🔴 TCHAUZINHO, NUBANK: Itaú BBA revela ação que pode colocar o roxinho para comer poeira; CLIQUE AQUI  e descubra a resposta no nosso Telegram

Cristina Andriotti
Seu Dinheiro Convida
Cristina Andriotti
CEO da Ambipar
2021-03-23T17:31:49-03:00
Cristina Andriotti, CEO da Ambipar

Um IPO e oito aquisições depois: a expansão global da primeira empresa de gestão ambiental na B3

O fato de sermos a primeira empresa da área de gestão ambiental a entrar na B3 nos coloca como referência e inspiração para outras companhias que também desejam atuar no setor ambiental ou abrir capital

24 de março de 2021
5:22 - atualizado às 17:31
mundo mapa globo
Imagem: Shutterstock

As empresas costumam crescer muito após a abertura de capital. A maioria observa que as demandas de clientes aumentam, o interesse pela companhia cresce e, assim, é preciso investir nessa expansão mercadológica para acompanhar o fluxo. Na Ambipar não foi diferente.

Desde 2012, existia o desejo de abrir capital, então, nos estruturamos e conquistamos musculatura suficiente no fim de 2019. No ano seguinte, fizemos todo o planejamento, estreamos na B3 em julho de 2020 e estamos trabalhando para garantir o nosso crescimento orgânico e inorgânico.

Uma das ações que ratificam o planejamento de expansão da Ambipar pelo mundo foi a aquisição da empresa de atendimento emergencial Allied International Emergency, nos Estados Unidos, em janeiro de 2020.

Com a iniciativa, desembarcamos no mercado americano de emergências com o objetivo de criar uma estrutura de resposta parecida com a do Brasil. A ideia era expandir globalmente e conquistar capilaridade, adquirindo outras companhias do mesmo setor em diferentes estados.

Após o IPO, nosso crescimento inorgânico continuou com a aquisição da One Stop Environmental e Intracoastal Environmental em outubro de 2020. Em dezembro, anunciamos a compra da CES, também de emergência ambiental nos Estados Unidos.

Assim, conquistamos bases no Texas, Alabama, Flórida, Geórgia e Colorado. Para compor, ainda mais, a nossa estrutura de atendimento emergencial na América do Norte, chegamos até o Canadá com a compra da Orion, de limpeza industrial e resposta a emergência ambiental.

A partir de janeiro de 2021, prosperamos com o plano de expansão global alinhado à visão de sermos reconhecidos como referência mundial em soluções ambientais integradas. O próximo passo foi adquirir a Enviroclear, do País de Gales, passando a contar com 15 bases, no total, espalhadas por todo o Reino Unido.

As ações de expansão não foram realizadas apenas no exterior. No Brasil, assumimos a liderança em Greentechs com a aquisição da Verde Ghaia e Âmbito, em outubro do ano passado. As duas empresas de softwares voltados ao compliance complementaram a gama de serviços ESG (Environmental, Social, Governance, na sigla em inglês) que oferecemos.

Para expandir no Nordeste do Brasil, adquirimos a AFC Soluções Ambientais, que possui dez anos de experiência no mercado de gestão de resíduos industriais, com serviços concentrados na região.

Também decidimos investir no crescimento orgânico no Brasil, com abertura de novas bases operacionais e comerciais para ampliar a equipe de força de vendas, promover o cross selling e garantir respostas ainda mais rápidas nos atendimentos emergenciais.

Agora, contamos com escritórios no Pernambuco, Bahia, São Paulo, Minas Gerais e Santa Catarina, além de 200 bases estrategicamente localizadas em todo o mundo para prestar serviços padronizados e de qualidade aos clientes.

O fato de sermos a primeira empresa da área de gestão ambiental a entrar na B3 nos coloca como referência e inspiração para outras companhias que também desejam atuar no setor ambiental ou abrir capital.

Cuidar do meio ambiente, hoje, é uma prioridade para todas as multinacionais do mundo, principalmente com os olhos de investidores voltados ao ESG. Por isso, a Ambipar demonstra força na bolsa de valores, por ser totalmente sustentável e auxiliar outras companhias a atenderem os indicadores ESG.

Todo o crescimento orgânico e inorgânico, realizado após o IPO, já rendeu oito aquisições e investidores recomendando as ações da Ambipar por conta das práticas alinhadas à sustentabilidade.

A estrutura consolidada permitiu que tivéssemos musculatura suficiente para abrir capital e, agora, seguir as metas previstas, com objetivo de ultrapassar as expectativas e mostrar ao mundo que a sustentabilidade é um bom negócio, e que a Ambipar não tem medo de crescer, investindo em novas tecnologias e desenvolvendo projetos que promovam a preservação do mundo para as futuras gerações.

Vivemos uma nova era. Após a abertura de IPO, os desafios aumentaram e estruturar toda a empresa é essencial para vencer todos os obstáculos. Por isso, o nosso plano de expansão global está a cada dia mais ambicioso e a caminho do posto de líder em gestão ambiental não só no Brasil, mas em todo o mundo.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

SOB FOGO CRUZADO

BC da Inglaterra tenta defender a libra, mas causa choque inicial no mercado; entenda a crise

28 de setembro de 2022 - 13:37

Governo britânico levou um puxão de orelha do Fundo Monetário Internacional, uma repreensão rara para economias tão desenvolvidas; saiba o que o FMI falou

RECOMENDAÇÃO

De olho nas teses de ciclo doméstico, Genial elege Americanas (AMER3) como sua favorita entre as varejistas e rebaixa Magazine Luiza (MGLU3)

28 de setembro de 2022 - 12:57

Entre as varejistas analisadas, Via (VIIA3) é destaque por suas medidas para enfrentar a pandemia

UPGRADE NA RECOMENDAÇÃO

Veja três razões para comprar Cyrela (CYRE3), segundo o Itaú BBA; construtora salta 7% hoje, mas o banco ainda prevê alta de 28% para as ações

28 de setembro de 2022 - 12:53

Os analistas do banco de investimentos encontraram “assimetrias positivas” na companhia que justificaram uma elevação na recomendação para os papéis

TAMBORES DA GUERRA ENERGÉTICA

Putin sabotou a Europa? UE promete retaliação a danos em dois gasodutos russos com suspeita sobre causa de vazamento

28 de setembro de 2022 - 12:44

Gasodutos Nord Stream 1 e 2 começaram a vazar em três pontos diferentes na costa dinamarquesa — e a Europa e a Rússia afirmam não poder descartar sabotagem como a causa dos danos

CONTRATO BILIONÁRIO

Petrobras assina contrato com grupo de Singapura para construção de nova plataforma para o pré-sal

28 de setembro de 2022 - 12:09

Keppel Shipyard será responsável pela construção da plataforma P-83, que deve iniciar a produção em 2027, de acordo com a Petrobras

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies