Menu
2021-02-10T18:50:19-03:00
Ivan Ryngelblum
Ivan Ryngelblum
Jornalista formado pela PUC-SP, com pós-graduação em Economia Brasileira e Globalização pela Fipe. Trabalhou como repórter no Valor Econômico, IstoÉ Dinheiro e Agência CMA.
à espera do balanço

Perspectivas positivas da Totvs fazem BTG Pactual elevar preço-alvo para R$ 38

Banco avalia que segmento de softwares continuará crescendo em 2021 e que segmento de serviços financeiros despontará

10 de fevereiro de 2021
15:20 - atualizado às 18:50
totvs
Imagem: Divulgação/ Instagram da Totvs

As perspectivas para os resultados da Totvs (TOTS3) em 2020, que serão divulgados nesta quarta-feira (10) após o fechamento do mercado, mais as expectativas de crescimento do segmento de serviços financeiros, a Techfin, fizeram o BTG Pactual elevar o preço-alvo das ações da companhia.

Os analistas Carlos Sequeira e Osni Carfi passaram o valor de R$ 28,00 para R$ 38,00, representando um potencial de alta de 23,2% em relação à cotação em que as ações fecharam na terça-feira (9). A recomendação continua sendo de compra.

A decisão, junto com as expectativas do mercado para o balanço, impulsionaram os papéis Totvs, que tiveram a terceira maior alta do Ibovespa no dia. As ações fecharam com ganho de 1,88%, a R$ 31,41, mas chegaram a subir mais de 2% mais cedo.

Bons resultados com softwares

Um dos fatores que provocou o aumento do preço-alvo das ações foi a revisão das premissas da tese de investimento, para refletir os resultados esperados para 2020.

O destaque no ano passado foi o segmento de softwares, que mal sentiu os efeitos da pandemia e superou as projeções do BTG Pactual em todos os trimestres – a margem do lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) no terceiro trimestre, de 23,6%, é praticamente idêntica à taxa de crescimento na perpetuidade utilizadas nas projeções.

“Mesmo em meio a um cenário desafiador por conta da covid-19, a companhia foi capaz de entregar muito além do esperado”, diz trecho do relatório.

A expectativa é de que os resultados do segmento de softwares continuem acelerando nos próximos trimestres. Os analistas do BTG Pactual citam o fato de que a maioria dos contratos é reajustada pelo IGP-M, que subiu fortemente na segunda metade de 2020.

“Com os preços [dos contratos] revisados anualmente, veremos um efeito positivo nos próximos trimestres, junto com a aceleração das receitas recorrentes, quando nos aproximarmos do fim do período de carência dado aos novos clientes durante a [pandemia de] covid-19”, diz trecho do relatório.

Techfin, uma vantagem inestimável

A segunda perna da tese de investimento do BTG Pactual para a Totvs é a parte de serviços financeiros.

A divisão ganhou força após a aquisição da Supplier, companhia focada em crédito B2B, entre clientes e fornecedores, em outubro de 2019.

Ainda que a incorporação dela tenha sido concluída no pior momento possível, em abril, no auge da pandemia, a Supplier conseguiu superar as dificuldades graças à estratégia de priorizar a concessão de crédito a empresas com qualidade, em vez de se concentrar na expansão do portfólio.

Com o pior para trás, a situação deve começar a se normalizar. Os analistas destacaram que depois de o portfólio de crédito ter encolhido de R$ 1,15 bilhão para R$ 752 milhões entre o primeiro e o segundo trimestres, ele subiu a R$ 1 bilhão no terceiro trimestre, quando a economia começou a retomar.

“Com as coisas voltando ao normal, devemos começar a ver os efeitos da Totvs utilizando sua vantagem inestimável para impulsionar as ofertas [de crédito] da Supplier”, diz trecho do relatório. “Estamos cada vez mais confiantes no posicionamento estratégico da empresa para se tornar uma referência em tecnologia para empréstimos a pequenas e médias empresas.”

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Exile on Wall Street

Fusões e aquisições: Invista enquanto essas ações estão solteiras

Durmo muito mal. Cada hora é uma coisa. Quando não é a preocupação com a Covid, é o medo da inflação. Primeiro é a incerteza sobre o deal, depois o autoquestionamento sobre a capacidade de entregar o que me foi confiado. Como é duro conviver consigo mesmo. Nas últimas semanas, vivo uma mistura de empolgação […]

Dinheiro na conta

Construtora Even pagará R$ 40 milhões em dividendos aos acionistas

Incorporadora distribuirá proventos com base no resultado do primeiro trimestre de 2021 com base na posição acionária de 18 de junho

Mercados HOJE

Ibovespa fica instável e próximo do zero a zero antes das decisões de juros da Super Quarta

Os investidores adotam uma postura mais cautelosa enquanto ficam de olho no Fed e no Copom,

O melhor do seu dinheiro

De volta para o futuro com a Embraer, a expectativa para a Super Quarta, Eletrobras e outras notícias que mexem com seus investimentos

Diz a lenda que os produtores do filme De Volta para o Futuro recusaram uma oferta milionária da Ford para transformar a máquina do tempo em um Mustang. Mesmo sem receber um centavo, eles preferiram usar um DeLorean DMC-12, carro que teve menos de 10 mil unidades fabricadas e se tornou artigo de colecionador. Afinal, se você […]

Novo passo

Ultra fecha exclusividade com tailandesa Indorama para negociação de Oxiteno

Com isso saíram da lista de potenciais compradores o fundo de private equity (que compra participação de empresas) Advent e a fabricante norte-americana de produtos químicos Stepan

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies