Menu
2021-05-20T18:19:12-03:00
Larissa Vitória
Levou mais uma

Adeus, XP: escritório de agentes autônomos Wise encerra parceria e deve se juntar ao BTG Pactual

A asset sediada em Criciúma se junta a outras 41 que, segundo fontes ouvidas pelo Seu Dinheiro, já trocaram a XP pelo banco de André Esteves

20 de maio de 2021
18:19
BTG vs XP novo
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

O BTG Pactual não está dando trégua para a XP na batalha pela maior rede brasileira de escritórios de agentes autônomos de investimento (AAIs). A Wise Investimentos anunciou hoje (20) que encerrou seu relacionamento com a XP e, segundo apurou o Seu Dinheiro, deve se juntar ao banco de André Esteves.

Com sede em Criciúma (SC), a Wise conta com uma carteira de cerca de R$ 3 bilhões, 150 assessores e 40 escritórios espalhados pelo Brasil. Segundo o comunicado, a asset cumprirá período de aviso prévio de 60 dias antes de deixar a XP Investimentos.

Ainda de acordo com a Wise, o motivo para o fim do acordo é o direcionamento de seus planos de expansão para longe dos grandes centros. “O foco do escritório a partir de agora será na aceleração do projeto de novas filiais espalhadas pelo país com o objetivo de levar investimentos para cidades pequenas”, afirmou.

Guerra fria

Procurada, a empresa não confirmou qual será sua plataforma de destino, mas a notícia vem apenas um dia após o BTG relatar um acordo com a Acqua-Vero, um dos maiores escritórios ligados à concorrente, com 20 mil clientes e uma carteira de R$ 8,5 bilhões. 

As duas se somam a outras 40 empresas que, segundo cálculo das fontes de mercado ouvidas pelo SD, já fizeram o mesmo caminho.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

atenção, acionista

Carrefour paga R$ 175 milhões em juros sobre capital próprio e altera valor de dividendos

Cifra equivale a R$ 0,088148225 por ação em circulação; também anunciou uma modificação do valor por ação dos dividendos aprovados em abril, de R$ 0,382372952 para R$ 0,382361396

maior apetite por risco

Empresas do Brasil captam US$ 4,6 bilhões; montante deve aumentar com ofertas de Stone e Light

Emissores brasileiros haviam paralisado planos de captar no exterior nos últimos meses, em meio à turbulência interna com a pandemia e o aumento do juro norte-americano

em meio ao aumento de consumo de frango

SuperFrango, de Goiás, retomará IPO de R$ 1 bilhão

Após resolver adiar a operação, a empresa fará uma apresentação mais cuidadosa de seu negócio aos analistas; oferta é estimada entre R$ 1 bilhão e R$ 1,5 bilhão

levantamento

Estatais descumprem critérios do marco do saneamento

GO Associados calculou que as companhias públicas do Rio Grande do Norte, Santa Catarina, Alagoas, Maranhão, Amazonas, Pará, Piauí, Roraima, Rondônia e Amapá não atendem a todos os critérios da “etapa 1” do decreto – que prevê o cumprimento de índices mínimos dos indicadores econômicos-financeiros

questionamentos em brasília

Novo marco de saneamento é alvo de ofensiva no Supremo e no Congresso

No Supremo, mais de 20 empresas estatais que prestam hoje serviços no setor querem a volta da possibilidade de fechar os chamados “contratos de programa”, diretamente com as Prefeituras e sem licitação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies