas, salários e os editais das principais vagas de 2024

4 de fevereiro de 2024 - 8:01

Para ajudar os concurseiros a se organizarem, o Seu Dinheiro separou as datas dos principais concursos públicos de 2024

MAIS VAGAS

Com salário de mais de R$ 16 mil, Anatel abre inscrições para concurso público; saiba como participar

2 de fevereiro de 2024 - 11:39

Vagas para atuar na Anatel são voltadas para o nível superior; as inscrições do concurso vão até 26 de fevereiro, às 18h

VAI FICAR BEM DE VERMELHO?

Lewis Hamilton na Ferrari realiza o sonho de (quase) todo piloto de Fórmula 1 – e ainda soma mais alguns milhões na conta

1 de fevereiro de 2024 - 16:23

Em uma reviravolta surpreendente no mundo da Fórmula 1, o heptacampeão Lewis Hamilton decidiu trocar a Mercedes pela Ferrari

PRIMEIRO EMPREGO

Amil, Petrobras, Mercedes-Benz e outras empresas estão com vagas abertas para estágio e trainee; veja oportunidades com bolsas-auxílio de até de R$ 2,4 mil

29 de janeiro de 2024 - 11:15

Os aprovados nos programas de estágio devem começar a atuar a partir do primeiro semestre de 2024; as inscrições ocorrem durante todo o ano

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies