🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Flavia Alemi
Flavia Alemi
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pela FIA. Trabalhou na Agência Estado/Broadcast e na S&P Global Platts.
Crescimento x Valor

“Bolsa brasileira ganha com migração de ações de crescimento para valor”, diz André Esteves, do BTG

Executivo avalia que altas nas taxas de juros globais devem beneficiar ativos brasileiros que privilegiam valor em vez de crescimento

André Esteves, sócio sênior do BTG Pactual, discursa na CEO Conference 2022
André Esteves, sócio sênior do BTG Pactual, discursa na CEO Conference 2022 - Imagem: BTG Pactual/Divulgação

Estamos acostumados a ouvir que o aumento dos juros na economia americana vai forçar uma correção nas bolsas. O que não estamos acostumados a ouvir é que o Ibovespa vai, na verdade, se beneficiar disso. E quem fez essa afirmação foi ninguém menos que André Esteves, sócio sênior do BTG Pactual.

Segundo Esteves, o mundo “taxa zero” dos últimos anos favoreceu a busca por ativos que privilegiavam crescimento (growth), mas o que deve ocorrer agora é uma rotação para ativos que têm valor (value).

Na análise do executivo, que vai assumir a presidência do conselho de administração do BTG, o Brasil é value no contexto global.

“Temos boas companhias, ciclo de commodities positivo, múltiplos baixos e juros altos. Na hora que o mundo prestar atenção em value, o Brasil entra no radar”, afirmou Esteves, que participou do CEO Conference, evento promovido pelo BTG.

E uma amostra desse influxo já pôde ser observada nesse início de ano. Até o momento, os investidores estrangeiros alocaram cerca de R$ 55,8 bilhões na B3 e o dólar caiu mais de 10%, chegando a tocar R$ 5,00.

Dólar forte criou excessos

Segundo Esteves, a força da moeda americana no mundo se relaciona com o mercado emergente de tecnologia americano, representado por Tesla, Apple, entre outras. 

“O dinheiro fluiu muito para esse mercado, criou excessos e agora está apanhando um pouco. Na minha visão, deve apanhar um pouco mais”, disse o executivo do BTG Pactual.

Esse fluxo teve estímulo do ambiente de juros muito baixos nos últimos anos. 

“Na hora que o juro, ou o ‘custo de sonhar’ vai a zero, o sonho vai ao infinito. Acho que a taxa de juros vai disciplinar esse sonho por meio da reprecificação de ativos financeiros”, afirmou Esteves.

Juros altos lá e ainda mais altos aqui

Esteves ressaltou, ainda, que enquanto o mercado antecipa que o Federal Reserve vai concluir o ano com um aumento de 150 pontos-base na taxa de juros, um aumento dessa ordem de grandeza foi feito numa tacada só na última reunião do Copom.

“O diferencial de juros está muito alto. Por aqui, os juros vão a cerca de 12% e atraem um pouco de capital para cá. Estou otimista com o framework do mercado de capitais”, disse.

Leia também:

Compartilhe

O CÉU É O LIMITE

Ouro a US$ 3 mil? Essa realidade está próxima, segundo um bancão de Wall Street — e o Brasil tem “culpa” nisso

20 de fevereiro de 2024 - 18:59

O Citi analisou o mercado global e aponta os gatilhos para que o metal precioso suba 50% em cerca de um ano e o petróleo volte para os três dígitos

QUE HORAS ELE VOLTA?

Fim da seca de IPOs na B3 é questão de tempo, diz Anbima. Mas o que adiou a retomada das aberturas de capital?

20 de fevereiro de 2024 - 17:25

Queda da Selic favorece a volta dos IPOs na bolsa, mas juro nos EUA retardou movimento, de acordo com a Anbima, associação das instituições do mercado de capitais

VOTO DE CONFIANÇA?

Bradesco (BBDC4): por que este banco estrangeiro deixou de recomendar a venda das ações

20 de fevereiro de 2024 - 10:38

Ações do Bradesco (BBDC4) acumulam queda de 18% desde a divulgação dos resultados do quarto trimestre, com números muito abaixo da expectativa do mercado

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa ignora Wall Street e fecha em alta mesmo sem trégua de Vale (VALE3) e Petrobras (PETR4); dólar cai a R$ 4,93

20 de fevereiro de 2024 - 7:19

RESUMO DO DIA: A bolsa brasileira conseguiu manter abafados os ruídos externos e fechou a terça-feira (20) nas alturas, mesmo com os mercados internacionais encerrando o pregão sem uma direção única.  Por aqui, o pregão foi marcado por uma queda consistente das ações da Petrobras (PETR3;PETR4) e da Vale (VALE3), que limitaram os ganhos da […]

HORA DE COMPRAR

BTG vê crescimento no lucro “garantido” para esta incorporadora e eleva recomendação das ações

19 de fevereiro de 2024 - 12:46

Analistas projetam aumento de impressionantes 52% no lucro por ação neste ano, com avanço das receitas e das margens

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa vai às máximas e termina sessão aos 129 mil pontos, impulsionado por Petrobras (PETR4) e bancos; dólar cai a R$ 4,96

19 de fevereiro de 2024 - 7:39

RESUMO DO DIA: O pregão desta segunda-feira (19) foi marcado pela liquidez reduzida nos mercados globais. Sem Wall Street como apoio, a bolsa brasileira teve uma sessão morna até as últimas horas de negociação. Afinal, no exterior, o feriado do Dia do Presidente nos Estados Unidos manteve as bolsas de valores norte-americanas fechadas. Na Europa, […]

REPORTAGEM ESPECIAL

O que deu errado para a Lojas Renner (LREN3) na era ‘pós-Galló’? Depois de ‘tempestade perfeita’, varejista busca novos caminhos em 2024

19 de fevereiro de 2024 - 6:21

Em meio a aumento da concorrência, juros em alta, pandemia e erros de execução, ação da Lojas Renner (LREN3) poucas vezes esteve tão barata aos olhos do mercado

ANOTE NO CALENDÁRIO

Agenda econômica: Balanços do Nubank (NUBR33) e Vale (VALE3) movimentam semana com feriado nos EUA e Japão; veja destaques dos próximos dias

19 de fevereiro de 2024 - 5:55

Também fica no radar a divulgação da ata da mais recente reunião do Fomc, o Copom americano, que deve trazer a visão do Federal Reserve para o futuro dos juros locais

NOVIDADE PARA OS COTISTAS

Após trocar de nome e ticker, fundo imobiliário GARE11 vende imóvel por R$ 280 milhões e vai reduzir dívidas

18 de fevereiro de 2024 - 15:07

Caso o negócio seja consumado a gestora do antigo Guardian Logística estima que o lucro bruto será de R$ 71 milhões

PROVENTOS MAIS QUE TRIPLICADOS

Este fundo imobiliário prevê um salto de 220% nos dividendos após lucrar milhões com venda de shopping

17 de fevereiro de 2024 - 15:32

O HSML11 divulgou um guidance de R$ 0,8 a R$ 0,82 por cota nos próximos seis meses, valores mais que três vezes superiores ao pago em fevereiro

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies