Menu
2021-04-01T21:37:15-03:00
Estadão Conteúdo
briga intensa

MPRJ pede investigação de executivos da Vale em meio a imbróglio internacional

Mineradora está em batalha jurídica com empresário israelense envolvendo direito à exploração de mina de ferro na Guiné

27 de março de 2021
8:41 - atualizado às 21:37
A mineradora Vale
Imagem: Shutterstock

A pedido do Ministério Público do Rio (MPRJ), a Polícia Civil vai investigar a suposta omissão fraudulenta de informações relevantes aos acionistas por executivos da Vale, no processo de compra de direito à exploração da mina de ferro de Simandou, na República da Guiné.

A ação foi baseada em notícia crime encaminhada pelo empresário israelense Benjamin Steinmetz, com quem a mineradora trava uma batalha judicial internacional.

O bilionário busca reverter uma sentença favorável de US$ 2,2 bilhões obtida pela Vale no tribunal arbitral de Londres, após a anulação dos direitos de exploração da mina. Beny, como é conhecido, tenta provar que a companhia sabia dos riscos de potenciais irregularidades na obtenção do contrato de exploração da mina quando pagou US$ 500 milhões por 51% da BSGR, empresa do israelense detentora da concessão de exploração, em 2010. Steinmetz é investigado por corrupção e lavagem de dinheiro em ao menos cinco países.

Além da instauração de inquérito policial, o MPRJ solicitou a realização de diligências por parte da autoridade policial. Em um ofício encaminhado em 18 de março à Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e Inquéritos Especiais (DRACO), os promotores pedem que a polícia tome o depoimento de dirigentes da Vale. A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) também será oficiada.

A Vale afirma não ter conhecimento do inquérito. "A imprensa tem veiculado as tentativas insólitas do Sr. Benjamin Steinmetz de rediscutir um assunto já decidido por cortes internacionais. Os seus advogados sustentam versões divergentes: no exterior, o Sr. Benjamin afirma que nunca houve qualquer ato ilegal de sua parte, enquanto, no Brasil, alega que a Vale tinha conhecimento das irregularidades praticadas por ele e pela BSGR", diz a companhia. A mineradora diz ainda que "Steinmetz também responderá civil e criminalmente pelas suas manobras falaciosas".

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

túnel do tempo

Há um ano o impossível aconteceu: o petróleo fechou com preço negativo. Lembra disso?

Situação nunca vista na história foi provocada pela combinação da crise de covid-19 e a disputa entre Rússia e Arábia Saudita

Fundo de cripto

Vai perder? Termina hoje o prazo de reserva do ETF de criptomoedas da Hashdex

Por causa do feriado de Tiradentes de amanhã (21), não haverá pregão na bolsa de valores brasileira. Dessa forma, termina hoje o prazo para reserva de oferta do ETF

MERCADOS HOJE

Saída encontrada para o Orçamento preocupa e bolsa opera em queda; dólar também recua

Com a agenda de indicadores esvaziada e a véspera de feriado trazendo uma maior cautela ao cenário, os investidores devem repercutir o acordo para a sanção do Orçamento

Exile on Wall Street

Expectativas e julgamentos: o que esperar do próximo ciclo de altas, segundo o ‘guru’ de Warren Buffett

Da tarde de ontem até o momento em que os dedos encontram o sistema QWERT para a escrita deste Day One, estive dividido entre elogios e críticas à conversa desta segunda com Howard Marks. Felizmente, os comentários positivos vieram de quem conseguiu assistir ao papo, encontrando um material de muita qualidade — graças a ele, […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies